Por Gabrielle Fonseca, TechTudo


FIFA é uma das franquias mais famosas da história dos videogames. Com versões de jogos disponíveis para downloads em mobile, Xbox One, PS4, Xbox 360, PS3, Nintendo Switch e PC, o game da EA Sports está na versão FIFA 19. Sua primeira edição, no entanto, teve lançamento em julho de 1993, e desde então o game também passou por plataformas como Mega Drive, Nintendo 64 e Game Boy e conquistou milhares de jogadores casuais.

A franquia entrou no cenário competitivo em 2004. Com a criação da FIFA Interactive World Cup, a desenvolvedora passou a reunir anualmente os melhores jogadores do simulador de todo o mundo e dar milhares de dólares em prêmios. Relembre, a seguir, a evolução do FIFA no cenário competitivo até o desenvolvimento da FIFA eWorld Cup.

FIFA Soccer, à esquerda, e FIFA 19, à direita: mudanças no jogo vão além dos gráficos — Foto: Arte/TechTudo FIFA Soccer, à esquerda, e FIFA 19, à direita: mudanças no jogo vão além dos gráficos — Foto: Arte/TechTudo

FIFA Soccer, à esquerda, e FIFA 19, à direita: mudanças no jogo vão além dos gráficos — Foto: Arte/TechTudo

Brasil inaugura título da FIFA Interactive World Cup

Na primeira edição do torneio oficial da EA Sports, em 2004, quem levou a melhor foi o brasileiro Thiago Carrico de Azevedo. O jogador disputou o título com oito finalistas em Zurique, na Suíça, e venceu o duelo contra o norte-americano Matija. Thiago teve a chance de participar da FIFA World Player Gala e foi coroado pelo jogador de futebol Ronaldinho.

Thiago Carrico de Azevedo recebe o primeiro prêmio da FIFA Interactive World Cup — Foto: Divulgação/FIFA.com Thiago Carrico de Azevedo recebe o primeiro prêmio da FIFA Interactive World Cup — Foto: Divulgação/FIFA.com

Thiago Carrico de Azevedo recebe o primeiro prêmio da FIFA Interactive World Cup — Foto: Divulgação/FIFA.com

Já nas edições seguintes o título alternou entre diversos países do mundo. O troféu passou duas vezes pelo Reino Unido (2005 e 2017), duas vezes pela Suíça, (2014 e 2016), mais duas vezes pela França (2009 e 2013) e ainda duas pela Espanha (2008 e 2012). Neste cenário, destacam-se o francês Spank e o espanhol Herzex, os únicos pro players bicampeões da FIFA Interactive World Cup. Além dos países citados, o torneio também já teve vencedores vindos de Portugal, Holanda, Arábia Saudita e Estados Unidos.

Crescimento no número de participantes e o recorde mundial

Com um público cada vez maior, o game passou a receber ainda mais participantes na FIFA Interactive World Cup após abrir uma fase de qualificação online. No ano de 2009, o torneio chegou a atingir a marca de mais de meio milhão de participantes. Já em 2010, a competição da EA Sports atinge um novo patamar, contabilizando um total de 775 mil jogadores, número que deu à FIFA Interactive World Cup o título de maior torneio de jogos eletrônicos do mundo pelo Guinness Book of Records.

Ronaldo entrega prêmio a August Rosenmeier, vencedor do FIFA Interactive World Cup de 2014 — Foto: Divulgação/FIFA.com Ronaldo entrega prêmio a August Rosenmeier, vencedor do FIFA Interactive World Cup de 2014 — Foto: Divulgação/FIFA.com

Ronaldo entrega prêmio a August Rosenmeier, vencedor do FIFA Interactive World Cup de 2014 — Foto: Divulgação/FIFA.com

Nas edições seguintes, o número de participantes também voltou a subir, batendo cerca de 1,3 milhões de competidores em 2012. Foi também neste ano que a final de três dias, realizada em Dubai, foi transmitida ao vivo no FIFA.com.

Em 2014, em virtude da Copa do Mundo sediada no Brasil, a décima edição da FIFA Interactive World Cup também aconteceu no país. O dinamarquês August Rosenmeier foi o vencedor da edição e foi coroado pelo jogador de futebol Ronaldo Fenômeno.

Já em 2016 a competição ganhou uma característica especial: foi a primeira em que a FIWC pode ser jogada em diversas plataformas de jogo, unindo jogadores de Xbox One e PlayStation 4. O torneio recebeu cerca de 2,4 milhões de participantes que lutaram para estar entre os 32 melhores do mundo. Já na última edição, em 2017, a franquia atingiu outro marco ao emplacar a premiação de US$ 300 mil (cerca de R$ 1.1 milhão) para o FIFA Interactive World Cup.

Mohammad Al-Bacha foi o vencedor da edição de 2016 do evento — Foto: Divulgação/FIFA.com Mohammad Al-Bacha foi o vencedor da edição de 2016 do evento — Foto: Divulgação/FIFA.com

Mohammad Al-Bacha foi o vencedor da edição de 2016 do evento — Foto: Divulgação/FIFA.com

Surgimento da FIFA eWorld Cup

Após uma sequência de sucessos nos anos seguintes, a competição entra em um novo ciclo em 2018, passando a assumir o nome de FIFA eWorld Cup. Ainda sob o título de maior torneio de vídeo game do mundo, o torneio foi sediado em Londres e foi disputado tanto no Xbox quanto no PlayStation. O vencedor foi o árabe Mosaad Aldossary que levou o prêmio de US$ 20 mil (R$ 78 mil) para casa.

Outras competições ao redor do mundo

Em 2019, a franquia FIFA conta com uma série de campeonatos oficiais divididos em seleções regionais e campeonatos menores que a FIFA eWorld Cup. Entre eles, além das qualificatórias, estão o FIFA eNations Cup, a FIFA eClub World Cup e a PlayStation Continental Cup. Há também campeonatos diversos que englobam a modalidade, como o Go4Fifa, organizado pela ESL, o Ultimate Team Championship Series e o The Intercontinentals 2016. Apesar disso, eles não se comparam ao pioneirismo e ao tamanho da FIFA Interactive World Cup, que ajudou a abrir portas para a popularização dos jogos de futebol nos esportes eletrônicos.

Quer comprar o Fifa 19 com o melhor preço da Internet? Veja no Compare TechTudo!

FIFA 19: conheça cinco destaques do game da EA

FIFA 19: conheça cinco destaques do game da EA

MAIS DO TechTudo