Por Tais Carvalho, para o TechTudo


O internet banking se popularizou pela praticidade, permitindo que o usuário acesse informações de saldo, extrato, investimentos e pagamento de contas pelo celular ou computador, sem enfrentar filas no banco. No entanto, com o número crescente de fraudes, golpes e sites falsos, o serviço online ainda gera muitas dúvidas entre os usuários que usam site ou aplicativo de bancos, principalmente em questões de segurança.

Apesar de o internet banking ser uma maneira confiável de realizar transações bancárias online, os sites e computadores têm vulnerabilidades que podem ser exploradas por criminosos. Pensando nisso, o TechTudo preparou um guia para tirar dúvidas sobre o serviço e a segurança em sites de bancos.

Sites de bancos: perguntas e respostas sobre segurança — Foto: Pond5 Sites de bancos: perguntas e respostas sobre segurança — Foto: Pond5

Sites de bancos: perguntas e respostas sobre segurança — Foto: Pond5

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é internet banking?

O internet banking é a versão online do seu banco. O serviço permite que o usuário realize operações em sua conta pela Internet, sem ter de sair de casa para ir até uma agência bancária. Pelo internet banking é possível fazer transferências, pagamento de contas e boletos, recargas de celular, acessar limites e até mesmo conferir o extrato bancário.

Internet banking pode ser acessado pelo site do banco em desktops, ou via aplicativos para celulares — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo Internet banking pode ser acessado pelo site do banco em desktops, ou via aplicativos para celulares — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Internet banking pode ser acessado pelo site do banco em desktops, ou via aplicativos para celulares — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Como acessar site de banco com segurança?

Por mais que os sites de bancos ofereçam uma proteção própria aos clientes, ainda é necessário tomar medidas de segurança para evitar ser vítima de um golpe na Internet. Confira, na lista abaixo, recomendações de sites de bancos para garantir uma navegação segura no computador.

1. Não acesse o site do banco em computadores compartilhados

Computadores públicos de lan houses, hotéis e outros locais podem ter vírus ou softwares maliciosos capazes de roubar dados da sua conta. Prefira usar o seu computador pessoal para acessar seus dados bancários.

2. Não acesse o site do banco em redes Wi-Fi públicas

Por mais que as redes públicas de Internet ofereçam economia e comodidade, são frágeis em termos de segurança. Como qualquer pessoa pode acessar um Wi-Fi público, seus dados ficam desprotegidos e podem ser captados por outros usuários ou até mesmo criminosos.

Não acesse o site do banco em redes Wi-Fi públicas ou computadores compartilhados — Foto: Divulgação Não acesse o site do banco em redes Wi-Fi públicas ou computadores compartilhados — Foto: Divulgação

Não acesse o site do banco em redes Wi-Fi públicas ou computadores compartilhados — Foto: Divulgação

3. Mantenha o antivírus do PC atualizado

Instale antivírus no computador e no celular e mantenha-o atualizado para se proteger das ameaças virtuais. Há opções de programas gratuitos para download no TechTudo, como o McAfee, Avast, Avira, entre outros.

4. Digite o endereço do site no navegador

Procure digitar o endereço (URL) do site do banco no navegador, em vez de procurá-lo no Google ou em outro buscador. Sites falsos e maliciosos podem aparecer nos primeiros resultados, confundindo o usuário.

5. Habilite a verificação em duas etapas

A maioria dos bancos tem módulos de segurança em forma de programas para o computador, ou através de um token — enviados por um SMS ou no aplicativo para celular — para confirmar qualquer tipo de transações online. Desta maneira, somente o usuário pode autorizar ações em sua conta, dificultando roubos e fraudes.

Também é aconselhável habilitar a verificação de duas etapas para garantir a segurança dos seus dados bancários. Se não souber como ativar o recurso, acesse o site do seu banco e busque pela parte de segurança para conhecer os serviços de proteção da sua agência.

Mantenha o antivírus do PC atualizado para não correr risco de hackers roubarem seus dados bancários  — Foto: Pond5 Mantenha o antivírus do PC atualizado para não correr risco de hackers roubarem seus dados bancários  — Foto: Pond5

Mantenha o antivírus do PC atualizado para não correr risco de hackers roubarem seus dados bancários — Foto: Pond5

6. Não clique em links do banco recebidos por e-mail

Os bancos NÃO solicitam senhas, dados pessoais ou dados bancários por e-mail. Por isso, desconfie de e-mails que contém anexos, links para ofertas, erros de português e de remetentes desconhecidos. Caso receba uma mensagem como essa, apague o e-mail. E não clique nos links ou anexos, pois podem conter vírus ou programas maliciosos. Esse mesmo tipo de golpe também pode ocorrer via SMS, então tenha cuidado com mensagens de texto desse tipo.

7. Cuidado ao usar extensões no navegador

Extensões de banco para navegadores têm funcionalidades úteis, mas podem por em risco dados de login e senhas do seu computador. Uma extensão pode conter programas maliciosos, como keyloggers, que monitoram a atividade do navegador e podem registrar as teclas que você pressiona. Portanto, evite o uso de extensões e dê preferência a softwares e aplicativos oferecidos pelo site oficial do seu banco.

Como saber se um site de banco é seguro?

Para saber se um site de banco é seguro, procure pelo símbolo de um cadeado verde no canto esquerdo da barra de endereços do navegador. O ícone mostra que o site usa um certificado SSL, indicando que suas informações são particulares quando enviadas para este endereço. Se o navegador apontar problemas com o certificado do site, desconfie.

Verifique se a conexão é segura antes de inserir seus dados bancários na internet — Foto: Reprodução/Tais Carvalho Verifique se a conexão é segura antes de inserir seus dados bancários na internet — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Verifique se a conexão é segura antes de inserir seus dados bancários na internet — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Como saber se um site de banco é falso?

Um truque na URL pode enganar usuários com páginas falsas, colocando em risco seus dados bancários. Os golpes de phishing, técnica de cibercriminosos para roubar informações, usam sites falsos para enganar os usuários. Portanto, antes de inserir login e senha, confira se a URL do banco usa "https" e se está escrita corretamente, sem caracteres especiais.

Esses golpes geralmente ocorrem quando um usuário clica em link ou anexo suspeito que tenha sido enviado por SMS ou e-mail. Como citado anteriormente, nunca acesse seu banco dessa maneira. Siga as orientações de segurança e digite o endereço (URL) no navegador.

Sempre digite por completo a URL do internet banking — Foto: Pond5 Sempre digite por completo a URL do internet banking — Foto: Pond5

Sempre digite por completo a URL do internet banking — Foto: Pond5

O que é Warsaw?

Ao contrário do que muitos imaginam, o Warsaw não é um vírus ou programa suspeito. É um software legítimo desenvolvido pela Gás Tecnologia, empresa do grupo Diebold, usado como tecnologia de proteção pelo Banco do Brasil, Itaú, Caixa Econômica Federal, Santander, entre outras agências.

O plugin inicia com o Windows e tem a função de garantir a segurança das transações realizadas online pelos clientes. Se, ainda assim, você quiser desinstalar o programa do seu computador, aprenda os passos para remover o Warsaw.

Como faço compras com o boleto bancário na internet? Usuários respondem no Fórum TechTudo.

O que é ransomware: cinco dicas para se proteger do golpe cibernético

O que é ransomware: cinco dicas para se proteger do golpe cibernético

MAIS DO TechTudo