Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O próximo celular da Essential pode contar com tecnologias de inteligência artificial que fazem com que o smartphone seja capaz de responder sozinho a mensagens, e-mails, e até ler notificações para o usuário. A informação, veiculada pela revista Bloomberg, indica que a empresa de Andy Rubin, criador do Android, teria interrompido o desenvolvimento de outros produtos para focar unicamente no novo smartphone. Ainda em processo de desenvolvimento, não há previsão de preço e data de lançamento do telefone.

Essential Phone 2 poderia ter design ainda mais revolucionário que o antecessor — Foto: Divulgação/Essential Essential Phone 2 poderia ter design ainda mais revolucionário que o antecessor — Foto: Divulgação/Essential

Essential Phone 2 poderia ter design ainda mais revolucionário que o antecessor — Foto: Divulgação/Essential

Um dos objetivos do novo smartphone é reduzir o uso excessivo de celulares, preocupação compartilhada entre os principais nomes do setor, como a Apple e o Google, que implementaram o Digital Wellbeing e controle de atividades Tempo de Uso, respectivamente, nos seus sistemas. Para isso, o próximo celular da Essential poderia trazer um design diferenciado, com tela pequena e controle por comandos de voz para interagir com o sistema.

Segundo a revista, esta mudança seria possível graças à plataforma de inteligência artificial, que seria capaz de reagir sozinho a notificações, inclusive respondendo a e-mails e mensagens como se fosse o dono do smartphone. A função lembra o Google Duplex, tecnologia do Google capaz de agendar horários em estabelecimentos de forma autônoma, independente da ação do usuário.

Essential Phone foi um dos primeiros celulares com materiais especiais do mercado — Foto: Divulgação/Essential Essential Phone foi um dos primeiros celulares com materiais especiais do mercado — Foto: Divulgação/Essential

Essential Phone foi um dos primeiros celulares com materiais especiais do mercado — Foto: Divulgação/Essential

Essa busca por inovações radicais resgata o lançamento do Essential Phone em 2017. O celular foi um dos primeiros a contar com o polêmico recorte na tela, design modular e a apostar em materiais especiais, como cerâmica e titânio.

O ciclo do Essential Phone no mercado, porém, foi cercado de problemas de qualidade, suporte por parte da Essential e até mesmo de preços, com apenas 88 mil unidades vendidas em 2017. Em maio de 2018, a empresa chegou a considerar a venda e a cancelar o lançamento do próximo smartphone após os resultados negativos.

Via Bloomberg (1 e 2), Mashable, PC World e XDA Developers

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

MAIS DO TechTudo