Por Taysa Coelho, para o TechTudo


Dois leilões da Receita Federal ficaram entre os destaques de novembro na editoria de Eletrônicos. Entre os produtos disponíveis, estavam iPhone 7, iPhone 6, iPad Pro, entre outros. Além disso, as patinetes elétricas compartilhadas, um tipo de serviço que já é febre nos Estados Unidos, também apareceram bem no penúltimo mês de 2018.

Outros assuntos ainda fizeram sucesso, como o Modo Ambiente, da Samsung, que faz a TV sumir na parede, eletrodomésticos inteligentes e conectados que ajudam no dia a dia da casa e os possíveis usos de carros autônomos no futuro. Veja a seguir a lista completa dos conteúdos mais acessados da editoria de Eletrônicos nesse mês de novembro.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

iPhone 7 a preços mais baixos em leilão — Foto: Thassius Veloso/TechTudo iPhone 7 a preços mais baixos em leilão — Foto: Thassius Veloso/TechTudo

iPhone 7 a preços mais baixos em leilão — Foto: Thassius Veloso/TechTudo

1. iPhone 7 e Apple Watch no leilão da Receita Federal

Um leilão com produtos apreendidos pela Polícia Federal no estado de Pernambuco foi um dos destaques do TechTudo em novembro. Entre os lances disponíveis estava um grupo trazendo iPads de quinta geração e um Apple Watch Série 3 por R$ 2.500. No varejo, esses produtos juntos custariam por volta de R$ 3 mil.

Outra opção incluía um iPad Pro de 10,5 polegadas e um iPhone 7 de 128 GB por R$ 3.000. Só o tablet da Apple custa R$ 4.500 no mercado nacional, por exemplo. Os interessados precisavam dar os lances até 18h do dia 12 de novembro, pelo site oficial do órgão público.

2. Mais leilão

iPhone 6 também pode ser adquirido em leilões — Foto: Ana Marques/TechTudo iPhone 6 também pode ser adquirido em leilões — Foto: Ana Marques/TechTudo

iPhone 6 também pode ser adquirido em leilões — Foto: Ana Marques/TechTudo

Outro leilão da Receita Federal chamou a atenção, dessa vez de itens apreendidos em Fortaleza, no Ceará. Os pacotes para arremate traziam iPhone 7 de 32 GB por lances mínimos de R$ 1.300 e iPhone 6 por a partir de R$ 900, por exemplo. O site da Receita aceitou arremates até o dia 26 de novembro e o pregão aconteceu no dia seguinte, às 11h.

3. TV “invisível”

Um dos modos de camuflagem imita a parede ao fundo — Foto: Divulgação/Samsung Um dos modos de camuflagem imita a parede ao fundo — Foto: Divulgação/Samsung

Um dos modos de camuflagem imita a parede ao fundo — Foto: Divulgação/Samsung

A linha de TVs QLED 2018 da Samsung têm um recurso que promete fazer o aparelho "sumir" na parede. Os modelos com o Modo Ambiente, como é chamado, começaram a ser vendidos em setembro e aproveitam a combinação da alta resolução 4K UHD com design discreto e bordas finas.

A função, que atua como uma espécie de descanso de tela, pode ser ativada de duas formas: ao selecionar uma das texturas pré instaladas, ou imitar a parede por meio de configuração, feita no Smart Things, app para dispositivos conectados da Samsung.

4. Chegada da “Uber” das patinetes ao Rio

Patinete Petrobras — Foto: Aline Batista/TechTudo Patinete Petrobras — Foto: Aline Batista/TechTudo

Patinete Petrobras — Foto: Aline Batista/TechTudo

A notícia de que as patinetes elétricas compartilhadas da Tembici chegaram ao Rio de Janeiro também foi um assunto que chamou a atenção em novembro. Para usar os chamados Patinetes Petrobras, é necessário fazer o download do app Tembici, disponível para Android e iPhone (iOS). O pagamento pelo aluguel é feito pelo aplicativo, assim como a retirada das patinetes.

Com relação às taxas, são cobrados R$ 4 a cada 15 minutos por meio do cartão de crédito. Entre os dias 4 e 15 de dezembro, os usuários poderão aproveitar o serviço gratuitamente durante os 15 primeiros minutos.

5. Carros sem motorista e as mudanças de hábitos

A divulgação de um estudo publicado na revista Annals of Tourism Research revelou que as pessoas devem utilizar cada vez mais veículos autônomos em um futuro próximo. E isso pode gerar mudanças na mobilidade, no turismo e na economia das cidades, segundo a avaliação dos pesquisadores Scott Cohen e Debbie Hopkins.

Carro autônomo do Google — Foto: Divulgação Carro autônomo do Google — Foto: Divulgação

Carro autônomo do Google — Foto: Divulgação

De acordo com a estudo, o fato de as pessoas não precisarem dirigir levará a outros tipos de uso dos carros durante as viagens. Portanto, os carros podem vir a ser projetados para outros fins que não exclusivamente transportar os passageiros de um ponto a outro. Sem a necessidade de um volante, pedais e painéis, o veículo pode ter espaço interno em restaurante itinerante, bar ou até mesmo hotéis.

6. Patinetes compartilhadas em São Paulo

Patinetes eletétricas da Yellow custam a partir de R$ 3 — Foto: Divulgação/Yellow Patinetes eletétricas da Yellow custam a partir de R$ 3 — Foto: Divulgação/Yellow

Patinetes eletétricas da Yellow custam a partir de R$ 3 — Foto: Divulgação/Yellow

As patinetes elétricas compartilhadas aparecem de novo na lista de matérias mais lidas na editoria. Dessa vez, foi pela notícia de lançamento do serviço em São Paulo, promovido pela startup Yellow. Assim como no serviço que chegou depois no Rio, o usuário precisa baixar o app no smartphone para encontrar a estação mais próxima e desbloquear a scooter. É cobrada uma taxa de R$ 3 para se destravar a patinete e R$ 0,50 adicionais a cada minuto rodado. O valor pode ser pago tanto no cartão de crédito quanto no dinheiro.

7. Smart TV: o que não fazer

smart TV Samsung — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo smart TV Samsung — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

smart TV Samsung — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Uma lista de coisas que os proprietários de smart TVs não devem fazer também ganhou destaque. A ideia da matéria é sugerir dicas para aumentar a durabilidade dos aparelhos. Entre as ações que merecem atenção está a maneira como se instala o produto na parede, não usar produtos químicos na limpeza, entre outras. O dispositivo também não deve ser deixado em lugar abafado ou exposto a raios solares, tampouco conectada a uma rede Wi-Fi desconhecida.

8. JBL Xtreme vale a pena?

A análise dos prós e contras do modelo JBL Xtreme, lançado há três anos, foi outro destaques do mês passado. Dentre os pontos positivos do alto-falante estão a resistência à agua, potência de 40 Watts RMS nos speakers e alta qualidade de som. Sua bateria também é capaz de reproduzir músicas por até 15 horas, segundo a fabricante, contando com potência de 10.000 mAh. Com relação aos aspectos negativos estão o peso, o preço e a localização das portas no corpo do produto.

9. Inteligente é economizar

Os eletrodomésticos inteligentes já são uma realidade cada vez mais acessível no Brasil. Eles trazem funções para ajudar no dia a dia da casa, prometendo salvar o bolso do consumidor e ajudar o meio ambiente. Por aqui, já é possível adquirir produtos como as lâmpadas inteligentes Philips Hue, que reduzem o consumo em até 80%, e o ar-condicionado Split Digital Inverter Frio Wind Free, da Samsung, que promete redução de 72% de consumo.

Máquina de lavar QDrive da Samsung — Foto: Aline Batista/TechTudo Máquina de lavar QDrive da Samsung — Foto: Aline Batista/TechTudo

Máquina de lavar QDrive da Samsung — Foto: Aline Batista/TechTudo

A lista inclui ainda máquina de lavar roupa QDrive, também da Samsung, que oferece economia de energia de até 20% devido ao sistema de giro do tambor, chamado Digital Inverter. Outro produto é a tomada inteligente Xiaomi Mi, que permite ao usuário controlar o fornecimento de energia ao aparelho conectado.

10. Fone baratinho. Mas é bom?

Fone DL FN004 é uma excelente opção de custo-beneficio para pessoas que buscam qualidade de áudio  — Foto: Divulgação/DL Fone DL FN004 é uma excelente opção de custo-beneficio para pessoas que buscam qualidade de áudio  — Foto: Divulgação/DL

Fone DL FN004 é uma excelente opção de custo-beneficio para pessoas que buscam qualidade de áudio — Foto: Divulgação/DL

Outro destaque do mês de novembro foi a análise do fone de ouvido baratinho DL FN004, que estava à venda por R$ 15 segundo o Compare TechTudo. Lançado em 2013, o modelo chama a atenção por oferecer configurações simples e conchas supra-auriculares. A avaliação levou em conta o design, que remete aos poderosos fones da Beats, e a qualidade intermediária de som, que entrega resposta de frequência de áudio de 20 Hz a 20 kHz e sensibilidade de 108 dB.

MAIS DO TechTudo