Wearables

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Depois do iPhone, do Apple Watch e do iPod, a Apple parece estar trabalhando num novo tipo de dispositivo até o momento inédito para a marca. A fabricante solicitou a patente relacionada a um anel smart que permitiria controlar outros aparelhos no entorno do usuário. O pedido foi feito ao escritório de patentes dos Estados Unidos em 3 de janeiro, mas só agora veio a público. O suposto dispositivo tem até apelido: iRing.

Vale lembrar que o registro da ideia na patente não garante o lançamento comercial do produto no futuro. É comum, no mundo da tecnologia, proteger ideias de produtos que possivelmente jamais verão a luz do dia. Ainda assim, as patentes trazem pistas sobre como pensam os engenheiros que trabalham nas companhias.

Ideia da Apple poderia funcionar como um tipo de controle para realidade aumentada e virtual — Foto: Divulgação/USPTO Ideia da Apple poderia funcionar como um tipo de controle para realidade aumentada e virtual — Foto: Divulgação/USPTO

Ideia da Apple poderia funcionar como um tipo de controle para realidade aumentada e virtual — Foto: Divulgação/USPTO

A patente da Apple descreve uma série de sensores de movimento e pressão, além de mecanismos capazes de passar informações via tato ao usuário. Um exemplo de uso do acessório proposto na ideia seria a digitação num teclado virtual, projetado na mesa: os sensores leriam o movimento da mão para saber qual tecla foi pressionada, ao passo que motores hápticos vibrariam, dando ao usuário a sensação de pressionar teclas de verdade.

Uma aposta de uso dessa tecnologia está relacionada com experiências mais imersivas de realidade aumentada e virtual. O anel serviria como controle, lendo em tempo real o movimento da sua mão e dedos nessas experiências, como ainda ofereceria reações físicas por conta do mecanismo de vibração.

Dispositivo pode oferecer retorno háptico via vibração — Foto: Divulgação/USPTO Dispositivo pode oferecer retorno háptico via vibração — Foto: Divulgação/USPTO

Dispositivo pode oferecer retorno háptico via vibração — Foto: Divulgação/USPTO

A descrição do “iRing” detalha ainda que o dispositivo poderia ser usado em vários dedos ao mesmo tempo. Mesmo que pequeno, haveria espaço para um display de notificações e LEDs de status, além de botão para ligar e desligar o acessório. Outro detalhe curioso é que a patente estabelece até mesmo a presença de pequenos alto-falantes para reprodução de som.

Celular com tela dobrável: conheça o primeiro smartphone com display flexível

Celular com tela dobrável: conheça o primeiro smartphone com display flexível

Mais do TechTudo