Por Isabela Cabral, para o TechTudo


O Google Maps pode ser um grande aliado dos viajantes. O aplicativo grátis para celulares Android e iPhone (iOS) é útil não só para ver o caminho, mas também na organização e durante o passeio. Com ele é possível fazer o download de mapas para o usar offline, reservar hotéis, criar listas colaborativas com atrações turísticas e identificar os melhores lugares para estacionar, além de ser um guia de navegação pela cidade. Para aproveitar as funções é importante manter o serviço atualizado.

O serviço de mapas do Google serve para diversas situações como, viagens sozinhos, de carro ou em grupo. Para entender mais sobre todas as possibilidades oferecidas pela plataforma, o TechTudo preparou a lista a seguir com dez funcionalidades úteis para as próximas férias, folgas ou feriados. Os recursos se mantém os mesmos em aparelhos com sistemas da Apple ou Android.

Entre vários recursos, o Google Maps permite utilização offline, por exemplo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo Entre vários recursos, o Google Maps permite utilização offline, por exemplo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Entre vários recursos, o Google Maps permite utilização offline, por exemplo — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Mapas offline

A falta de Internet pode te deixar em situações complicadas para se guiar como, por exemplo, um lugar remoto, com sinal ruim, ou mesmo outro país, onde o chip brasileiro não funciona. Seja prevenido e, antes de uma viagem, faça o download do mapa do destino, para ter acesso offline às direções e outras informações do local. Basta acessar "Mapas off-line" no menu lateral do Google Maps e selecionar a área que deseja baixar.

Faça o download de mapas para se garantir mesmo sem acesso a web — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Faça o download de mapas para se garantir mesmo sem acesso a web — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Faça o download de mapas para se garantir mesmo sem acesso a web — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

2. Reserva de hotéis

O Maps também permite aos viajantes fazerem pesquisa e reserva de hotéis. Busque por "hotéis em" seguido do nome da cidade desejada. O aplicativo irá mostrar uma lista de opções de hospedagem, com fotos e informações sobre custo, comodidades, contato, entre outras. É possível ainda filtrar a consulta por datas de entrada e saída, faixa de preço e avaliação dos estabelecimentos. Caso queira fazer uma reserva, toque no nome do hotel e escolha um serviço intermediário, como Booking, Decolar ou Kayak.

Pesquise hotéis pelo Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Pesquise hotéis pelo Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Pesquise hotéis pelo Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

3. Explore a área

O Google Maps tem uma seção chamada "Conheça a área", com recomendações de restaurantes, bares, cafés, atrações turísticas e até eventos em determinada região. Pode ser uma forma prática de descobrir pontos interessantes ao chegar a uma nova cidade. A função fica em evidência logo na página inicial do app, mas também pode ser encontrada na aba “Explorar”. A ferramenta exibe inclusive listas bem específicas de locais, definidos por especialistas e o algoritmo do Google. As sugestões são customizadas, especialmente para quem mantém ativo o histórico de localizações.

Seção do Google Maps ajudar a explorar a área onde o usuário estiver — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Seção do Google Maps ajudar a explorar a área onde o usuário estiver — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Seção do Google Maps ajudar a explorar a área onde o usuário estiver — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

4. Listas de locais

No planejamento de uma viagem, a criação de listas dentro do Maps pode ser bem útil. Assim é possível marcar e organizar os lugares que pretende visitar de diversas maneiras. Na página de um local, clique em "Salvar" e escolha uma das listas existentes ou crie uma nova. Essas listagens ficarão disponíveis em "Seus lugares", acessível pelo menu lateral do app, que reúne os locais marcados, salvos, compartilhados e visitados, além de mapas e reservas. O recurso também disponibiliza a alternativa de adicionar itens nas listas, a partir da aba "Salvos".

Listas do Google Maps ajudam a planejar viagens — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Listas do Google Maps ajudam a planejar viagens — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Listas do Google Maps ajudam a planejar viagens — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

O usuário pode compartilhar suas preferências com outras pessoas, um bom recurso na hora de programar uma viagem com os amigos. Para isso, abra um menu flutuante ao clicar nos três pontinhos ao lado do nome de uma lista e optar por "Compartilhar lista". Outra opção é formar uma lista colaborativa para que outros interessados possam contribuir com sugestões. Para isso, use o botão "Compartilhar" na página do local e, em seguida, vá até "Adicionar mais lugares" para continuar o trabalho, ao acrescentar locais e convidar participantes.

