Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Ao comprar uma TV 4K ou dispositivos com suporte à resolução UHD, o usuário pode ter uma dúvida a respeito de qual HDMI usar. Essa questão depende do tipo de cabo disponível e do conteúdo a ser reproduzido nos aparelhos. Embora não existam cabos HDMI 4K, talvez seja interessante investir em um modelo com especificação Premium High Speed para ter o melhor que os produtos têm a oferecer, já que o padrão tem diversos recursos escondidos.

Além do número de pixels na tela, a escolha de um bom cabo pode ser determinante na hora de usar recursos como o HDR em filmes e jogos, por exemplo. Confira a seguir as principais diferenças entre os diferentes tipos de HDMI e saiba como descobrir qual deles é o melhor para atender às suas necessidades.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Entenda quais são as diferenças entre cabos HDMI e descubra porque cabos de qualidade podem ser baratos — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Qual a diferença entre os tipos de cabos?

A única diferença que pode existir entre cabos HDMI diz respeito ao padrão. Há modelos Standard Speed (velocidade padrão), que chegam apenas à resolução 1080i, ficando abaixo do Full HD, e os High Speed (alta velocidade) com ou sem Ethernet, que chegam ao 4K em 30 Hz. Também é possível encontrar os padrões Premium High Speed e Ultra High Speed, ambos com largura de banda maior e capacidade para atingir resoluções mais altas.

O importante aqui é que você tenha em mente que, dos quatro padrões possíveis, apenas o Standard não funciona para o 4K. E, dos outros três, apenas as classificações Premium High Speed e Ultra High Speed operam com largura de banda suficiente para dar conta não apenas do 4K em si, mas também de tecnologias de imagem como o HDR ou Dolby Vision. Note que essas classificações não devem implicar em falta de suporte às tecnologias ARC ou HDMI-CEC.

Outras definições, como HDMI Tipo A, B, C e D são referentes aos conectores de diferentes tamanhos, mais ou menos como o microUSB e o USB-C são referentes a portas USB de diferentes formatos.

Como identificar os cabos?

Cabo deve trazer impressa informações referentes às suas especificações — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Em geral, você encontra dados e especificações técnicas, como o padrão High Speed ou Standard, impressos na extensão do revestimento do fio (ou na caixa do produto). Na foto acima, usamos o cabo original da primeira versão do PlayStation 4, que é do tipo High Speed. Esse modelo deve dar conta de conteúdos em resolução 4K, mas suporte ao HDR pode ser incerto.

É possível que esse tipo de informação esteja ausente, apagada ou simplesmente não tenha sido impressa no material. Nesse caso, é necessário testar o cabo para saber seu tipo. Para isso, basta ligar algum dispositivo ao televisor ou monitor e usar as funções do aparelho para detectar a que resolução o conteúdo está chegando à TV.

E os cabos HDMI 4K?

A chegada do 4K e o surgimento de novos padrões HDMI (como o 2.0 em substituição ao 1.4b) levaram à oferta de cabos “HDMI 4K”, “HDMI 2.0”, entre outros. Nenhuma dessas classificações existe na prática e são apenas uma estratégia de marketing por parte das fabricantes.

Você pode conferir se um cabo está transmitindo em 4K (3840 x 2160 pixels) direto na sua TV ou monitor — Foto: Filipe Garret/TechTudo

O que existe de fato são diferenças entre as entradas HDMI, que, de acordo com sua geração, oferecem limites diferentes. O HDMI 1.4b, por exemplo, é muito comum e chega à resolução 4K a 60 Hz. Para 4K com HDR a 60 Hz, você precisa de equipamentos que tenham interface HDMI 2.0 ou superior. Mais uma vez, o exemplo do USB pode ajudar: a porta USB 2.0 é igual à 3.0, mas as velocidades são diferentes, desde que você use equipamentos compatíveis. A partir dessa evolução natural surgem nomes como HDMI 2.0, 4K ou HDR.

Em geral, qualquer cabo HDMI comprado depois de 2009, ano da introdução do HDMI 1.4b que suporta a resolução 4K, deve atender suas necessidades quanto à transmissão nessa resolução. O HDR, por sua vez, demanda maior largura de banda do cabo. Modelos mais em conta, mesmo capazes de transmitir o 4K, podem ter limitações em relação à tecnologia.

Outras restrições, como múltiplos canais de áudio, telas, entre outras demandas mais específicas, também dependem de cabos com especificações melhores, como os Premium e Ultra High.

É necessário comprar outro cabo?

Investir em um cabo HDMI novo vai ser importante se, por acaso, você estiver usando um modelo Standard Speed, que como discutimos anteriormente chega apenas à resolução máxima de 1080i.

Outra situação que pode acabar indicando a necessidade de investir em outro cabo é alguma percepção de qualidade de imagem inferior, ou também caso sua TV não permita a ativação do HDR em conjunto com algum dispositivo compatível. Situações como essa, em que um reprodutor de mídia não permite o acionamento do HDR, podem indicar que o cabo tem largura de banda insuficiente. Se qualquer forma, é importante testar o que já se tem em casa antes de comprar um cabo novo.

Preços e o que importa na hora de comprar

Cabos bem mais caros podem ter construção mais resistente, como revestimento em nylon — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Caso você tenha um cabo Standard, ou então seu cabo HDMI seja High Speed – e insuficiente para dar conta do HDR –, é hora de comprar um cabo novo. Primeiro, é importante que o produto a ser adquirito traz certificação Premium ou Ultra HIgh Speed, já que esses são os padrões que oferecem suporte ao 4K e ao HDR e podem funcionar por muito tempo.

Fique atento a produtos que ocultam suas especificações reais: isso pode indicar um cabo de menor qualidade e que não fui submetido aos testes de homologação oficiais do consórcio que define a implementação da tecnologia.

Também é possível que o fabricante exiba as especificações de acordo com a largura de banda de cada classificação. Nesse caso, fique de olho nos valores:

  • High Speed: um cabo High Speed terá banda de 10,2 Gb/s (gigabits por segundo, que você também encontra como “Gbps”).
  • Premium High Speed: 18 Gb/s
  • Ultra High Speed: 48 Gb/s

Produtos de maior qualidade terão selos indicativos da especificação, como o modelo "Premium" da imagem — Foto: Divulgação/Tera Grand

Também vale procurar por cabos de fabricantes mais conhecidos e que tenham características relevantes, como conectores revestidos em ouro para melhor transmissão e a extensão necessária que você precisa. Essa dica é interessante para evitar cabos muito longos, que podem representar perda de qualidade no sinal.

Em uma busca simples na Internet, é possível encontrar cabos HDMI tipo Premium High Speed de diversas marcas diferentes, alguns com preços de R$ 12 a R$ 15. Entretanto, há cabos que usam e abusam de termos como “2.0”, “4K HDR” e chegam aos R$ 65, embora tenham rigorosamente as mesmas especificações Premium dos modelos mais em conta. Alguns desses cabos mais caros apresentam vantagens que podem ser interessantes, como revestimento mais resistente e até garantia de três anos.

Mais do TechTudo