Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O lançamento do iPhone XS Max no Brasil chamou a atenção dos consumidores: com preço sugerido de R$ 7.999 na edição com 64 GB, o celular da Apple chega a custar R$ 9.999 com 512 GB. Uma alternativa é importar o smartphone, o que pode trazer mais benefícios a quem busca o aparelho por um valor mais em conta. A compra, no entanto, traz alguns custos, como impostos e taxas de importação, além de questões de compatibilidade com o 4G brasileiro, que precisam ser colocadas na ponta do lápis antes da decisão final. Nas linhas a seguir, investigamos os custos envolvidos em trazer um iPhone XS Max dos Estados Unidos na bagagem, durante uma viagem.

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

O iPhone XS Max foi anunciado globalmente em setembro e desembarcou em território brasileiro em novembro. O celular repete o visual do iPhone X e traz o novo processador Apple A12 Bionic e câmera dupla de 12 megapixels. No Brasil, o celular tem preço de R$ 7.999 com 64 GB, R$ 8.799 com 256 GB e R$ 9.999 com 512 GB.

Nos Estados Unidos, o celular tende a ser mais barato quando considerado apenas a conversão direta. A edição de 64 GB é encontrada por US$ 1.099 (cerca de R$ 4.229) enquanto as versões com 256 GB e 512 GB estão disponíveis por US$ 1.249 (R$ 4.806) e US$ 1.449 (R$ 5.575), respectivamente. O preço final, no entanto, não deve ser considerado sem outros encargos. Isto porque, para importar eletrônicos, há taxas extras que devem ser levadas em questão, além do valor do dólar no momento da compra.

O primeiro ponto a se observar é que, nos Estados Unidos, há impostos que incidem sobre o produto e que são pagos no momento da compra. Como o valor dessas taxas pode variar bastante de estado para estado, adotamos uma média de 8,5% em impostos locais na nossa simulação.

iPhone XS Max pode sair mais barato caso seja importado — Foto: Thássius Veloso/TechTudo iPhone XS Max pode sair mais barato caso seja importado — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone XS Max pode sair mais barato caso seja importado — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Outro fator que vai gerar custos é o IOF, imposto brasileiro sobre operações financeiras e que tem uma série de modalidades. No nosso caso, devemos considerar duas situações:

  • Compra em dinheiro: IOF de 1,1%
  • Compra em cartão de crédito internacional: 6,38%

É preciso considerar, também, custos alfandegários que podem ser cobrados no retorno ao Brasil. Atualmente, é permitido importar até US$ 500 livre de impostos, mas qualquer valor acima do limite pode ser tributado em 50%.

Importar o iPhone envolve custos extras: fique atento para evitar sustos — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Importar o iPhone envolve custos extras: fique atento para evitar sustos — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Importar o iPhone envolve custos extras: fique atento para evitar sustos — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Como ficam os valores

Na tabela seguir, você pode comparar os possíveis preços ao importar o iPhone. Foi considerado o valor do câmbio em 6 de dezembro, de R$ 3,87 para US$ 1.

Na primeira coluna, listamos os preços praticados pela Apple Brasil. Na segunda, constam os valores já convertidos para o real do iPhone XS Max com o imposto local médio de 8,5%.

Na terceira coluna, constam os valores já convertidos do dólar para real, inclusive com IOF. No primeiro deles, o preço é simulado com IOF de 1,1% para compra em dinheiro. No segundo, a taxa aplicada é de 6,38%, para compras feitas com cartão de crédito internacional. Por fim, mostramos quanto ficaria com uma possível cobrança na alfândega, ao desembarcar no Brasil.

Preços do iPhone XS Max

Versões Apple Brasil Apple EUA + impostos + IOF dinheiro ou cartão Taxas da Receita
64 GB R$ 7.999 R$ 4.632,32 (US$ 1.192,41) R$ 4.664,04 ou 4.907,62 (US$ 1.205,52 ou US$ 1.268,48) + R$ 1.158,74
256 GB R$ 8.799 R$ 5.242,98 (US$ 1.355,16) R$ 5.300,63 ou 5.577,44 (US$ 1.370,06 ou US$ 1.441,61) + R$ 1.448,90
512 GB R$ 9.999 R$ 6.082,53 (US$ 1.572,16) R$ 6.149,62 ou 6.470,58 (US$ 1.589,45 ou US$ 1.672,46) + R$ 1.835,79

O iPhone XS Max pode sair sensivelmente mais barato caso o consumidor aproveite a viagem para trazê-lo de fora. O modelo de 256 GB, vendido no Brasil a R$ 8.799, sai por R$ 5.577,44 em uma compra via cartão na nossa simulação. Mesmo que você caia na fiscalização da alfândega e precise pagar a taxa da Receita, sai mais barato: o valor total chega a R$ 7.026,34

Relembre os celulares que marcaram 2018

Relembre os celulares que marcaram 2018

Fique de olho na compatibilidade

Além dos custos, deve-se observar as questões técnicas. Isto porque a edição norte-americana não reconhece a faixa de 700 MHz usada no 4G brasileiro. Isto significa que, em certas localidades, o celular não terá acesso a uma parte da rede 4G. No entanto, não ficará sem sinal, uma vez que funciona com o 4G tradicional, o 3G e o 2G.

Outro aspecto técnico fundamental é observar se o aparelho é desbloqueado ou não. Nos Estados Unidos, é muito comum encontrar celulares com preços mais atrativos, mas que são bloqueados e têm vínculos com as operadoras locais. Caso compre um iPhone bloqueado, ele não irá funcionar com as empresas brasileiras, portanto, opte pela opção sem restrições.

Mais do TechTudo