Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Apple TV 4K é a versão mais sofisticada do famoso media center da Apple, capaz de reproduzir conteúdo em resolução Ultra HD (4K). O aparelho teve lançamento no Brasil em outubro de 2017 pelo preço de R$ 1.299 é uma alternativa para quem quer aproveitar streaming em altíssima definição com uma TV compatível.

O dispositivo roda o tvOS, uma versão do iOS feita para telas grandes e que é compatível com vários apps e jogos da App Store. No entanto, o preço pode ser um impeditivo: é o mesmo desde que chegou ao país há mais de um ano. Veja as principais vantagens e desvantagens do set-top box da maçã e descubra se vale a pena comprar.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Conheça pontos positivos e negativos da Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Conheça pontos positivos e negativos da Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Conheça pontos positivos e negativos da Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Ficha técnica Apple TV 4K

  • Capacidade: 32 ou 64 GB
  • Processador: Chip A10X Fusion com arquitetura de 64 bits
  • Portas e interfaces: HDMI 2.0, Wi-Fi 802.11ac com MIMO; duas frequências simultâneas (2,4 GHz e 5 GHz), Gigabit Ethernet, Bluetooth 5.0, Receptor de infravermelho e Fonte de alimentação integrada
  • Dimensões: 25 x 98 x 98 mm
  • Peso: 425 g
  • Preço: a partir de R$ 1.299 na loja oficial da Apple

PONTOS POSITIVOS

1. Qualidade de imagem

Imagens em alta definição não deverão ser problema para compradores da Apple TV 4K. Além de exibir vídeos em resolução (3840 x 2160 pixels), o aparelho é compatível com a tecnologia HDR, responsável por enriquecer as cores da cena e tirar melhor proveito do contraste. No geral, filmes e séries com HDR e a riqueza detalhes do 4K tendem a ficar mais agradáveis aos olhos. O dispositivo também oferece suporte ao áudio imersivo Dolby Atmos.

Vale lembrar que é preciso de três elementos para aproveitar todo o potencial da imagem 4K HDR: além da Apple TV 4K, o usuário necessita de uma TV compatível com a tecnologia e de um serviço que ofereça o conteúdo.

Apple TV 4K exibe imagens de alta resolução com HDR — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Apple TV 4K exibe imagens de alta resolução com HDR — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Apple TV 4K exibe imagens de alta resolução com HDR — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

2. Desempenho

Com o chip A10X Fusion, a Apple TV 4K tende a se sair bem em qualquer tarefa. O processador é o mesmo que apareceu no iPad Pro e é mais do que o necessário para entregar uma boa experiência, considerando que o aparelho tem menos exigência de multitarefas. Com o poder de processamento que lhe resta, ainda é possível rodar jogos como SongPop Party, Rayman Adventures e Dungeon Hunter 5 facilmente.

3. Aplicativos e conteúdo

Usuários da Apple TV 4K têm acesso a uma biblioteca farta de aplicativos e games na App Store. Embora não haja a mesma variedade do iPhone, a plataforma da Apple para TV está bem à frente de sistemas rivais como o Android TV. Além disso, usuários podem acessar multimídia do iTunes e de plataformas parcerias, como Netflix, HBO Go, Amazon Prime Video e Globoplay, todas com vídeos em 4K.

Apple TV 4K tem oferta variada de apps, jogos e conteúdo — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Apple TV 4K tem oferta variada de apps, jogos e conteúdo — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Apple TV 4K tem oferta variada de apps, jogos e conteúdo — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

PONTOS NEGATIVOS

1. Incompatibilidades

A Apple TV 4K tem ao menos dois problemas de compatibilidade que podem ser negativos para o usuário. O primeiro deles é a falta de suporte ao codec de vídeo do YouTube, que impede a reprodução de conteúdo em 4K na plataforma do Google.

Outro ponto fraco é a restrição para aproveitar imagens em HDR: entre as grandes fabricantes de televisores, apenas Sony e LG são compatíveis com o padrão Dolby Vision do dispositivo. TVs da Samsung, por exemplo, usam o HDR10 e, por isso, não podem exibir imagens em HDR que são transmitidas de uma Apple TV.

2. Sistema fechado

Assim como o iPhone e o iPad, a Apple TV não permite transferir vídeos da sua biblioteca pessoal para assistir. Por isso, o armazenamento de 32 GB ou 64 GB do aparelhos serve apenas para uso por parte dos apps instalados. Não é possível, por exemplo, transferir um vídeo que você já tem no computador via nuvem ou por meio de cabo USB – o media center nem possui essa entrada.

Não é possível reproduzir vídeos pessoais na Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Não é possível reproduzir vídeos pessoais na Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Não é possível reproduzir vídeos pessoais na Apple TV 4K — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

3. Preço

A Apple TV 4K chegou ao Brasil em 2017 por R$ 1.299 na versão com 32 GB e R$ 1.399 com 64 GB. O preço segue o mesmo e não deve baixar até que um modelo mais recente seja lançado. O valor é salgado em comparação a dispositivos rivais com funcionalidade 4K, como o Chromecast Ultra, que, embora não sej vendido oficialmente no país, pode ser encontrado por R$ 360. O mesmo vale para produtos que dependem de importação, como o Xiaomi Mi Box, que custa US$ 69 (cerca de R$ 257, em conversão direta, sem impostos), e do Amazon Fire TV Cube, comercializado nos EUA por US$ 119 (aproximadamente R$ 443).

Quais as melhores marcas de TV atualmente? Opine no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo