Navegadores

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Opera é uma das principais alternativas aos mais famosos Chrome e Firefox no Windows e macOS. O navegador foi apresentado em 1995 na terceira edição da WWW Conference, conferência do World Wide Web Consortium que apresenta as novidades mais recentes dos padrões de Internet. Desde então, ficou famoso pela velocidade e recursos exclusivos.

O navegador fica bem atrás de concorrentes da Mozilla, Google e Microsoft em termos de popularidade, tanto que nem chega a aparecer nos gráficos do Statcounter, onde o Chrome reina com 72% de preferência. No entanto, o Opera conta com funções extras e desempenho que podem encorajar o usuário a experimentar novos ares para navegar na web. Confira três pontos fortes e fracos do software e saiba se vale a pena trocar de navegador.

Veja pontos positivos e ngativos de usar o Opera no dia a dia — Foto: Divulgação/Opera Veja pontos positivos e ngativos de usar o Opera no dia a dia — Foto: Divulgação/Opera

Veja pontos positivos e ngativos de usar o Opera no dia a dia — Foto: Divulgação/Opera

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

PONTOS POSITIVOS

1. Desempenho

A boa performance ainda é um dos principais para usar o Opera no lugar do Firefox ou Chrome. Apesar de o navegador não ser exatamente mais rápido que os rivais, seu consumo de memória tende a ser menor ao navegar nos mesmos sites e carregar o mesmo número de páginas que o software do Google, por exemplo. Por conta dessa característica, o Opera é o mais indicado para computadores com 4 GB de RAM.

Opera tende a consumir menos memória RAM do que o Google Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves Opera tende a consumir menos memória RAM do que o Google Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Opera tende a consumir menos memória RAM do que o Google Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves

2. Bloqueador de anúncios e VPN integrados

O Opera conta com um bloqueador de anúncios que impede o carregamento de banners e a abertura de pop-ups em qualquer site. Ao contrário da solução para Chrome, o recurso é proativo e age sobre qualquer tipo de propaganda, sendo intrusiva ou não. A função é útil porque deixa a interface mais limpa e, ao mesmo tempo, dispensa a instalação de plugins de terceiros que podem consumir mais memória do computador.

Além disso, o navegador tem função nativa de VPN, que permite se conectar com mais privacidade de forma gratuita. Com um clique, o usuário pode ativar o tunelamento da conexão no modo automático, ou pode escolher de onde deseja simular a conexão: da Europa, das Américas ou da Ásia. Não há limite de transferência de dados com a VPN ativada.

Opera tem VPN grátis ilimitada para usar — Foto: Reprodução/Paulo Alves Opera tem VPN grátis ilimitada para usar — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Opera tem VPN grátis ilimitada para usar — Foto: Reprodução/Paulo Alves

3. Extensões

Como o Opera é construído com o código do Chromium, o navegador é compatível com as extensões do Google Chrome. Basta instalar um plugin para liberar downloads via Chrome Web Store, sem precisar recorrer a lojas alternativas. Há também extensões oficiais para Opera, que podem ser baixadas da loja de addons do navegador, como Lastpass, Evernote, Mailtrack e Pushbullet.

Opera é compatível com extensões do Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves Opera é compatível com extensões do Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Opera é compatível com extensões do Chrome — Foto: Reprodução/Paulo Alves

PONTOS NEGATIVOS

1. Erros de compatibilidade

Desde o Opera 15, o navegador conta com o motor Blink do Chromium para carregar páginas, mas, mesmo assim, ainda pode haver problemas de compatibilidade. Ao usar o Opera no lugar do Chrome ou do Firefox, pode-se ver alguns bugs na web, desde elementos que aparecem onde não deveriam estar até falhas de funcionamento de sites. Se você usa alguma plataforma web no trabalho que não é desenvolvida com o Opera em mente, o navegador não será o ideal para usar no dia a dia.

Opera pode apresentar bugs em alguns sites — Foto: Reprodução/Paulo Alves Opera pode apresentar bugs em alguns sites — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Opera pode apresentar bugs em alguns sites — Foto: Reprodução/Paulo Alves

2. Falhas de sincronização

O recurso de sincronização do Opera permite usar o navegador em vários dispositivos para ter o histórico, os favoritos e outras informações disponíveis em qualquer aparelho. No entanto, a função nem sempre funciona como deveria, podendo falhar de vez em quando. É comum, por exemplo, receber notificações avisando que a sincronização encontrou um erro e deixou de funcionar, obrigando o usuário a forçar uma atualização ou fazer um novo login. Quando isso ocorre, sites que você abre no PC não ficam disponíveis na hora no app para celular, por exemplo.

Vez ou outra o Opera pode apresentar problemas na sincronização — Foto: Reprodução/Paulo Alves Vez ou outra o Opera pode apresentar problemas na sincronização — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Vez ou outra o Opera pode apresentar problemas na sincronização — Foto: Reprodução/Paulo Alves

3. Sem suporte a vários usuários

O Opera não é o navegador ideal para usar em um computador compartilhado com frequência, a menos que cada pessoa tenha um usuário diferente no sistema operacional. Ao contrário do Chrome, não é possível fazer login em várias contas e transitar entre elas dependendo da necessidade. Por conta disso, também não há uma conta de convidado para usar caso seja necessário emprestar o computador por um curto período para alguém. Nessas situações, o usuário acaba sendo obrigado a fazer logoff e apagar seus dados ou abrir outro navegador para manter o sigilo dos seus dados.

Opera permite conectar apenas um usuário por vez — Foto: Reprodução/Paulo Alves Opera permite conectar apenas um usuário por vez — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Opera permite conectar apenas um usuário por vez — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Qual é o melhor navegador atualmente? Veja no Fórum do TechTudo.

Como atualizar o Google Chrome no celular

Como atualizar o Google Chrome no celular

Mais do TechTudo