Celulares

Por Caroline Parreiras, para o TechTudo


Agosto foi um mês bastante movimentado no mercado de celulares. Samsung, Motorola e Asus lançaram celulares muito aguardados como Galaxy Note 9, Moto Z3, Motorola One, Motorola One Power e o Zenfone 5 (2018). Além disso, o Google revelou a nova versão de seu sistema operacional, o Android P (9), e alguns boatos sobre os próximos lançamentos da Apple ganharam força, incluindo uma versão mais barata do iPhone X.

Lançamentos de celulares durante a IFA 2018 e falhas de segurança e privacidade também chamaram a atenção durante o mês. Um caso que ganhou notoriedade foi um levantamento que apontou que o Google estaria rastreando usuários de dispositivos Android e iPhone (iOS) mesmo com a permissão desativada. Confira nas linhas a seguir os destaques de agosto.

Quer comprar um celular barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Samsung Galaxy Note 9 é um dos principais lançamentos de agosto de 2018 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Samsung Galaxy Note 9 é um dos principais lançamentos de agosto de 2018 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Samsung Galaxy Note 9 é um dos principais lançamentos de agosto de 2018 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

1. Samsung Galaxy Note 9: nova S Pen e mais bateria

O Samsung Galaxy Note 9 foi anunciado no início do mês e lançado no Brasil em 30 de agosto, com preços a partir de R$ 5.499. O smartphone se destaca pela ficha técnica avançada, com o processador Snapdragon 845, a nova S Pen, que funciona como controle remoto, e a bateria de 4.000 mAh, com capacidade de um dia de uso.

Samsung Galaxy Note 9 tem caneta S Pen reformulada — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Samsung Galaxy Note 9 tem caneta S Pen reformulada — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Samsung Galaxy Note 9 tem caneta S Pen reformulada — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Depois dos problemas que a marca teve com o Galaxy Note 7, alguns cuidados foram tomados para garantir a segurança de uma bateria com mais capacidade, como afirma o presidente da Samsung e CEO da divisão móvel, DJ Koh.

Uma das versões do Note 9 tem memória RAM de 6 GB e armazenamento de 128 GB, já a outra tem 8 GB e 512 GB, respectivamente. A caneta eletrônica é um dos destaques, capaz de passar músicas ou bater uma foto sem precisar tocar no celular. Já a câmera dupla, que repete as especificações do Galaxy S9 Plus, tem abertura variável e inteligência artificial para reconhecer objetos e lugares. Nos testes do TechTudo, a câmera produziu fotos sensacionais tanto em ambientes com alta incidência de luz quanto em condições de baixa luminosidade.

Review do Galaxy Note 9: veja o teste completo do celular da Samsung

Review do Galaxy Note 9: veja o teste completo do celular da Samsung

2. Motorola: Moto Z3 e Moto E5 Play

A Motorola também fez anúncios importantes em agosto. Lançado nos Estados Unidos, o Moto Z3 é o smartphone premium da marca de 2018, com design modular e compatibilidade com Moto Snaps, como o Moto Snap Stereo Speaker, que transforma telefones da linha Moto Z em uma caixa de som de alta qualidade. O celular usa o mesmo processador do Moto Z2 Force, o Snapdragon 835, e tem memória RAM de 4 GB.

Na mesma ocasião, a Motorola lançou um módulo de internet 5G, que pode permitir downloads até 10 vezes mais velozes do que no 4G Plus (ou 4,5G). O preço do Moto Z3 nos Estados Unidos varia entre US$ 300 a US$ 480, ou o equivalente a cerca de R$ 1.300 e R$ 1.900 em conversão direta. Ainda não se sabe quando ele chegará ao Brasil.

Moto Z3 tem câmera dupla e compatibilidade com módulo de internet 5G — Foto: Luciana Maline/TechTudo Moto Z3 tem câmera dupla e compatibilidade com módulo de internet 5G — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Moto Z3 tem câmera dupla e compatibilidade com módulo de internet 5G — Foto: Luciana Maline/TechTudo

A fabricante também trouxe um novo modelo de entrada ao mercado nacional: o Moto E5 Play teve anúncio global em julho e desembarcou no Brasil em agosto de 2018, por R$ 799. O modelo conta com o Android O na versão Go, desenvolvida para smartphones mais simples. A ficha técnica é composta por um processador quad-core, memória RAM de 1 GB, câmera de 8 megapixels, 16 GB de armazenamento e tela HD de 5,3 polegadas.

Moto E5 Play tem ficha técnica modesta e Android 9 Go — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Moto E5 Play tem ficha técnica modesta e Android 9 Go — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Moto E5 Play tem ficha técnica modesta e Android 9 Go — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

3. Asus no Brasil: Zenfone 5, Zenfone 5 Selfie, e mais

Quase seis meses depois do anúncio global, a Asus lançou no Brasil a linha Zenfone 5. Com visual bastante parecido com o iPhone X, o Zenfone 5 tem câmera dupla com inteligência artificial e ficha técnica intermediária. Nos testes do TechTudo, o celular se destacou pela bateria de longa duração, fotos de boa qualidade e desempenho veloz. Seu preço inicial é de R$ 2.199.

Quanto aos modelos Zenfone 5 Selfie e Zenfone 5 Selfie Pro, ambos são voltados para o público que gosta de fazer autorretratos para publicar nas redes sociais. Os celulares têm câmera dupla de 20 megapixels na parte da frente, processador intermediário e preços que começam em R$ 1.649.

O modelo mais avançado da linha é o Zenfone 5Z, que se destaca por ter o mesmo processador do Galaxy S9, o Snapdragon 845. Ele foi lançado por R$ 2.799. A Asus aproveitou o evento para anunciar, também, o Zenfone Max Pro M1, um celular intermediário com bateria de longa duração. Segundo a fabricante, a autonomia chega a 13 horas e 50 minutos de uso. Ele funciona com o mesmo chip do Zenfone 5 e tem preço a partir de R$ 1.499.

Zenfone 5 e Zenfone 5 Selfie: conheça os novos celulares da Asus

Zenfone 5 e Zenfone 5 Selfie: conheça os novos celulares da Asus

4. Android 9 Pie: mais segurança e bem-estar

O tão aguardado Android P (9) também chegou em agosto, com mais economia de energia e inteligência artificial, capaz de entender os hábitos do usuário e oferecer uma experiência de uso personalizada. A nova versão do sistema ainda tem emojis reformulados e avanços na segurança e na privacidade. Por enquanto, poucos smartphones receberam a atualização, como o Google Pixel 2.

Lista de emojis do Android é atualizada com o Android 9 Pie — Foto: Divulgação/Google Lista de emojis do Android é atualizada com o Android 9 Pie — Foto: Divulgação/Google

Lista de emojis do Android é atualizada com o Android 9 Pie — Foto: Divulgação/Google

Uma das novidades é a restrição ao acesso dos aplicativos ao microfone e à câmera o celular, dificultando que as empresas ouçam os usuários o tempo todo, por exemplo. Além disso, o sistema oferece mais segurança no desbloqueio de funções de aplicativos por meio de biometria.

Visando o bem-estar dos usuários, a nova versão do Android também traz a função Digital Wellbeing, responsável por monitorar o tempo gasto em cada tarefa no celular e definir limites para o uso de aplicativos como Instagram e Facebook. Já o recurso Wind Down ajusta o smartphone na hora programada para que o usuário se prepare para dormir. A tela passa a ter cores em escala de cinza e pode exibir um filtro de luz azul, que não prejudica o sono.

Android P traz melhorias na bateria, na segura e na privacidade — Foto: Divulgação/Google

Android P traz melhorias na bateria, na segura e na privacidade — Foto: Divulgação/Google

5. Falhas de segurança e privacidade

Em agosto, uma pesquisa da empresa de segurança Kryptowire indicou que milhões de celulares Android estariam vulneráveis a ataques hackers. O problema poderia afetar, sobretudo, aparelhos das marcas LG, Asus, Essential e ZTE. As fabricantes afirmaram que o problema foi corrigido por meio de atualizações já feitas ou programadas. A falha daria o acesso remoto do celular a hackers, incluindo chamadas, mensagens de texto e capturas de tela.

Outra polêmica do mês foi a descoberta de que o Google rastreia usuários mesmo com o Histórico de Localização desativado, em celulares Android ou iPhone (iOS). Segundo a empresa, as informações são coletadas para "melhorar a experiência das pessoas". Além disso, a Gigante das buscas declarou, também, que a localização pode ser obtida por outros meios além do Histórico de Localização, como "Atividade na Web e de Aplicativos e Serviços de Localização no nível do dispositivo".

Equipamentos médicos não ficaram de fora: uma brecha na segurança de aparelhos marca-passo da marca Medtronic também veio à tona em agosto. Hackers poderiam interferir no funcionamento do equipamento, causando até choques fatais nos usuários. O motivo da vulnerabilidade seria a ausência de criptografia e assinatura digital durante a atualização do aparelho. A fabricante está ciente do problema.

Por fim, um levantamento da Symantec mostra que 45% dos apps para Android e 25% para iOS solicitam permissões além da verdadeira necessidade, como, por exemplo, a localização do usuário. O relatório chama a atenção quanto ao repasse de dados sensíveis quando não há utilidade de uso.

Pesquisa aponta que celulares Android com apps instalados de fábrica estão vulneráveis a hackers — Foto: Lucas Mendes/TechTudo Pesquisa aponta que celulares Android com apps instalados de fábrica estão vulneráveis a hackers — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

Pesquisa aponta que celulares Android com apps instalados de fábrica estão vulneráveis a hackers — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

6. Apple: novos rumores e US$ 1 trilhão

A Apple bateu recorde em agosto, sendo a primeira empresa do mundo listada na bolsa a valer US$ 1 trilhão, valor que chega a quase R$ 4 trilhões. No que depender da marca, o sucesso continua: rumores apontam para a chegada de três smartphones em 2018, um iPhone "barato", o novo iPhone X e uma versão do iPhone X Plus. O anúncio deve acontecer no dia 12 de setembro.

O primeiro aparelho seria o iPhone 9, uma espécie de iPhone X mais em conta e o primeiro modelo da marca a ter suporte para dois chips. A tela não teria a tecnologia 3D Touch e nem seria OLED, para baratear os custos. A expectativa é que o celular custe US$ 699, ou cerca de R$ 2,9 mil.

Do outro lado, o novo iPhone X manteria a tela de 5,8 polegadas, enquanto a versão Plus saltaria para 6,5 polegadas, ambos com suporte à caneta Apple Pencil. Estima-se que eles custem US$ 999 e US$ 1.100, respectivamente, ou mais ou menos R$ 4.140 e R$ 4.560.

iPhone X pode ganhar versão mais barata em setembro — Foto: Luciana Maline/TechTudo iPhone X pode ganhar versão mais barata em setembro — Foto: Luciana Maline/TechTudo

iPhone X pode ganhar versão mais barata em setembro — Foto: Luciana Maline/TechTudo

7. IFA 2018: Motorola One, Sony Xperia XZ3 e Honor Play

A IFA 2018, evento sediado na Alemanha, trouxe novos smartphones. Entre eles estão os esperados Motorola One e o Motorola One Force, que participam da iniciativa Android One, que traz a experiência pura do sistema operacional do Google. Além disso, os celulares têm ficha técnica intermediária e visual parecido com o iPhone X e Zenfone 5 (2018), com um recorte na tela – também conhecido como notch.

A Sony também marcou presença e anunciou o sucessor do Xperia XZ2. Com poucas alterações na ficha técnica, o Xperia XZ3 tem tela de 6 polegadas com borda curva, assim como os atuais lançamentos da Samsung. Demais novidades ficam por conta da Huawei, com o Honor Play, smartphone gamer da marca, e o Honor Magic 2, com câmera deslizante e painel sem bordas.

Motorola One Power é a nova linha de smartphones intermediários da marca — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Motorola One Power é a nova linha de smartphones intermediários da marca — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Motorola One Power é a nova linha de smartphones intermediários da marca — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Mais do TechTudo