Caixas de som

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A JBL Xtreme 2, eleita melhor caixa de som portátil de 2018/2019 pela EISA, é o lançamento da marca que substitui a Xtreme de primeira geração. Ambas contam com potência de 40 watts, dois drivers e radiadores passivos, além de conectividade Bluetooth e compatibilidade com o JBL Connect. Em relação ao preço, a Xtreme custa a partir de R$ 899 em lojas online no Brasil, de acordo com o Compare TechTudo.

Já a versão mais recente está disponível pelo valor mínimo de R$ 1.794. As duas prometem atender ao consumidor que deseja uma caixa de som sem fio com som forte e potente. Abaixo, conheça os detalhes da ficha técnica e descubra as diferenças entre as especificações.

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Quer comprar uma caixa de som barata? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Design

As Xtreme da JBL são caixas de som menos compactas do que a Go e a Flip 4, por exemplo. Os modelos são portáteis e permitem o uso sem cabos por meio da conexão Bluetooth, porém, por conta da proposta de som mais poderoso, os aparelhos dependem de alto-falantes maiores.

Além disso, os dispositivos também são mais pesados em relação às outras caixinhas da JBL. A Xtreme pesa 3,5 quilos e a Xtreme 2 fica em 2,3 quilos. É uma diferença sensível em peso e que pode ser importante para quem pretende levar a caixa para todo o canto.

JBL Xtreme 2 é menor e mais leve que a Xtreme anterior — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo JBL Xtreme 2 é menor e mais leve que a Xtreme anterior — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

JBL Xtreme 2 é menor e mais leve que a Xtreme anterior — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Nas medidas, a Xtreme 2 fica em 13,6 x 28,8 x 13,2 cm contra 15 x 25x 15 cm da sua antecessora. Isso significa que a Xtreme de primeira geração não só é mais pesada, como também maior.

Um detalhe relevante sobre o design é que as duas têm proteção contra a água. No entanto, enquanto a Xtreme 2 tem IPX7, que possibilita mergulhos em até 1 metro de água por 30 minutos, a Xtreme só resiste a respingos e não pode ser submersa.

Especificações

Apesar de mais nova, a Xtreme 2 tem uma especificação técnica relevante que é inferior à encontrada na sua antecessora. Na JBL Xtreme, há dois drivers de 35 mm de diâmetro, maiores que o par de 20 mm usado na Xtreme 2. O driver é o componente eletromagnético que provoca a propagação do som ao fazer o ar vibrar com a passagem de corrente elétrica. Em geral, quanto maior o driver, mais potente e de maior resolução tende a ser o som produzido.

Embora exista essa diferença, a JBL define que as duas caixas de som entregam a mesma potência RMS de 20 watts para cada alto-falante (40 watts totais, portanto).

Xtreme de primeira geração tem drivers maiores, mas no geral, as especificações são bem parecidas — Foto: Divulhação/JBL Xtreme de primeira geração tem drivers maiores, mas no geral, as especificações são bem parecidas — Foto: Divulhação/JBL

Xtreme de primeira geração tem drivers maiores, mas no geral, as especificações são bem parecidas — Foto: Divulhação/JBL

Em termos de frequência de resposta, a Xtreme 2 recupera terreno. A caixa mais nova cobre a faixa que vai de 55 Hz a 20 kHz (quilohertz), enquanto que a Xtreme fica em 70 Hz a 20 kHz. A frequência de resposta diz respeito ao espectro sonoro que o dispositivo consegue reproduzir com qualidade. Uma faixa mais ampla – com mínimos menores e máximos maiores – significa mais fidelidade de som.

É importante destacar, no entanto, que as diferenças entre essas faixas de frequência são pequenas e é bem provável que sejam imperceptíveis para muitas pessoas.

Qualidade de som

JBL Xtreme 2, assim como a Xtreme, tem os chamados radiadores passivos para melhorar o som grave — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo JBL Xtreme 2, assim como a Xtreme, tem os chamados radiadores passivos para melhorar o som grave — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

JBL Xtreme 2, assim como a Xtreme, tem os chamados radiadores passivos para melhorar o som grave — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

A partir do que os números sinalizam, é possível dizer que as duas caixas são equivalentes, já que valores de potência são bem parecidos. As diferenças entre dimensões dos drivers e faixas de frequência são sutis e podem passar despercebidas.

A tendência também é reforçada pelo fato de que ambas apresentam a mesma relação sinal-ruído de 80 dB (decibéis). Esse valor define que o nível de ruído – que você pode entender como “interferência e chiado” – na reprodução de som é 80 dB menor do que o áudio natural reproduzido pela caixa. Na prática, isso mostra que as duas versões devem entregar um som limpo.

Bateria

A bateria das duas caixas de som é generosa, com 10.000 mAh de capacidade bruta e uma autonomia estimada de até 15 horas para a reprodução de som, nas contas da JBL. Além disso, todo o suprimento de energia pode ser ainda usado como bateria externa para alimentar celulares e outros dispositivos Para isso, basta ligá-los à porta USB disponível nos dois aparelhos.

Recursos extras

As duas versões são compatíveis com o JBL Connect — Foto: Raquel Freire/TechTudo As duas versões são compatíveis com o JBL Connect — Foto: Raquel Freire/TechTudo

As duas versões são compatíveis com o JBL Connect — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Ambas são compatíveis com o recurso JBL Connect, que permite criar um sistema de som mais potente ao combinar várias caixas JBL em mesma conexão Bluetooth. O app, disponível para celulares Android ou iPhone (iOS), também conta com funcionalidades de controle e customização de som.

Outra possibilidade é usar o viva-voz dos dois dispositivos para atender chamadas telefônicas sem precisar pegar no celular. Assim como outras caixas da JBL, as Xtreme e Xtreme 2 têm radiadores passivos que ampliam a qualidade do áudio de tonalidade mais grave (aquela “batida” da música).

Preço e custo-benefício

No Brasil, a Xtreme custa a partir de R$ 899 em lojas online. O modelo mais recente, por outro lado, ainda não foi lançado oficialmente pela fabricante no país. Apesar disso, o consumidor consegue encontrá-lo no varejo nacional por cerca de R$ 1.794, segundo pesquisa no Compare TecnTudo.

Em relação ao custo-benefício, a escolha entre uma e outra precisa considerar o seu tipo de uso. Ao observar apenas a ficha técnica, o áudio reproduzido pelos dispositivos deve ser equivalente. As especificações também apontam a mesma autonomia de bateria. Portanto, o consumidor deve levar em consideração se o peso menor e a maior proteção contra água da Xtreme 2 são fatores decisivos. Em caso positivo, a diferença de preço pode ser justificada.

JBL Xtreme vs. JBL Xtreme 2

Especificações JBL Xtreme JBL Xtreme 2
Lançamento 2015 2018
Preço a partir de R$ 899 a partir de R$ 1.794
Potência RMS 40 watts 40 watts
Frequência de resposta 70 Hz a 20 kHz 55 Hz a 20 kHz
Drivers dois de 35 mm dois de 20 mm
Conectividade bluetooth, USB bluetooth, USB
Bateria até 15 horas, 10.000 mAh até 15 horas, 10.000 mAh
Cores preto, vermelho e azul preto, azul marinho e verde escuro

Qual a melhor caixa de som? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo