Por Taysa Coelho, para o TechTudo


A gigante russa de internet Yandex, dona do equivalente ao Google por lá, revelou o início das vendas de um smartphone próprio: o Yandex.Phone. O celular intermediário vem equipado com sistema próprio baseado em Android 8.1 (Oreo) e traz apps desenvolvidos pela companhia, como de mapas e previsão do tempo. Também utiliza uma assistente virtual incomum nas Américas: a Alice. O aparelho de 5,65 polegadas custa 17.990 rublos, o que equivale a R$ 1.036.

O celular traz Snapdragon 630, mesmo chip presente no Moto G6 Plus e Sony Xperia XA2, por exemplo. A ficha técnica fica completa com memória RAM de 4 GB, armazenamento de 64 GB e suporte a cartão de memória. O aparelho conta ainda com câmera traseira dupla de 16 megapixels + 5 megapixels, enquanto a frontal tem 5 megapixels. Há ainda leitor de impressão digital e NFC.

Yandex.Phone tem câmera dupla — Foto: Divulgação/ Yandex Yandex.Phone tem câmera dupla — Foto: Divulgação/ Yandex

Yandex.Phone tem câmera dupla — Foto: Divulgação/ Yandex

No quesito aplicações e serviços, a Yandex deve favorecer os seus próprios em detrimento aos do Google, a começar pela assistente virtual. A Alice foi lançada pela empresa em 2017 e pode ser encontrada em um alto-falante inteligente da marca.

A fala de Fedor Yezhov, vice-presidente corporativo de produtos ecossistêmicos da fabricante, deixa essa escolha mais evidente: “Os usuários podem interagir com Alice e os aplicativos Yandex mais amplamente utilizados de uma nova maneira neste telefone. Totalmente integrada ao telefone, a Alice oferece aos usuários acesso abrangente aos aplicativos Yandex”.

Google x Yandex

O Yandex.Phone chega ao mercado quase três anos depois da vitória da companhia russa sobre o Google. No processo, a Yandex acusava a corporação norte-americana de dificultar que outras empresas criassem serviços concorrentes no Android, os obrigando a utilizar os apps do Google, como o Gmail, Google App e a loja de aplicativos Google Play.

Derrotado, o Google foi proibido pela Justiça de restringir a oferta de aplicativos terceiros, incluindo mecanismos de pesquisa. Além disso, a empresa passou a ter que oferecer uma espécie de janela de escolha no Chrome, para que o próprio usuário selecionasse a ferramenta de busca padrão de sua preferência.

O Yandex.Phone começou a ser vendido nesta semana na loja da fabricante em Moscou e, em breve, deve chegar a varejistas do país.

Relembre os celulares que marcaram 2018

Relembre os celulares que marcaram 2018

MAIS DO TechTudo