Por Raquel Freire, para o TechTudo


Ladrões estão sequestrando contas de usuários de aparelhos da Apple, dentre eles o iPhone e o iPad, para roubar dinheiro de vítimas chinesas. As duas maiores plataformas de pagamento digital do país, Alipay e WeChat Pay, fizeram o aviso nos últimos dias. O comunicado menciona perfis de Apple ID em tom de crítica à Apple, que não estaria resolvendo o problema mesmo após ter sido informada.

Nesta terça (16), a gigante de tecnologia de Cupertino admitiu a falha e se desculpou pelo ocorrido. No comunicado oficial, feito em chinês e traduzido pelo Wall Street Journal, a empresa afirma que a fraude foi efetuada usando esquema de phishing e que atingiu um pequeno número de contas.

Serviços de pagamento digital na China alertam para fraude usando Apple ID roubadas — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Serviços de pagamento digital na China alertam para fraude usando Apple ID roubadas — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Serviços de pagamento digital na China alertam para fraude usando Apple ID roubadas — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Quer comprar celular com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Embora o Alipay e o WeChat Pay tenham trazido o assunto à tona, nenhuma das duas empresas havia informado do que se tratava o golpe. Os posts feitos na semana passada apenas instruíam aos seus usuários para que tomassem medidas de segurança caso usassem o iOS, como reduzir os limites de transações financeiras.

Foi somente com o comunicado oficial da Apple que o esquema de phishing foi revelado. Usando táticas de engenharia social, os hackers conseguiam o login da vítima e usavam os métodos de pagamentos vinculados à conta para realizarem compras em aplicativos. O golpe tinha como alvo não apenas os sistemas do Alipay e WeChat Pay, mas todo serviço de pagamento digital e até cartões de crédito.

Tática de phishing foi usada para desvendar Apple ID das vítimas e usar indevidamente sistemas de pagamentos vinculados à conta Apple — Foto: Divulgação/Apple Tática de phishing foi usada para desvendar Apple ID das vítimas e usar indevidamente sistemas de pagamentos vinculados à conta Apple — Foto: Divulgação/Apple

Tática de phishing foi usada para desvendar Apple ID das vítimas e usar indevidamente sistemas de pagamentos vinculados à conta Apple — Foto: Divulgação/Apple

Segundo a agência de notícias oficial do regime chinês, alguns usuários foram roubados em até 2 mil yuan, cerca de R$ 1.070 pela cotação atual da moeda. Ainda não se sabe a quantidade de pessoas afetadas, mas a Apple garante que o número foi pequeno e localizado apenas entre contas sem autenticação em duas etapas.

Golpe no roteador: como evitar? Tire dúvidas no Fórum TechTudo

iPhone não sai som? Veja como resolver o problema do celular da Apple

iPhone não sai som? Veja como resolver o problema do celular da Apple

MAIS DO TechTudo