5. Incline o celular para se guiar

Algumas pessoas têm dificuldade para interpretar mapas, mas o próprio Google Maps pode ajudar na questão. O aplicativo usa os dados do giroscópio do telefone para saber sua direção e orientação. A ativação do serviço é feita a partir do manuseio inclinado do celular, que apresenta um feixe luminoso em torno do ponto localizador azul e dessa forma, indica o caminho certo a seguir.

Incline o telefone pode te ajudar a se guiar no Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Incline o telefone pode te ajudar a se guiar no Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Incline o telefone pode te ajudar a se guiar no Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

6. Desvios

Esta dica é útil para quem viaja de carro. Na rota ativada pelo modo navegação via GPS do Maps é possível encontrar paradas na estrada, sem precisar encerrar o funcionamento do serviço de direção. O recurso serve para restaurantes, postos de abastecimento, supermercado e outros pontos de atendimento. O usuário pode identificar as opções nas proximidades do trajeto, configurar um desvio e, ao mesmo tempo, manter o destino original. Para isso, é preciso clicar na setinha ao lado do tempo restante de viagem e, em seguida, ir em "Pesquisar no trajeto".

App permite adicionar desvios durante o modo navegação do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral App permite adicionar desvios durante o modo navegação do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

App permite adicionar desvios durante o modo navegação do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

7. Estacionamento

O estacionamento é uma das preocupações dos motoristas e para facilitar a identificação dos melhores lugares para deixar o veículo, o Google Maps exibe uma opção nativa ao aplicativo. Ao buscar as direções para um local, o mapa pode exibir um símbolo vermelho com a letra "E" acompanhado do nível de dificuldade de estacionamento — fácil, médio ou difícil. Nas opções "Etapas/estacionar" e "Ver estacionamento perto do destino" é possível saber quais são as alternativas disponíveis. Além disso, o app te lembra onde ficou o carro, basta pressionar o localizador azul e clicar em "Salvar estacionamento" para registrar o ponto.

Maps também facilita o estacionamento para os usuários — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Maps também facilita o estacionamento para os usuários — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Maps também facilita o estacionamento para os usuários — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

8. Compartilhe localização e trajetos

Em vez de mandar mensagens para informação sua localização, o serviço de mapas do Google pode exibir isso de maneira automática com compartilhamento em tempo real. Dessa forma, o usuário permite que os contatos saiba sua localização durante um período de tempo determinado ou ainda dentro de uma rota selecionada. No menu do app, opte por "Compartilhar local" ou, com a navegação ativa, use o botão "Compartilhar viagem".

Google Maps tem compartilhamento de locais e trajetos  — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Google Maps tem compartilhamento de locais e trajetos  — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Google Maps tem compartilhamento de locais e trajetos — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

9. Mapas internos

O Google Maps não serve apenas para encontrar ruas, estradas e direções em ambientes externos. Já há vários esquemas de lugares fechados disponibilizados no serviço — fique atento a locais com grande fluxo de movimentação, como shoppings, aeroportos e museus. Dê zoom nesses estabelecimentos, pois alguns exibem detalhes internos que incluem corredores, lojas, banheiros e até andares separados.

Google Maps tem mapas internos de aeroportos e outros estabelecimentos — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Google Maps tem mapas internos de aeroportos e outros estabelecimentos — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Google Maps tem mapas internos de aeroportos e outros estabelecimentos — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

10. Personalize um mapa

A partir da base de mapas e informações do Google, os usuários podem criar seus próprios mapas, ao inserirem dados pertinentes de acordo com seus interesses. No entanto, esse recurso deve ser acessado pelo computador, por meio da versão web do serviço. Já a visualização pode ser feita depois, pelo smartphone, por exemplo. Para iniciar um mapa personalizado, acesse "Seus lugares" > "Mapas" > "Criar mapa". Na ferramenta, será possível adicionar marcadores e cartões com informações, além de destacar setores e criar direções customizadas a pé ou de carro.

Crie seus próprios mapas com função nativa do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral Crie seus próprios mapas com função nativa do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Crie seus próprios mapas com função nativa do Google Maps — Foto: Reprodução/Isabela Cabral

Via PC Mag e Make Use Of (1, 2 e 3)

Como agendar salão de beleza ou barbearia pelo Google Maps

Como agendar salão de beleza ou barbearia pelo Google Maps

Mais do TechTudo