Por Bruna Telles, para o TechTudo


A ESL Pro League 2018 de Rainbow Six: Siege Season 8 terminou e consagrou a G2 Esports campeã ao vencer os brasileiros da FaZe Clan. As disputadas aconteceram Jeunesse Arena, Rio de Janeiro, entre os dias 17 e 18 de novembro. Mas, afinal, qual foi o melhor operador de R6 em 2018? Para ajudar a responder essa pergunta, o TechTudo buscou as estatísticas das finais, como os operadores de defesa e ataque mais banidos, além do mapas mas populares no torneio. Confira.

Operadores

O francês Lion foi o operador de ataque mais banido nas finais da Season 8 da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft O francês Lion foi o operador de ataque mais banido nas finais da Season 8 da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft

O francês Lion foi o operador de ataque mais banido nas finais da Season 8 da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft

Somando dasquartas de finais, semifinais e a grande final, os operadores de ataque mais banidos foram Lion (14 vezes), Glaz (sete vezes), Hibana (cinco vezes), Blitz e Montagne (ambos duas vezes). Já os operadores de defesa foram Echo (13 vezes), Maestro (seis vezes), Valkyrie (quatro vezes), Mira e Smoke (ambos duas vezes).

Mapas

Banco foi o mapa mais jogado nas finais mundias da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft Banco foi o mapa mais jogado nas finais mundias da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft

Banco foi o mapa mais jogado nas finais mundias da Pro League — Foto: Divulgação/Ubisoft

Somando as escolhas feitas durante as quartas de finais, semifinais e a grande final, os mapas mais jogados foram o Banco (cinco vezes), Casa de Campo, Litoral e Oregon (todos três vezes), Borda e Mansão (ambos duas vezes). Já os mapas mais banidos foram Fronteira e Mansão (ambos cinco vezes), Casa de Campo, Litoral e Consulado e Oregon (todos quatro vezes) e Banco (duas vezes).

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo