Por Diego Borges , da BGS 2018


Pokémon Let's Go Pikachu e Eve são os novos títulos da franquia para o atual console da Nintendo: o Switch. O game aposta em gráficos atuais, mecânica mais recentes, como a de Pokemon Go, e um vasto mudo para ser explorado. O TechTudo teve a oportunidade de jogar o título durante a Brasil Game Show 2018. Confira as nossas impressão:

Temos que pegar todos!

A versão demo disponível pela Nintendo, já apresentava um caçador de Pokémon com as principais criaturas da série: Pikachu, Eve, Bulbasaur e Charmander. Com elas, você precisa derrotar outras criaturas espalhadas pelo mapa e, posteriormente, capturá-las com a sua Pokébola.

Pokémon Let's Go! — Foto: Divulgação/The Pokémon Company Pokémon Let's Go! — Foto: Divulgação/The Pokémon Company

Pokémon Let's Go! — Foto: Divulgação/The Pokémon Company

A grande difernça é que agora essas criaturas podem ser visualizada no mapa. Isso mesmo, ao invés de ser necessário ficar rodando de um lado para o outro e no fim se deparar com um Ratata, eu tive a opção de desviar dos monstrinhos menos importantes e focar apenas os do meu interesse.

Nos combates, praticamente nada mudou. O jogo ainda segue à risca a combinação de elementos que trazem vantagens e desvantagens a cad criaturas inimiga. Por exemplo, Pikachu ainda continua sendo a melhor opção contra criaturas aquáticas, enquanto Bulbasaur contra as que usam o choque. No fim do combate, depois de tomar uma certa quantidade de dano, é possível tentar capturar o inimigo e colocá-lo em seu grupo.

Treinar de Pokémon Let's GO! usando Sea Skim, técnica especial que se assemelha ao Surf dos jogos antigos — Foto: Divulgação/The Pokémon Company Treinar de Pokémon Let's GO! usando Sea Skim, técnica especial que se assemelha ao Surf dos jogos antigos — Foto: Divulgação/The Pokémon Company

Treinar de Pokémon Let's GO! usando Sea Skim, técnica especial que se assemelha ao Surf dos jogos antigos — Foto: Divulgação/The Pokémon Company

Na versão exposta na BGS 2018, a Nintendo também levou seu acessório Poké Ball Plus. Com ele, é mais simples e fácil capturar os monstrinhos, uma vez que para tal fato foi preciso rodar a pequena bola posicionada na parte superior do acessório e mirar para acertar num formato idêntico ao adotado em Pokémon Go!. A diferença é que, pelo menos nessa versão demo, não foi preciso arremessar para que a Pokébola fizesse curva ou outros movimentos mais complexos.

Em relação aos gráficos, é de longo o Pokémon mais bonito já produzido. As famosas criaturinhas agora esbanjam cores mais vivas, tanto no momento que ficam espalhadas pelo mapa, como no combate, onde é possível ver mais de perto o capricho.

Controle de Pokébola em Pokémon Let's Go — Foto: Divulgação/Nintendo Controle de Pokébola em Pokémon Let's Go — Foto: Divulgação/Nintendo

Controle de Pokébola em Pokémon Let's Go — Foto: Divulgação/Nintendo

No fim, foi possível notar que Pokémon Let's Go prepara muito bem o terreno para a estréia da franquia no Switch. Além de ser um presente aos milhões de fãs, o jogo tem tudo para ser mais um motivo para se adquirir o atual console da Nintendo: o Switch.

Mais do TechTudo