Jogos de raciocínio

Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


Donut County foi eleito como o Jogo do Ano para iPhone e iPad (iOS), pela Apple. O game de resolver problemas com física é baseado em uma mecânica de engolir coisas com um buraco que desafia a lógica. O criador é o designer Ben Esposito, conhecido por projetos como The Unfinished Swan, What Remains of Edith Finch, Tattletail e outros. Além de sua versão mobile para iOS, Donut County pode ser encontrado também no PS4 e PC.

O jogo conta a história de Mira, uma menina que tem como melhor amigo um guaxinim preguiçoso e ganancioso chamado BK. Ambos estão em um buraco a 999 pés abaixo do solo junto com toda a cidade e seus habitantes. Cada um narra retroativamente os eventos que levaram a essa catástrofe. Todos os problemas são causados pela recém-adquirida loja de donuts (rosquinhas) de BK que, em vez de de entregar os prometidos doces, oferece apenas o buraco no meio deles e este acaba por consumir tudo ao seu redor.

Donut County foi escolhido pela Apple como o jogo do ano no iPhone — Foto: Reprodução/Kotaku Donut County foi escolhido pela Apple como o jogo do ano no iPhone — Foto: Reprodução/Kotaku

Donut County foi escolhido pela Apple como o jogo do ano no iPhone — Foto: Reprodução/Kotaku

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

A mecânica do buraco foi inspirada em jogos como Katamari Damacy do PlayStation 2, no qual o jogador começa pequeno e absorve objetos para aumentar seu tamanho, o que consequentemente permite absorver objetos cada vez maiores em uma escalada viciante. A grande diferença é que Donut County toma uma perspectiva de quebra-cabeça sobre suas fases.

Os quebra-cabeças de Donut County são leves e não travam o progresso do jogador — Foto: Reprodução/Mac Stories Os quebra-cabeças de Donut County são leves e não travam o progresso do jogador — Foto: Reprodução/Mac Stories

Os quebra-cabeças de Donut County são leves e não travam o progresso do jogador — Foto: Reprodução/Mac Stories

O usuário controla diretamente o buraco em cada fase e precisa pegar todos os objetos que conseguir. Normalmente há um número exato de objetos que podem ser absorvidos em uma escala preconcebida de tamanho e então apresenta-se algum quebra-cabeça para poder progredir. Para não cair na monotonia cada fase do jogo introduz algum novo conceito que envolve alterar as propriedades do buraco.

Concepção

A ideia para o desenvolvimento de Donut County surgiu durante um evento "Game Jam", um desafio de criação de jogos simples em um curto período de tempo no qual Ben participava. A temática era a de colocar em prática ideias de "Peter Molydeux", uma conta de Twitter paródia do designer Peter Molyneux, conhecido por games como Black & White e Fable. Molyneux ganhou fama na internet por fazer promessas sobre seus jogos que não eram cumpridas.

Charme de Donut County brilha em seus diálogos divertidos e quebra-cabeças — Foto: Reprodução/Polygon Charme de Donut County brilha em seus diálogos divertidos e quebra-cabeças — Foto: Reprodução/Polygon

Charme de Donut County brilha em seus diálogos divertidos e quebra-cabeças — Foto: Reprodução/Polygon

Inicialmente o jogo seria mais focado na história e falaria sobre a cultura dos índios norte-americanos. No entanto isso gerou algumas críticas e preocupações sobre a possibilidade de uma má representação dessa cultura, o que levou Ben a optar por deixar este tema para outro projeto.

Polêmica

Uma polêmica aconteceu após mais de cinco anos de desenvolvimento e várias apresentações públicas de Donut County em eventos. Dois meses antes do lançamento do jogo, a produtora Voodoo lançou um clone do game chamado Hole.io e disparou para o topo da App Store como um dos games mais populares. Sua jogabilidade era como uma versão simplificada de Donut County com o padrão ".io" de competição com bots.

Polêmica entre Donut County e Hole.io gerou lançamento conturbado — Foto: Reprodução/Ars Technica e Kotaku Polêmica entre Donut County e Hole.io gerou lançamento conturbado — Foto: Reprodução/Ars Technica e Kotaku

Polêmica entre Donut County e Hole.io gerou lançamento conturbado — Foto: Reprodução/Ars Technica e Kotaku

A Voodoo está envolvida em diversas polêmicas sobre a criação de clones de jogos famosos como Infinite Golf baseado em Desert Golfing, Twisty Road baseado em Impossible Road, The Fishing Master! baseado em Ridiculous Fishing, entre outros. Ben Esposito declarou que a tática da Voodoo de "abordagem algorítmica" pode produzir jogos de sucesso, mas que também incentiva os desenvolvedores a fazerem cópias rápidas de jogos como o dele.

O criador de Donut County também disse que esperava que o "charme único, senso de humor e níveis meticulosamente artesanais" ajudasse seu jogo a se destacar, o que parece ter sido uma estratégia de sucesso.

Qual o seu jogo online preferido? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo