Por Julio César Puiati, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

League of Legends recebeu na última quarta-feira (10) um novo pacote de atualizações. O Patch 8.20 conta com a tão aguardada reformulação de Ezreal, nerfs em seis campeões, mudanças na runa Colheita Sombria e nenhum buff. Veja, a seguir, os principais pontos do update da Riot Games que podem alterar a dinâmica do cenário competitivo e seu meta.

Rework do Ezreral

Ezreal recebeu uma reformulação de visual e mecânicas — Foto: Divulgação/Riot Games Ezreal recebeu uma reformulação de visual e mecânicas — Foto: Divulgação/Riot Games

Ezreal recebeu uma reformulação de visual e mecânicas — Foto: Divulgação/Riot Games

Ezreal, de uma maneira geral, parece estar mais forte após sua reformulação. Além das mudanças gráficas no visual, skins e movimentação, o Explorador Pródigo recebeu alterações profundas em seu W (Fluxo Essencial). A nova habilidade, desta vez mais útil que a versão anterior, consiste no disparo de uma orbe que pode ser aprisionada em campeões, estruturas ou monstros épicos.

Acertar a orbe com um auto-ataque ou habilidade de Ezreal resulta em sua explosão, causando dano mágico e restituição de mana. Fluxo Essencial escalará com dano de ataque e poder de habilidade, proporcionando ao campeão um combo de magias muito mais eficiente. A tendência é que o atirador torne-se mais letal tanto contra adversários, quanto em estruturas.

Se Ezreal já estava aparecendo com certa frequência no cenário competitivo, o Explorador Pródigo continuará mais popular do que nunca. O campeão é uma boa resposta contra a maioria dos atiradores e, agora, pode se tornar peça mais importante ainda para composições de cerco. As modificações em Fluxo Essencial também podem trazer Ezreal AP de volta à rota do meio.

Nerfs

 Evelynn deve desaparecer dos torneios profissionais — Foto: Divulgação/Riot Games  Evelynn deve desaparecer dos torneios profissionais — Foto: Divulgação/Riot Games

Evelynn deve desaparecer dos torneios profissionais — Foto: Divulgação/Riot Games

Seis campeões receberam nerfs no pacote de atualizações de outubro.

  • Ahri: tempo de recarga reduzido na habilidade R – Ímpeto Espiritual
  • Evelynn: dano reduzido nas habilidades E – Chicotada e R – Última Carícia
  • Graves: dano de ataque base levemente reduzido
  • Jhin: correção de bug em sinergia com a runa – Chuva de Lâminas
  • Nami: cura reduzida na habilidade W – Vazante e Fluxo
  • Sion: regeneração de vida base levemente reduzida

Ahri e Nami estavam em baixa nos campeonatos profissionais e devem continuar longe dos holofotes. Já as mudanças de Graves e Sion não foram tão drásticas. O dano de ataque base do caçador caiu de 66 para 63, enquanto a regeneração de vida base do topo reduziu de 9 a cada 5 segundos para 7,5 a cada 5 segundos. Ambos os campeões devem continuar em alta.

As mudanças em Evelynn e Jhin foram mais complexas, com destaque para a primeira. O nerf nas habilidades da caçadora reduziu o seu poder ofensivo como um todo. O dano caiu de 95/115/135/155/175 para 75/100/125/150/175 em Chicotada e 150/275/400 para 125/250/375 na Ultimate. Se Evelynn só aparecia em situações específicas, agora deve desaparecer dos torneios.

Jhin foi uma ótima escolha para a rota inferior durante a temporada regular do segundo split. Os jogadores, entretanto, pensarão duas vezes antes de selecioná-lo daqui pra frente. Um bug na runa Chuva de Lâminas que atribuía dano de ataque ao primeiro auto-ataque do atirador foi finalmente corrigido. Jhin está mais fraco do que antes e precisará repensar outras runas a partir de agora.

Colheita Sombria

Nerf em Colheita Sombria deve alterar a dinâmica da selva — Foto: Divulgação/Riot Games Nerf em Colheita Sombria deve alterar a dinâmica da selva — Foto: Divulgação/Riot Games

Nerf em Colheita Sombria deve alterar a dinâmica da selva — Foto: Divulgação/Riot Games

O dano base de Colheita Sombria foi profundamente reduzido de 40 a 80 (level 1 a 18) para 20 a 60 (level 1 a 18). Antes das mudanças, a runa conferia poder ofensivo a boa parte dos caçadores do meta, como Graves, do início ao fim. Agora, Colheita Sombria fortalecerá os seus usuários apenas aos finais de partidas. Os atletas da posição terão de pensar em novas estratégias para a selva.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Craque do Flamengo em LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

Craque do Flamengo em LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

MAIS DO TechTudo