Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O Galaxy J7 Prime é um dos celulares mais buscados pelos brasileiros em 2018. Lançado em 2016, o smartphone da Samsung chama a atenção pelo preço abaixo de R$ 1.000 – a depender da oferta do dia – e pela ficha técnica intermediaria. Entre as especificações do telefone estão o processador octa-core e a tela com resolução Full HD, com promessa de bom desempenho e imagens bem definidas. O aparelho não segue algumas tendências mais atuais, como as bordas finas no entorno do display e a carteira virtual Samsung Pay. Nas linhas a seguir, saiba pontos positivos e negativos do Galaxy J7 Prime.

Galaxy J7 Prime: celular da Samsung tem preço abaixo de R$ 1.000 — Foto: Ana Marques/TechTudo Galaxy J7 Prime: celular da Samsung tem preço abaixo de R$ 1.000 — Foto: Ana Marques/TechTudo

Galaxy J7 Prime: celular da Samsung tem preço abaixo de R$ 1.000 — Foto: Ana Marques/TechTudo

PONTOS POSITIVOS

1. Tela Full HD

O Galaxy J7 Prime tem tela de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels). Isto significa que o celular promete painel de alta definição e tende a superar smartphones como o Moto G6 Play, que tem display HD+ e está na mesma faixa de preço.

Galaxy J7 Prime tem tela Full HD — Foto: Aline Batista/TechTudo Galaxy J7 Prime tem tela Full HD — Foto: Aline Batista/TechTudo

Galaxy J7 Prime tem tela Full HD — Foto: Aline Batista/TechTudo

2. Processador octa-core

O Galaxy J7 Prime também conta com ficha técnica intermediária, que deve ser suficiente para rodar os principais apps do dia a dia, como WhatsApp, Facebook, entre outros.

O processador octa-core de velocidade de 1,6 GHz funciona em conjunto com memória RAM de 3 GB. Além disso, o smartphone conta com armazenamento de 32 GB e suporte a cartão de memória microSD, ideal para quem precisa guardar muitas fotos e vídeos, entre outros arquivos.

Galaxy J7 Prime: ficha técnica intermediário promete bom desempenho no dia a dia — Foto: Aline Batista/TechTudo Galaxy J7 Prime: ficha técnica intermediário promete bom desempenho no dia a dia — Foto: Aline Batista/TechTudo

Galaxy J7 Prime: ficha técnica intermediário promete bom desempenho no dia a dia — Foto: Aline Batista/TechTudo

3. Android personalizado pela Samsung

O celular traz o Android customizado pela Samsung, o que possibilita algumas funcionalidades extras. Assim, o Galaxy J7 Prime oferece recursos como a Pasta Segura, Modo Infantil, entre outros recursos exclusivos.

O J7 Prime recebeu atualização para Android 8 (Oreo).

Galaxy J7 Prime tem visual parecido com Galaxy S7 — Foto: Ana Marques/TechTudo Galaxy J7 Prime tem visual parecido com Galaxy S7 — Foto: Ana Marques/TechTudo

Galaxy J7 Prime tem visual parecido com Galaxy S7 — Foto: Ana Marques/TechTudo

PONTOS NEGATIVOS

1. Design

O Galaxy J7 Prime é um celular lançado em 2016, e, por isso, é bastante parecido com o Galaxy S7. Isso significa que o smartphone tem botões físicos na parte frontal e uma tela rodeada por bordas mais pronunciadas, além de um display que segue o formato 16:9. Estes detalhes deixam o equipamento com visual datado.

Galaxy J7 Prime possui painel LCD — Foto: Ana Marques/TechTudo Galaxy J7 Prime possui painel LCD — Foto: Ana Marques/TechTudo

Galaxy J7 Prime possui painel LCD — Foto: Ana Marques/TechTudo

2. Sem painel Super AMOLED

A tela do Galaxy J7 Prime, apesar da boa resolução, segue com o painel LCD. Diferentemente do painel Super AMOLED, presente na maioria dos lançamentos da Samsung, a tecnologia mostra cores mais realistas, porém, oferece índices de contraste e saturação menor.

3. Sem Samsung Pay

O Samsung Pay é um serviço da Samsung que permite realizar pagamentos pelo celular, sem precisar do cartão de crédito físico. O celular, porém, não oferece este recurso, já que não conta com NFC, tecnologia necessária para esta função.

Relembre os celulares que marcaram 2018

Relembre os celulares que marcaram 2018

MAIS DO TechTudo