Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Amazon lançou o Fire TV Stick 4K, com novos recursos, para acirrar ainda mais a disputa com rivais como o Chromecast Ultra, do Google. Os aparelhos com suporte a UHD e HDR são alternativas baratas se comparados a media centers mais robustos, como Apple TV 4K. A promessa é entregar a mesma experiência em um dispositivo mais compacto, que pode ficar, inclusive, escondido atrás da TV.

O dongle da Amazon está à venda por US$ 50, cerca de R$ 187 sem impostos, enquanto o Chromecast pode ser encontrado por US$ 69, algo em torno de R$ 258, na cotação atual. Os produtos ainda não chegaram oficialmente ao Brasil, o que deve acarretar em taxas de importação e frete.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Design

A versão Stick do Fire TV tem um formato similar à primeira geração do Chromecast: uma barra pequena, que lembra um modem de Internet móvel para computador. Compacto e leve, o produto é feito para ficar conectado na parte de trás da TV, imperceptível na sala de estar ou no quarto, por exemplo. Embora tenha o mesmo propósito, o modelo do Google traz um design mais moderno, com corpo ainda menor e em forma de disco.

A Amazon compensa a estética mais simples incluindo um controle remoto na caixa do produto. O acessório oferece maior comodidade para navegar nos menus, tornando a experiência mais parecida com a oferecida por uma smart TV. A versão Ultra do Chromecast, assim como o modelo tradicional, requer o uso do smartphone para controlar o streaming.

Chromecast Ultra tem design mais moderno — Foto: Divulgação/Google Chromecast Ultra tem design mais moderno — Foto: Divulgação/Google

Chromecast Ultra tem design mais moderno — Foto: Divulgação/Google

Especificações

Os aparelhos reproduzem conteúdo em resolução máxima Ultra HD (2160p), oferecendo suporte à tecnologia HDR – é importante dizer que a TV precisa ser compatível com esses recursos. O modelo da Amazon, entretanto, lida de maneira mais versátil com o HDR, já que é compatível com o padrão mais recente HDR10+. O streaming em HDR Dolby Vision ou HDR10, porém, tende a rodar de maneira igual nos dois dispositivos.

O Fire TV Stick 4K também leva vantagem na oferta de armazenamento interno de 8 GB e no processador mais avançado. Com isso, o aparelho é capaz de oferecer áudio imersivo Dolby Atmos e uma variedade maior de codecs de vídeo. O dongle da Amazon roda, por exemplo, vídeos nativos gravados em HEVC e 60 quadros por segundo pelo iPhone XS.

Em relação à conectividade, o Chromecast Ultra oferece Ethernet integrada para garantir alta velocidade de Internet via cabo, enquanto no Fire TV é necessário um adaptador. Por outro lado, o aparelho da Amazon conta com Bluetooth para expandir as funções do controle remoto e permitir o pareamento com fone de ouvido e outros acessórios. Ambos contam com HDMI e porta USB para energia.

Fire TV Stick 4K tem inferface e armazenamento interno — Foto: Divulgação/Amazon Fire TV Stick 4K tem inferface e armazenamento interno — Foto: Divulgação/Amazon

Fire TV Stick 4K tem inferface e armazenamento interno — Foto: Divulgação/Amazon

Funcionalidades e conteúdo

A biblioteca do Chromecast Ultra depende do aplicativo usado no celular. O usuário deve abrir apps como Netflix, YouTube e o próprio Amazon Prime Video e enviar os vídeos à TV. A vantagem desse formato é a disponibilidade ampla de apps compatíveis, incluindo os nacionais, como o Globo Play.

Já o Fire TV Stick 4K permite baixar apps e jogos diretamente da loja da fabricante, integrada ao sistema. No caso do Prime Video, o aparelho também oferece funções exclusivas, como o download de filmes para assistir offline – no Chromecast, só é possível assistir com uma conexão ativa.

Por meio do microfone no controle remoto, também é possível enviar comandos de voz ao Fire TV com ajuda da Alexa, mas somente em inglês. No dongle do Google, o uso da voz para comandar o streaming pode ser feito também em português, por meio da Google Assistente. No entanto, o desempenho da função varia conforme o modelo do smartphone e a versão do Android instalada.

Fire TV Stick tem controle remoto equipado com a assistente Alexa — Foto: Divulgação/Amazon Fire TV Stick tem controle remoto equipado com a assistente Alexa — Foto: Divulgação/Amazon

Fire TV Stick tem controle remoto equipado com a assistente Alexa — Foto: Divulgação/Amazon

Sistema

Assim como o Chromecast tradicional, a versão Ultra não conta com sistema operacional sofisticado. O aparelho usa uma versão do navegador Google Chrome, responsável por receber o comando do celular conectado e transmitir vídeo na tela sempre por streaming. É possível também espelhar a tela do celular Android na TV, mas o sistema em si não oferece menus para navegação.

O dongle da Amazon tem uma proposta diferente, com uma interface completa de navegação. O Fire TV Stick 4K roda o software Fire OS 6, baseado no Android. No dia a dia, isso quer dizer que o ele oferece uma experiência melhor para escolher filmes e séries em conjunto com outras pessoas na mesma sala, pois exibe o catálogo diretamente na TV. No Chromecast, a navegação é feita sempre no celular.

Chromecast Ultra funciona apenas em conjunto com smartphone — Foto: Divulgação/Google Chromecast Ultra funciona apenas em conjunto com smartphone — Foto: Divulgação/Google

Chromecast Ultra funciona apenas em conjunto com smartphone — Foto: Divulgação/Google

Suporte e garantia

Amazon e Google comercializam produtos no Brasil, mas, como Fire TV Stick 4K e Chromecast Ultra ainda não chegaram oficialmente no país, eles não contam com suporte na garantia. Por isso, quem optar por importar vai ficar sem ter a quem recorrer caso os aparelhos apresentem defeito.

Preço e disponibilidade

O Chromecast Ultra custa US$ 69 nos EUA, equivalente a cerca de R$ 258 sem considerar impostos. Esse é o mesmo preço da edição em formato de caixa do Fire TV. Na nova versão, a Amazon reduziu o preço e passou a vender o modelo menor com 4K por US$ 50 (R$ 187), mais barato que o produto rival.

O Chromecast Ultra também pode ser encontrado em grandes varejistas brasileiros que operam como marketplace. Para ter intermediação alfandegária e entrega garantida, o dongle do Google pode sair por cerca de R$ 460.

Apesar da Amazon ter expandido sua operação para o e-commerce de eletrônicos, a loja ainda não vende a versão mais recente do Fire TV Stick 4K no país. Por enquanto, brasileiros podem adquirir de forma direta apenas a variante mais simples Fire TV Stick Basic Edition, que não conta com reprodução de vídeos em 4K, por R$ 289.

Custo-benefício

A nova geração do Fire TV Stick passou por melhorias de funcionalidade e redução de preço, deixando o Chromecast Ultra em posição de desvantagem. Por valor inferior, o aparelho da Amazon oferece controle remoto, mais versatilidade para rodar conteúdo em HDR e memória interna para instalar apps e jogos. Por essas razões, ele tende a ser a melhor escolha se o consumidor tiver a oportunidade de fazer compras fora do país.

O Chromecast Ultra é melhor apenas na oferta de conexão Ethernet sem precisar de adaptador, além de compatibilidade com aplicativos brasileiros e espelhamento da tela do celular. No entanto, ele pode ser comprado em lojas locais que trabalham com importação.

Se a dúvida persistir, vale também considerar outras opções para transformar a TV 4K em smart. Tanto Xiaomi Mi Box, que usa Android TV, quanto Apple TV 4K rodam vídeos em UHD e oferecem suporte a HDR – veja o comparativo.

Amazon Fire TV Stick 4K x Chromecast Ultra

Especificações Amazon Fire TV 4K Chromecast Ultra
Lançamento Outubro de 2018 Outubro de 2016
Preço de lançamento US$ 50 (R$ 258) US$ 69 (R$ 225)
Preço atual US$ 50 (R$ 258) US$ 69 (R$ 225)
Resolução de imagem Até 4K (2160p) com HDR Até 4K (2160p) com HDR
Processador Quad core de 1.7 GHz Não divulgado
Armazenamento 8 GB Não há
Sistema operacional Fire OS Google Chrome
Dimensões e peso 99 x 30 x 14 mm; 53,6 g 58,2 x 13,7 x 2,29 mm; 47g
Cor Preto Preto

Vale a pena comprar um Chromecast? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo