Por Lucas Schuenck, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) recebeu a atualização 1.36.5.3 na última terça-feira (09). O update promovido pela desenvolvedora Valve inclui mudanças na economia do game e na jogabilidade de pistolas, já que a CZ75-Auto e a Tec9 foram alteradas. Além disso, os mapas Biome e Sub-Zero chegaram aos modos de jogos casuais, e o cenário de Áustria está liberado no competitivo. Veja, a seguir, como a atualização deve afetar o meta do jogo. Vale destacar que a desenvolvedora ainda não informou a partir de qual competição a atualização estará valendo.

Tec9 está de volta ao metagame — Foto: Reprodução/CS:GO Tec9 está de volta ao metagame — Foto: Reprodução/CS:GO

Tec9 está de volta ao metagame — Foto: Reprodução/CS:GO

Mudanças na economia do jogo

No fator econômico, as mudanças devem afetar o início das metades, tanto para o lado terrorista (TR), quanto para os contra-terroristas (CT). Com a atualização, a equipe que perde o round de pistolas recebe $ 1900, $500 a mais do antigo valor, de $1400. Com isto, no caso de iniciar uma metade com derrota, os times terão de tomar decisões diferentes.

A tendência do cenário competitivo, ao perder um round de pistolas, sempre foi forçar melhores pistolas com colete, sem capacete, e comprar algumas granadas utilitárias para tentar empatar o placar. Agora, entretanto, é possível para ambos os lados fazerem rounds econômicos, os famosos “ecos secos”, para comprar rifles, coletes, capacetes e todas as granadas utilitárias já no terceiro round, onde os jogadores possuirão a bagatela de $ 5300 de investimento.

Caso a escolha, entretanto, seja realizar uma compra já no segundo round, atitude conhecida como “round forçado”, a equipe terá muito mais recursos para tentar empatar o jogo. Com $ 1900, por exemplo, é possível comprar mais granadas utilitárias, pistolas e até um capacete para acompanhar o colete. Caso o jogadores tenham obtido premiações por eliminação, embora tenham perdido o round de pistolas, é possível ainda comprar submetralhadoras acompanhadas de colete e capacetes.

Rifles com lunetas mais baratos

Outra mudança vinda com a atualização 1.36.5.3 foi a baixa nos preços dos rifles automáticos com luneta, AUG e SG553. As armas, que passaram de $ 3100 para $ 2,750, custam agora apenas $ 50 a mais do que os rifles sem luneta para ambos os lados (M4 e AK47). Assim, a tendência é que os jogadores profissionais adotem as lunetas como opção.

Por meio de sua conta no Twitter, Jonathan “EliGE” Jablonowski, entry fragger da Team Liquid, deu dicas para os usuários treinarem o recoil dos rifles com luneta e admitiu que adotará ambas em seu método de jogo. O jogador postou:

EliGE admitiu ontem que utilizará os rifles com luneta, após a baixa nos preços — Foto: Reprodução/ Twitter EliGE admitiu ontem que utilizará os rifles com luneta, após a baixa nos preços — Foto: Reprodução/ Twitter

EliGE admitiu ontem que utilizará os rifles com luneta, após a baixa nos preços — Foto: Reprodução/ Twitter

“Para todos que querem se acostumar com os sprays das novas SG/AUG, eu recomendo fortemente o mapa do workshop recoil_master!”, dizia o post. Na mesma postagem, um usuário perguntou: “você fará a mudança?”. EliGE, dois minutos depois, respondeu: “com certeza!”.

Coldzera vai sair da MiBR, do CS:GO? Opine no Fórum do TechTudo

A distância da CZ e o retorno da Tec9

O fim da então hegemônica Tec9, com seu nerf em 2016, deu início a era da CZ75-Auto. Por ser eficiente em distâncias próximas e longas, a pistola, apelidada de “AK de bolso”, foi usada em jogadas épicas nos últimos dois anos do competitivo. Com a atualização 1.36.5.3, entretanto, a queridinha dos pros recebeu um nerf de precisão no disparo automático e uma melhora de recuperação após disparos. Isso indica que quem continuar a utilizar a arma deve aderir a modalidade de disparos “tap tap”, ou seja, sem rajadas, e priorizar as longas e médias distâncias.

Em 2016, vencer o pistol do lado CT não trazia nenhum tipo de alívio. Isto porque era certo, na época, que a equipe TR compraria a Tec9, que nas mãos certas, funcionava como uma verdadeira submetralhadora. Assim, o lado CT muitas vezes perdia para terroristas “forçados”. Com a última atualização, a Tec9 recebeu melhorias na sua recuperação de precisão, tornando-a uma legítima pistola para rounds com poucos recursos. Ao que tudo indica, entretanto, ainda não é o retorno da famigerada época de terror da Tec9.

Novos mapas

A Valve também apresentou dois novos mapas: Biome e Sub-Zero. Ambos estão disponíveis no grupo Casual Sigma, mas ainda é cedo para dizer se chegarão, algum dia, ao competitivo. Além disso, Áustria entra nas opções competitivas, mas ainda não se sabe se o mapa será adotado em campeonatos.

Biome já está disponível para ser jogado no casual do CS:GO — Foto: Reprodução/Valve Biome já está disponível para ser jogado no casual do CS:GO — Foto: Reprodução/Valve

Biome já está disponível para ser jogado no casual do CS:GO — Foto: Reprodução/Valve

Histórias de sucesso e de fracasso são comuns entre os mapas. Canals, ativo há algum tempo, foi removido do competitivo de vez. Overpass e Cache, entretanto, são mapas que conseguiram aspirar e se firmar de vez no cenário.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

MAIS DO TechTudo