Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Point Blank é um jogo de tiro em primeira pessoa gratuito que foi lançado no Brasil em 2010. Na época, o game para PC e encontrou espaço no gênero dominado por Counter-Strike e fez sucesso nas lan houses. O game ficou famoso no Brasil por ser acessível a jogadores mais casuais, mas sem deixar o lado competitivo de lado. O game segue vivo até os dias de hoje e tem um cenário competitivo relevante, com prêmios que chegam até US$ 100 mil (cerca de R$ 370 mil). Relembre a história e sucesso de Point Blank e veja sua relevância nos esports.

Point Blank conta com jogabilidade parecia com Counter-Strike — Foto: Divulgação/Zepetto Point Blank conta com jogabilidade parecia com Counter-Strike — Foto: Divulgação/Zepetto

Point Blank conta com jogabilidade parecia com Counter-Strike — Foto: Divulgação/Zepetto

Point Blank e seu histórico

O gênero de jogos de tiro é um dos mais famosos entre os fãs de competições em videogames, principalmente quando eles possuem acesso facilitado e gratuito. Point Blank usa transações opcionais com dinheiro real em sua loja, uma característica que evita a apreensão de comprar o jogo e se arrepender logo depois. Além disso, mesmo com tantos concorrentes, sua fórmula funcionou e conseguiu manter uma comunidade fiel ao game desde então.

Point Blank está no competitivo desde 2011 — Foto: Divulgação/Ongame Point Blank está no competitivo desde 2011 — Foto: Divulgação/Ongame

Point Blank está no competitivo desde 2011 — Foto: Divulgação/Ongame

Apesar da fama, seu cenário competitivo se iniciou apenas em 2011 com o Point Blank International Championship (PBIC), mundial que ocorreu na Coreia do Sul. Assim, vendo o sucesso do game em países como Tailândia, Rússia e o próprio Brasil, a desenvolvedora Zepetto manteve o cenário ativo e ainda lançou, em 2016, mais uma opção de competição a nível internacional, o Point Blank World Challenge (PBWC).

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Counter-Strike x Point Blank

Atualmente Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) é maior que Point Blank tanto na quantidade de jogadores quanto nas premiações de campeonatos. Até alguns meses atrás, a principal diferença entre eles era o fato de um ser pago e o outro ser gratuito. Porém, a Valve liberou o CS:GO gratuitamente para os jogadores na Steam, sendo essa nova característica um ponto positivo para ele. CS:GO também é superior nos gráficos, principalmente por ter sido lançado em 2012, enquanto PB é de 2008 (lançamento mundial).

Apesar dos diversos concorrentes, CS:GO se mantem inabalável no topo dos FPSs — Foto: Divulgação/Valve Apesar dos diversos concorrentes, CS:GO se mantem inabalável no topo dos FPSs — Foto: Divulgação/Valve

Apesar dos diversos concorrentes, CS:GO se mantem inabalável no topo dos FPSs — Foto: Divulgação/Valve

Em questão de modos de jogo as semelhanças estão podem ser vistas no clássico plantar ou desarmar bombas, até o famoso deathmatch. Ambos também apresentam um sistema ranqueado representado por patentes. Point Blank classifica de Recruta até Herói de Guerra e CS:GO ranqueira do Prata I até o Global Elite. Mesmo assim, CS:GO permanece como a maior força do FPS nos esportes eletrônicos, enquanto Point Blank ainda se mantém firme e forte com um cenário menor, mas sempre fiel aos jogadores.

Brasil no topo do mundo

Não é por acaso que o Brasil é considerado uma potência nos FPSs. Se no Counter-Strike os jogadores brasileiros já trouxeram muitas alegrias para o país, no Point Blank a história não é tão diferente. Em 2016, na primeira edição da Point Blank World Challenge, a brasileira 2Kill Gaming viajou até Seul, na Coreia do Sul, e conseguiu derrubar os favoritos russos e tailandeses para conquistar o mundial da categoria e levar a premiação de US$ 30 mil (cerca de R$ 110 mil).

A 2Kill honrou os brasileiros e conquistou o título do PBWC 2018  — Foto: Divulgação/Zepetto A 2Kill honrou os brasileiros e conquistou o título do PBWC 2018  — Foto: Divulgação/Zepetto

A 2Kill honrou os brasileiros e conquistou o título do PBWC 2018 — Foto: Divulgação/Zepetto

E as conquistas não pararam por aí. A mesma 2Kill Gaming voltou a representar o Brasil em 2018 no mesmo Point Blank World Challenge. Com o famoso jogador Caio “400kg” Lazzaro na line up, a 2Kill venceu mais uma equipe tailandesa na grande final para conquistar o bicampeonato e a mesma premiação de cerca de R$ 110 mil. Esta edição do PBWC ocorreu no Brasil, e a comemoração aconteceu na frente da torcida verde e amarela na MAX Arena, em São Paulo.

MAIS DO TechTudo