Celulares

Por Thássius Veloso, da redação


Uma revolta nas redes sociais, vinda principalmente de fãs, fez com que a Apple alterasse as regras de um concurso fotográfico. A companhia começou a divulgar nesta semana a disputa “Shot on iPhone Challenge”, em que as melhores fotos feitas com iPhones apareceriam em destaque na rede de lojas Apple, no site oficial e no perfil da empresa no Instagram, entre outros ambientes online.

O problema percebido por internautas tinha a ver com a forma de compensação. O regulamento original não mencionava dinheiro para os ganhadores do concurso – aqueles que postassem as mais belas fotos feitas com iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max. Depois da polêmica, a Apple voltou atrás e disse que vai pagar pelo trabalho dos artistas.

Mesmo sem câmera dupla, iPhone XR oferece modo retrato com controle de nível de desfoque — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Mesmo sem câmera dupla, iPhone XR oferece modo retrato com controle de nível de desfoque — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Mesmo sem câmera dupla, iPhone XR oferece modo retrato com controle de nível de desfoque — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Conforme nota o site especializado The Verge, inicialmente a cláusula sobre premiação informava o seguinte: “O prêmio não tem valor financeiro”. Dias depois, o texto foi alterado para: “Os vencedores vão receber uma taxa de licenciamento pelo uso em outdoors e outros canais de marketing da Apple”. Cifras não foram mencionadas.

Em nota, a companhia originária de Cupertino acrescentou o seguinte: “A Apple acredita fortemente que os artistas devem ser recompensados pelo seu trabalho.”

Como participar do #ShotOniPhone

Fotografias da campanha “Shot on iPhone” (algo como “Clicado com iPhone” em português) são bastante populares. No passado, a gigante da tecnologia repetiu a mesma mecânica. Ganhadores costumam receber um kit recheado de produtos com a marca da maçã.

Hashtag #ShotOniPhone agrupa mais de 6,2 milhões de imagens no Instagram — Foto: Reprodução / Instagram Hashtag #ShotOniPhone agrupa mais de 6,2 milhões de imagens no Instagram — Foto: Reprodução / Instagram

Hashtag #ShotOniPhone agrupa mais de 6,2 milhões de imagens no Instagram — Foto: Reprodução / Instagram

O escritório da Apple Brasil enfatiza a presença de uma conterrânea no comitê que escolherá as dez melhores fotos: fotógrafa Luísa Dörr, nascida no Rio Grande do Sul e atualmente baseada na Bahia. A profissional ganhou notoriedade depois de fotografar toda uma edição da revista Time utilizando somente o iPhone. O projeto foi escolhido pela Escola de Jornalismo de Missouri como parte do Pictures of the Year International, com as melhores fotos do ano.

Também são avaliadores convidados o fotógrafo Pete Souza, famoso por registrar o governo do presidente Barack Obama; o fotógrafo e cineasta Austin Mann; a fotógrafa holandesa Annet de Graaf; e o artista visual chinês Chen Man, além de lideranças da Apple.

Qualquer dono de celular Apple pode participar do concurso, inclusive no Brasil. É preciso postar a imagem no Instagram ou Twitter com a hashtag #ShotOniPhone até 7 de fevereiro. A empresa pede que o usuário mencione o modelo de iPhone na legenda. As regras permitem editar as fotografias com software da própria Apple ou de terceiros.

Relembre os celulares que marcaram 2018

Relembre os celulares que marcaram 2018

Mais do TechTudo