Por Raquel Freire, para o TechTudo


A Qualcomm anunciou nesta semana os chips QCA64x8 e QCA64x1, que operam com o novo padrão de Wi-Fi 802.11ay. A tecnologia entrega velocidades de até 10 Gb/s e opera na faixa de 60 GHz, que compreende as chamadas mmWave – ondas de alta frequência também utilizadas pelo 5G. O Wi-Fi ay é uma evolução do 802.11ad, dobrando sua taxa de transferência e saltando o alcance de 10 para 100 metros.

O QCA64x8 engloba as soluções QCA6438 e QCA6428, destinadas a infraestruturas e acesso sem fio fixo. Já o QCA64x1, que abrange os chips QCA6421 e QCA6431, é desenvolvido para aplicações móveis. Ambos estão disponíveis para serem utilizados por empresas de tecnologia, com destaque para funcionar no Terragraph, projeto desenvolvido pelo Facebook em parceria com a Qualcomm para distribuir Wi-Fi de alta velocidade na rua, em grandes centros urbanos.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Novos chips QCA64x8 e QCA64x1, da Qualcomm, entregam Wi-Fiay com até 10 Gb/s — Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo Novos chips QCA64x8 e QCA64x1, da Qualcomm, entregam Wi-Fiay com até 10 Gb/s — Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo

Novos chips QCA64x8 e QCA64x1, da Qualcomm, entregam Wi-Fiay com até 10 Gb/s — Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo

O Terragraph utiliza os chips QCA6438 e QCA6428, e não sem razão. Operando com ondas milimétricas (mmWave) na faixa de 60 GHz, os componentes conseguem transferir dados até 10 vezes mais rápidas que as ondas do Wi-Fi convencional, de 2,4 GHz e 5 Ghz.

O padrão ay trabalha em um sistema multi-nó, que apresenta mesma taxa de latência de versões a cabo. Assim, ele consegue substituir a fibra ótica na distribuição de sinal com menor custo e maior facilidade de implementação.

As frequências mmWave, no entanto, têm muita dificuldade em atravessar obstáculos físicos, como paredes. Essa característica é positiva para projetos como o próprio Terragraph, já que as ondas, emitidas de nós de distribuição instalados na parte externa dos prédios, ficam apenas nas ruas, sem sofrer perda de sinal por interferência.

Apesar disso, essa peculiaridade restringe a aplicação a cenários em que os dispositivos estejam em um mesmo ambiente. A Qualcomm cita como exemplos streaming de vídeo em UHD ou uso em headsets de Realidade Virtual (VR) ou Realidade Aumentada (AR). Dessa forma, a tecnologia poderia ser utilizada para substituir o cabo de dados de um óculos VR por uma conexão sem fio, sem perder qualidade ou velocidade de transmissão.

A popularização do padrão vai depender da adoção, por parte das fabricantes, de chips e componentes que consigam trabalhar nas ondas de 60 GHz da Qualcomm. As linhas QCA64x8 e QCA64x1 oferecem uma solução imediata para essa questão, permitindo inserir a tecnologia em roteadores, smartphones e outros dispositivos do dia a dia.

Via Qualcomm

Problemas no Wi-Fi e possíveis soluções

Problemas no Wi-Fi e possíveis soluções

Como melhorar o sinal da rede Wi-Fi? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo