Modem

Por Isabela Cabral, para o TechTudo


A LiFiMax é uma lâmpada Li-Fi que transmite Internet por meio da luz. Com alcance de 28 m² e conexão com velocidade de 100 Mbps para até 16 pessoas, o produto foi apresentado pela empresa francesa Oledcomm, na CES 2019, feira de eletrônicos em Las Vegas. O modelo deve ser instalado no teto, como uma lâmpada comum, enquanto os usuários precisam de um receptor especial para acessar a rede. De acordo com a fabricante, esse é o transmissor Li-Fi mais poderoso do mundo.

A tecnologia Li-Fi (ou Light Fidelity) é uma alternativa às conexões sem fio tradicionais. Criado por pesquisadores na França há quase 15 anos, o método consiste em transportar informações digitais por meio de luz infravermelha ou ultravioleta. Seus defensores afirmam que ela é mais segura que o Wi-Fi e o Bluetooth, tanto em termos de proteção dos dados quanto de poluição por ondas, porque a luz não atravessa paredes e outros obstáculos. Além disso, ela pode atingir velocidade até 100 vezes mais rápida do que o Wi-Fi.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

LiFiMax é uma lâmpada que conecta usuários à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm LiFiMax é uma lâmpada que conecta usuários à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm

LiFiMax é uma lâmpada que conecta usuários à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm

Ambientes como hospitais e indústrias, que precisam minimizar as interferências, por exemplo, poderiam ser beneficiados com a lâmpada, assim como companhias que desejam garantir mais privacidade em algumas salas. No entanto, muitos consumidores podem se incomodar com a cobertura restrita da tecnologia.

Segundo a fabricante, o equipamento é o transmissor Li-Fi mais poderoso do mundo. Fruto de mais de uma década de pesquisas, ele sucede o MyLiFi, espécie de luminária de mesa que se conecta à internet a 23 Mbps, lançada ano passado. O LiFiMax tem 2,5 cm de espessura e 10,2 cm de diâmetro. A lâmpada é conectada a um plug ethernet e transmite os sinais de luz, que são captados e convertidos em dados por um pequeno receptor conectado via USB ao computador.

LiFiMax precisa de aparelho receptor para conectar dispositivos à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm LiFiMax precisa de aparelho receptor para conectar dispositivos à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm

LiFiMax precisa de aparelho receptor para conectar dispositivos à internet — Foto: Divulgação/Oledcomm

A LiFiMax já está em pré-venda, com entregas previstas para setembro. O transmissor mais um aparelho receptor saem por US$ 900, cerca de R$ 3,4 mil, em conversão direta, sem impostos. Por conta do alcance limitado e o preço salgado, especialmente se comparado aos roteadores Wi-Fi, a adesão popular à tecnologia Li-Fi pode demorar.

Carro voador é destaque na CES 2019

Carro voador é destaque na CES 2019

Mais do TechTudo