Produtividade

Por Barbara Mannara, Para o TechTudo


O Bike Itaú é um sistema de aluguel de bicicletas com preço econômico, a partir de R$ 5, disponível por meio de aplicativo para celulares Android e iPhone (iOS). As estações operacionadas pelo Tembici funcionam em cinco capitais: Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Porto Alegre e Pernambuco. Os postos de empréstimo ficam espalhados em diversos bairros das cidades. O usuário pega a bike em uma estação e pode devolver em qualquer outra, pelo período de 60 minutos de cada viagem. Os planos abrangem valores mensal ou diário, conforme a necessidade do usuário.

O funcionamento é prático e ideal para quem deseja andar de bicicleta por lazer ou até utilizar como forma alternativa de transporte para o trabalho ou escola, por exemplo. Além de ser um meio de transporte sustentável, é uma alternativa para escapar do tráfego intenso das grandes metrópoles. Para saber mais sobre como funciona o sistema de bicicletas do banco Itaú, confira a seguir as dicas com testes feitos no Bike Rio.

Veja como funciona o Bike Itaú, sistema de empréstimos de bicicletas do Itaú — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Como se cadastrar no Bike Itaú

O cadastro pode ser feito por qualquer usuário, sem precisar ter uma conta no Banco Itaú, de forma prática e rápida. Basta baixar o app Bike Itaú no celular, disponível nos sistemas operacionais do Google e da Apple. Depois o usuário só precisa escolher a cidade disponível e preencher os dados pessoais e de pagamento. Só é possível pegar uma bicicleta por vez, com cadastro único por pessoa.

Há duas formas de liberar a bike: primeiro por meio de um cartão físico e segundo é a partir da liberação digital, pelo aplicativo no celular. O sistema não cobra taxa de cadastro inicial, apenas o valor da mensalidade/diária. O horário de funcionamento das estações é das 6h às 00h, todos os dias da semana.

Como alugar bicicletas

Com o cadastro feito, o usuário só precisa encontrar no aplicativo o mapa com a estação de bike mais próxima e se dirigir até ela. Com um cartão físico, basta inserir no slot na lateral da bicicleta e aguardar a permissão da luz verde no dispositivo. Caso tenha a liberação digital, acesse o ícone da estação em que está e selecione "Desbloquear Bicicleta". Em seguida, confirme a ação em "Obter o código de liberação".

Desbloqueie a Bike pelo aplicativo Bike Itaú — Foto: Reprodução/Barbara Mannara

Dessa forma, será mostrada uma senha numérica de cinco dígitos (com algarismos de 1 a 3) que deve ser inserida no display eletrônico. Esse código tem validade de um minuto e pode ser renovado quantas vezes precisar. Agora basta aguardar a liberação da bike com a luz em verde acesa e puxar a bicicleta. Vale tomar cuidado com a trava: às vezes, ela fica presa e pode parecer que a bicicleta não foi liberada. Basta inclinar o guidão para cima para destravar facilmente.

Digite o código na lateral da bike ou insira o cartão físico para liberar a bicicleta — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

Ao retirar a bicicleta da vaga, o usuário tem um minuto de margem para verificar as condições da bike e, caso seja necessário, devolvê-la à estação, sem iniciar o período do empréstimo. Vale destacar que as bikes indicadas com a luz vermelha estão em manutenção e não poderão ser utilizadas.

Já andou de bike e precisa devolvê-la?

Basta encaixar a bicicleta em uma das vagas da estação e garantir que ela foi travada, após a luz verde apagar e finalizar o alerta sonoro. A bike pode ser deixada em qualquer estação – não precisa ser a de origem. Uma confirmação é enviada para o e-mail cadastrado, com informações do tempo de utilização e se foi necessário pagar alguma taxa extra (caso passe do limite de tempo indicado logo abaixo neste matéria).

Devolva a bicicleta em uma das bases vazias de qualquer estação do Bike Itaú — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

A estação está lotada?

No aplicativo Bike Itaú o usuário consegue ver todas as estações por perto, inclusive se há espaço vago para acoplar novas bikes. Caso esteja sem bateria ou Internet no celular, note que em cada estação também há um mapa com as estações nas proximidades. Basta se dirigir à próxima base. Caso tenha problemas relacionados, entre em contato com o Fale Conosco (indicado no fim desta matéria).

Confira o mapa com as estações mais próximas no app ou na própria base da estação — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

Preço e tempo de uso

Para alugar uma bicicleta do Bike Itaú é possível utilizar o app para celular e fazer um pagamento diário que custa R$ 5 ou assinar o plano mensal, com preço fixo de R$ 20. Há ainda o plano para três dias, por R$ 15; o plano trimestral, por R$ 50; e o anual, por R$ 160. Um dos detalhes que precisa de atenção para não pagar taxas extras é o tempo de uso. O usuário pode fazer viagens ilimitadas de até 60 minutos durante o período do plano. Caso queira pedalar por mais tempo, será cobrado um valor adicional de R$ 5 por hora. Para evitar a tarifa é necessário fazer um intervalo de 15 minutos entre cada viagem de até 60 minutos. Assim, o usuário precisa devolver a bicicleta para um dos postos e aguardar o tempo estipulado pela empresa.

O usuário pode fazer viagens de 60 minutos cada com a Bike Itaú — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

O pagamento da mensalidade ou diária pode ser feito via cartão de crédito com as bandeiras MasterCard, Visa, Hiper, Hipercard, Diners Club, JBC e Cabal. Para completar, algumas estações têm posto de auto atendimento com uma tela de instruções rápidas para comprar um plano diário, no valor de R$ 5, a partir do cartão de crédito.

O valores informados nesta pauta são baseados no Bike Rio (Rio de Janeiro) e estão sujeitos a alterações conforme a disposição do Bike Itaú.

Fale com o Bike Itaú

Caso o usuário ainda esteja com dúvidas sobre o funcionamento ou precise entrar em contato para informar roubo ou perda da bicicleta, há um sistema de atendimento. O contato com a Central pode ser feito pelo telefone 4003 6054 das 5h às 23h ou via e-mail para: bikerio@tembici.com.br.

Como pedir Uber pelo computador

Como pedir Uber pelo computador

Mais do TechTudo