Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Anunciado pela Huawei na última segunda-feira (17), o Nova 4 é o novo smartphone da marca que repete a câmera dentro da tela vista no Galaxy A8S, da Samsung. O celular também se destaca pela oferta de câmera tripla liderada por um sensor generoso de 48 megapixels.

Anunciado com o Kirin 970, mesmo processador do Huawei P20 Pro, o Nova 4 tem recursos de inteligência artificial para valorizar a capacidade das câmeras e deve começar a ser comercializado na China já em janeiro de 2019. Os preços giram em torno de R$ 1.930.

Nova 4 tem tela com furo para câmera de selfies e câmera tripla liderada por sensor de 48 megapixels — Foto: Divulgação/Huawei

Disponível em quatro cores (preto, branco, vermelho e azul), o smartphone da Huawei promete tirar proveito das tecnologias de processamento de imagem que, somadas a um trio de câmeras, deram ao Huawei P20 Pro alta qualidade de vídeo e fotografia.

Além da edição com 48 megapixels, a Huawei também confirmou que trará ao mercado um modelo alternativo que substitui esse sensor por outro de 20 megapixels. Essa versão secundária do Nova 4 ainda não tem data confirmada de lançamento.

A Huawei ensaiou um retorno ao mercado brasileiro em 2018 numa parceria com a Positivo que permitiria o lançamento do P20 Lite no país. O negócio, no entanto, foi por água abaixo no decorrer do segundo semestre. A gigante chinesa se tornou a segunda maior fabricante de celulares do planeta.

Tela e design

Aparelho estará disponível em quatro opções de cores — Foto: Divulgação/Huawei

A característica visual que mais chama atenção no Huawei Nova 4 é a tela com um furo no canto superior esquerdo para a câmera de selfies. A novidade traz promessa de maior aproveitamento da superfície frontal sem recorrer ao notch, como nos recentes iPhones, e nem de mecanismos deslizantes para acomodar as câmeras, como em outras opções chinesas.

A tela em si tem especificações convencionais. Com 6,4 polegadas, o display da Huawei usa tecnologia LCD IPS e oferece resolução Full HD+ (2310 x 1080 pixels), que resultam numa densidade de 398 pixels por polegada. O Nova 4 foi anunciado pela Huawei nas cores preta, branca, vermelha e azul e, mesmo com o design futurista, ainda traz o tradicional conector de 3,5 mm para fones de ouvido.

Câmeras

Celular tem trio de câmeras e processamento via inteligência artificial para garantir fotos de maior qualidade — Foto: Divulgação/Huawei

A câmera de selfies embutida na tela do celular apresenta resolução alta, sobretudo para um sensor secundário, de 25 megapixels. A lente que trabalha em conjunto com essa câmera é mais fechada (f/2.0), mas em contrapartida deve garantir ângulos mais abertos para favorecer o enquadramento de espaços mais amplos e de muitas pessoas na hora de fazer uma selfie.

Em termos de câmeras principais, o Nova 4 usa um trio de sensores que lembra bastante o Huawei P20 Pro, embora aqui o sensor principal tenha 48 megapixels. Acoplada a uma lente de f/1.8, essa câmera trabalha em conjunto com outras duas de 16 megapixels (f/2.2) e de profundidade com 2 MP (f/2.4).

Haverá um segundo modelo do Nova 4 no futuro cuja a única diferença em relação à versão já anunciada pela Huawei será a troca da câmera de 48 megapixels por outra de 20 megapixels.

Todas as câmeras do celular funcionam tirando proveito de recursos de inteligência artificial para produção de imagens compostas com maior riqueza de detalhes ou efeitos mais precisos.

Desempenho

Celular usa o Kirin 970, encontrado no P20 Pro — Foto: Divulgação/Huawei

O Nova 4 usa o poderoso processador octa-core Kirin 970, o mesmo usado no P20 Pro, mas que já foi substituído pelo Kirin 980. Independentemente das razões por trás da escolha, o 970 ainda oferta números de destaque, como velocidades de 2,4 GHz nos núcleos de alta performance e de 1,8 GHz em modo de baixo consumo de energia.

O Nova 4 está no mesmo patamar de outros lançamentos empolgantes da indústria quando o assunto é memória RAM. O telefone usa 8 GB de LPDDR4 e tem ainda 128 GB de espaço para guardar arquivos, que podem ser expandidos por meio de cartões de memória tipo microSD.

Android e recursos extras

O telefone da Huawei sai de fábrica com Android 9 (Pie) a bordo e oferece leitor de impressões digitais posicionado na traseira, em posição centralizada.

A Huawei destaca a capacidade de criar vídeos para usá-los como toques de chamadas para seus contatos. A tecnologia HDR Pro5 usa inteligência artificial para ressaltar cores, brilho e contraste de fotos e vídeos. A ferramenta GPU Turbo acelera o processamento gráfico do Nova 4 conforme a demanda; ela deve se mostrar particularmente útil em games.

Bateria

Celular vem com Android 9 instalado — Foto: Divulgação/Huawei

O celular vem com um componente de 3.750 mAh e promessa de 20 horas de uso com o 3G ligado. O Nova 4 acompanha carregador de 18 Watts. A recarga rápida marca presença: segundo a Huawei, uma carga completa deve ser obtida em 2 horas.

Preço

A Huawei lançará primeiro o Nova 4 com câmera de 48 megapixels. O telefone deve chegar ao mercado chinês em janeiro por 3.400 yuans (cerca de R$ 1.930 em conversão direta). A edição com câmera mais limitada, de 20 megapixels, ainda não tem data para estrear, mas sabe-se que o preço ficará em 3.100 yuans (R$ 1.760).

Embora os preços sejam atrativos, vale lembrar que a Anatel intensificou a fiscalização de produtos importados, entre eles os celulares. A nova política da agência pode representar despesas extras e dor de cabeça aos desavisados.

Ficha técnica do Huawei Nova 4

  • Tamanho da tela: 6,4 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+ (2310 x 1080 pixels)
  • Painel da tela: IPS LCD
  • Câmera principal: tripla (48, 16 e 2 megapixels)
  • Câmera frontal (selfie): 25 MP
  • Sistema: Android 9 Pie
  • Processador: Kirin 970 (8 núcleos e 2,4 GHz)
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento (memória interna): 128 GB
  • Cartão de memória: microSD
  • Capacidade da bateria: 3.750 mAh (com recarga rápida)
  • Dual SIM: sim
  • Telefonia: LTE
  • Peso: 172 gramas
  • Cores: preto, branco, azul e vermelho
  • Preço de lançamento: 3.400 yuans (cerca de R$ 1.930)
  • Data de lançamento: 17 de dezembro de 2018

Via Huawei

Relembre os celulares que marcaram 2018

Relembre os celulares que marcaram 2018

Mais do TechTudo