Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O Brasil é o segundo colocado no mundo no número de ataques do tipo ransomware, vírus que sequestra dados do celular ou PC e exige resgate em dinheiro. É o que aponta o relatório Smart Protection Network, da Trend Micro, revelado nesta quarta-feira (13). No país acontecem 10,75% das ameaças, atrás apenas dos Estados Unidos, que representam 11,05%.

O levantamento considera todos os tipos de ataques ransomwares detectados pelas ferramentas de segurança da desenvolvedora. Ainda de acordo com a Trend Micro, entre 2016 e 2018, o total de ataques ransomware identificados no mundo foi de 1,8 bilhão.

Ransomwares é um tipo de golpe em que o PC é sequestrado e os hackers exigem resgate em dinheiro — Foto: João Balbi / TechTudo Ransomwares é um tipo de golpe em que o PC é sequestrado e os hackers exigem resgate em dinheiro — Foto: João Balbi / TechTudo

Ransomwares é um tipo de golpe em que o PC é sequestrado e os hackers exigem resgate em dinheiro — Foto: João Balbi / TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O ranking que coloca o Brasil na segunda posição como alvo desse tipo de ataque mostra que, além de EUA e Brasil, Índia, com 10,32%; Vietnã, com 8,21% e México, com3,79%, são alvos preferidos dos criminosos por trás desse tipo de ação.

Brasil é o segundo país com maior número de ameaças do tipo ransomwares, segundo Trend Micro — Foto: Divulgação/Trend Micro Brasil é o segundo país com maior número de ameaças do tipo ransomwares, segundo Trend Micro — Foto: Divulgação/Trend Micro

Brasil é o segundo país com maior número de ameaças do tipo ransomwares, segundo Trend Micro — Foto: Divulgação/Trend Micro

O relatório da Trend Micro pode indicar a volta do Brasil como um dos países mais atacados pelos malwares de sequestro de dados. Em 2017, no auge da crise do WannaCry, o país acabou fora do ranking dos 10 países mais afetados por ransomware. Entretanto, no contexto da América Latina, o Brasil liderava com mais da metade das detecções de ataques ransomware no período.

Em 2018, o Cry Brazil, um ransomware brasileiro que se espalhava por meio de ataques tipo phishing, acabou ganhando destaque. Desenvolvido para afetar particularmente usuários brasileiros, a praga criptografava o disco rígido e exigia resgate em moedas digitais para devolver acesso aos dados.

Além do ransomware

O levantamento da Trend Micro também coloca o Brasil em evidência entre os cinco mais afetados por ataques via e-mail. Com mais de 2 bilhões de casos detectados, o país fica na terceira posição do ranking, atrás apenas de Estados Unidos e China, ambos na faixa dos 3 bilhões de episódios.

O Brasil também está entre os 10 países com mais malwares detectados. Segundo o levantamento, são mais 40 milhões de pragas virtuais em ação— em dispositivos com acesso a alguma ferramenta de segurança da Trend Micro instalada.

A desenvolvedora ressalta ainda que o país também figura entre os mercados com maior volume de apps ilegítimos, desenvolvidos para roubar dados. Presente no top 15, o Brasil apresenta mais de 55 mil aplicativos maliciosos dentro de uma amostra de mais de 6 milhões de títulos.

Como remover vírus em um celular Android

Como remover vírus em um celular Android

Mais do TechTudo