Por Bruna Telles, para o Techtudo


O jogador Félix "xQc" Lengyel está de volta ao competitivo de Overwatch. Após quase oito meses sem jogar profissionalmente, o player assinou com a Gladiators Legion, time secundário da Los Angeles Gladiators, que está na Overwatch League Season 2. A contratação, no entanto, causou polêmica na comunidade: xQc é famoso por seu comportamento tóxico e já recebeu diversas punições e banimentos. Entenda, a seguir, as regras sobre toxicidade no jogo da Blizzard e relembre alguns casos polêmicos envolvendo o pro player.

xQc na Gladiators Legion — Foto: Divulgação/Gladiators Legion xQc na Gladiators Legion — Foto: Divulgação/Gladiators Legion

xQc na Gladiators Legion — Foto: Divulgação/Gladiators Legion

Comportamento tóxico em Overwatch e na sua liga

A Blizzard define comportamento tóxico como qualquer conduta cujo objetivo seja prejudicar a experiência de jogo dos demais usuários. Isso inclui casos de assédio, perturbação, comportamento abusivo ou "trollagens" para atrapalhar o gameplay dos outros jogadores, como gerar inatividade e desconexão. Casos um player cometa alguma dessas ações, pode sofrer um banimento temporário ou permanente.

Com código de conduta a Overwatch League busca manter as "brigas" apenas nas boas jogadas de cada partida — Foto: Divulgação/Overwatch League Com código de conduta a Overwatch League busca manter as "brigas" apenas nas boas jogadas de cada partida — Foto: Divulgação/Overwatch League

Com código de conduta a Overwatch League busca manter as "brigas" apenas nas boas jogadas de cada partida — Foto: Divulgação/Overwatch League

Em seu código de conduta, a Overwatch League pede que todos os jogadores prezem por um comportamento íntegro e pelo espírito esportivo. Isso inclui evitar situações de escândalo e ofensivas, e ações que, de forma geral, possam gerar publicidade ruim para o jogador, para o time, para a OWL e para a Blizzard Group. A postura deve valer não só entre eles, mas no trato com os fãs, imprensa, oficiais e responsáveis da OWL. Um pro player tóxico pode sofrer suspensão de jogos, multa em dinheiro e até mesmo a demissão do time.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Félix "xQc" Lengyel e sua postura tóxica

Apesar das regras da Blizzard e da OWL, xQc foi admitido no time da Gladiators Legion para jogar durante a Season 2 do torneio. O pro player já se envolveu em diversos escândalos de toxicidade em que ele foi o protagonista.

Um dos casos aconteceu na própria OWL, na Season 1, quando xQc jogava pela Dallas Fuel. Após seu time perder para Houston Outlaws por 4-0, o pro player disparou comentários homofóbicos para Austin "Muma" Wilmot, jogador do time adversário. Na época, xQc recebeu uma série de punições da Dallas Fuel: primeiro, foi suspenso do jogo da semana. Em seguida, foi suspenso por mais quatro partidas e multado em US$ 2 mil (R$ 7,4 mil). Alguns dias depois, o time decidiu colocar o jogador no banco até o fim da Fase 1 do torneio. Por fim, xQc foi demitido.

xQc também fez comentários ofensivos ao time de transmissão da Overwatch League. Durante a Fase 2 da competição, em suas redes sociais e stream o jogador disse que os comentários dos casters "fizeram ele ter câncer". Em outro caso, xQc utilizou o emote "Trihard" de forma racista no chat de um dos jogos da OWL quando o host Malik Forté estava na transmissão. O emote é inspirado no streamer Mychal “Trihex” Jefferson, que é negro, assim como Forté. Como resultado, o jogador foi novamente suspenso por quatro jogos e multado em US$ 4 mil (R$ 14,8 mil).

O comportamento tóxico em partidas de Overwatch

Em agosto do ano passado xQc novamente voltou a protagonizar uma polêmica. Durante transmissão na Twitch, o jogador soube que sua conta foi suspensa após ser denunciada por vários jogadores, pois xQc teria usado de linguagem abusiva dentro do jogo. Como resultado, o player recebeu um banimento de 15 dias, e passou muito perto de ficar de fora da Copa do Mundo 2018 de Overwatch, onde a seleção canadense terminou em terceiro lugar. Anteriormente, xQc havia recebido um ban de 72 horas por abusar do sistema de denúncias de Overwatch.

MAIS DO TechTudo