Produtividade

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


A Apple anunciou o lançamento do Apple Card, o cartão de crédito da companhia nesta segunda-feira (25). Disponível para iPhone (iOS), o serviço funciona dentro do app Wallet e utiliza o Apple Pay para realizar pagamentos em estabelecimentos virtuais e físicos. A fabricante também disponibilizará uma versão física do produto, com bandeira Mastercard. O Apple Card começará a funcionar no verão dos Estados Unidos, em junho, e não há previsão de chegada ao Brasil.

Os interessados no Apple Card deverão fazer uma solicitação pelo app Wallet. Segundo a Apple, após alguns minutos já será possível fazer compras em lojas, aplicativos ou sites de todo o mundo. Pelo aplicativo também será possível acessar informações como saldo e todos os registros de transações, além de relatórios com os hábitos de consumo – ferramenta que promete auxiliar no gerenciamento dos gastos. O serviço terá suporte 24 horas por dia, todos os dias da semana, por meio do app Mensagens, nativo do sistema operacional.

Apple Card terá relatórios para gerenciamento de gastos — Foto: Divulgação/Apple

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Além da versão digital, os usuários poderão solicitar um Apple Card físico, feito de titânio, emitido pelo banco Goldman Sachs, sob a bandeira Mastercard. Em uma estratégia de segurança, o cartão não apresentará numeração, código de segurança, data de validade ou assinatura. Essas informações deverão ser acessadas no Wallet no momento da compra. A empresa vai fornecer um código de identificação a cada transação realizada pelo sistema – o intuito é aumentar a proteção do usuário e evitar que informações pessoais sejam vazadas.

Apple Card também terá versão física, sob bandeira Mastercard — Foto: Divulgação/Apple

Sem cobrança de juros

De acordo com a Apple, o Apple Card não terá taxas de anuidade, de atraso de pagamento ou "estouro" de limite. Os únicos juros cobrados serão adicionados se o usuário pagar um valor menor que o total da fatura. Para facilitar o cálculo, o Wallet mostrará uma estimativa dos encargos proporcionais que serão pagos, de acordo com o valor do pagamento.

O Apple Card também exibirá sugestões de pagamentos "inteligentes", que ajudarão a quitar a dívida mais rapidamente, pagando menos juros. O cartão terá uma única data de vencimento universal, o último dia do mês, mas será possível agendar pagamentos semanais e ativar lembretes.

Gerenciando os gastos

A partir do Aprendizado de Máquina (Machine Learning, em inglês), o sistema vai organizar relatórios de compras e identificá-los como "Alimentos e Bebidas", "Compras" e "Entretenimento". Cada área será diferenciada por uma cor a fim de facilitar a leitura do gráfico sobre os maiores gastos realizados. Os relatórios apresentarão resumos dos pagamentos semanais e mensais, e – segundo a Apple – têm o objetivo de estimular uma vida financeira mais saudável para os usuários.

Apple Card mostrará quanto o usuário deverá pagar para ter juros menores — Foto: Divulgação/Apple

Segurança

Uma numeração exclusiva será criada no iPhone no momento da criação do Apple Card, e todas as compras solicitarão esta numeração, além de um código de segurança dinâmico, gerado no smartphone quando o usuário autorizar a compra. Assim como em outras transações feitas no Apple Pay, é preciso usar o Face ID ou o Touch ID para efetuar o pagamento.

O aparelho exibirá uma notificação para todas as compras efetuadas com o cartão digital. O Apple Maps também poderá ser utilizado para identificar compras incomuns ou lembrar o usuário onde a compra foi feita, ao informar o nome do estabelecimento e a localização. Em casos de transações suspeitas, será possível entrar em contato com a Apple com um único toque.

Apple Card é cartão digital sem taxas da Apple — Foto: Divulgação/Apple

Diary Cash

O cartão da Apple Card recompensará os usuários em dinheiro a cada transação. Isso significa que toda compra feita com o Apple Card devolverá em até 3% do valor pago em um saldo na conta. O valor poderá ser usado em novas compras, transferido para amigos ou armazenado na conta.

Uma vantagem será dada para os clientes que adquirirem produtos e serviços da Apple, como App Store, iTunes e Apple.com, por exemplo. O valor da recompensa para eles aumenta e chega a 3% do valor das compras. Além disso, são 2% em lojas ou sites externos e 1% para pagamentos feitos com o cartão físico.

Via Apple (1, 2, 3 e 4)

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

Mais do TechTudo