Por Bruna Telles, para o Techtudo


O Valve Anti-Cheat (VAC) baniu mais de 500 mil contas da Steam em dezembro de 2018. De acordo com o site Steam Database, este é o maior número de banimentos por mês desde 2001. O VAC é o sistema oficial da Valve que detecta o uso de hacks, cheats e outras ações proibidas pela desenvolvedora em mais de 100 jogos, como Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), DotA 2 e Call of Duty: Black Ops 3.

Recorde de bans aconteceu no mês em que CS:GO ficou gratuito — Foto: Reprodução/Murilo Molina Recorde de bans aconteceu no mês em que CS:GO ficou gratuito — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Recorde de bans aconteceu no mês em que CS:GO ficou gratuito — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Existem dois tipos de bans na Steam. O banimento de jogo inclui bans de diversas origens, como através de denúncias da comunidade, por exemplo. Em dezembro, a Steam Database registrou 824,097 mil bans de jogo, cujo tempo de afastamento do usuário é determinado pela desenvolvedora.

Já o ban VAC é um sistema automatizado da desenvolvedora que monitora as ações dos usuários. A ferramenta observa desde a interação do jogador com os outros players até possíveis trapaças, para controlar os comportamentos tóxicos da rede e evitar o uso de cheats. Em dezembro de 2018, foram registrados exatos 599,840 mil bans VAC.

Número de ban VAC bate recorde histórico em dezembro de 2018 — Foto: Reprodução/Steam Database Número de ban VAC bate recorde histórico em dezembro de 2018 — Foto: Reprodução/Steam Database

Número de ban VAC bate recorde histórico em dezembro de 2018 — Foto: Reprodução/Steam Database

O site não identifica os jogos que estavam vinculados às contas banidas. No entanto, o número recorde aconteceu justamente em dezembro de 2018, mês em que o CS:GO recebeu uma grande atualização e passou a ser gratuito. Na época do update, o assunto gerou controvérsia na comunidade, que alegou que a gratuidade do título poderia atrair mais cheaters.

CS:GO - Gameplay de Danger Zone, novo modo Battle Royale

CS:GO - Gameplay de Danger Zone, novo modo Battle Royale

Mais do TechTudo