Placas

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A GeForce GTX 1660 Ti é a nova placa de entrada da Nvidia. O modelo foi criado para atender gamers com orçamento mais apertado que buscam uma GPU que dê conta de jogos em resoluções mais baixas, como o Full HD. A novidade traz arquitetura Turing, presente nas novas RTX, mas não conta com a tecnologia de Ray Tracing. Apesar disso, o componente não é capaz de superar o desempenho da GTX 1080.

A placa da geração anterior da Nvidia tem especificações mais potentes e ainda é uma opção interessante de compra para quem deseja melhor performance de vídeo. Confira a seguir a ficha técnica dos dois modelos e saiba qual delas combina mais com seu tipo de uso.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

GTX 1660 Ti tem especificações inferiores — Foto: Divulgação/Nvidia

Especificações

Apesar de ser mais recente e oferecer arquitetura superior, a GTX 1660 Ti tem especificações inferiores em relação à GTX 1080. A contagem de núcleos CUDA, por exemplo, que são encarregados de processar os dados gráficos é de 1.536, contra 2.560 da GPU lançada em 2017. As velocidades de processamento também são diferentes: a nova placa da Nvidia tem clock base de 1.500 MHz, podendo acelerar a 1.770 MHz, enquanto a GTX 1080 trabalha entre 1.607 e 1.733 MHz.

A memória dedicada dos modelos também muda, com 8 GB em GDDR5X na GTX 1080 contra 6 GB em GDDR6, padrão mais recente, na GTX 1660 Ti. A velocidade da RAM também é maior no modelo premium da linha anterior da marca, com 10 Gb/s contra os 6 Gb/s do componente recém-lançado.

Outra vantagem da GTX 1080 é a interface de comunicação entre processador gráfico e memória, que tem 256 bits contra 192 bits da nova placa. Portanto, a troca de informação também é superior: são 320 GB/s, contra 288 GB/s da GTX 1660 Ti.

Desempenho

Comparações colocam a GTX 1080 em clara vantagem diante da 1660 Ti — Foto: Divulgação/Nvidia

Observando apenas as especificações, não é surpresa que reviews e benchmarks mostrem que a GTX 1080 é uma placa de vídeo com desempenho superior à GTX 1660 Ti. Enquanto a primeira roda jogos em 1440p, podendo chegar ao 4K com algumas concessões, a placa mais recente funciona bem para o Full HD – e, talvez, Quad HD (2560 x 1440p).

O UserBenchmark, uma plataforma que agrega comparações de desempenho de diferentes usuários, mostra que a GTX 1080 é, em média, 32% mais rápida. Mas comparações específicas podem definir um resultado mais preciso. O TechSpot realizou uma bateria de comparações com títulos recentes, como Assassin’s Creed Odyssey, que, rodando a 1440p, mostrou a GTX 1080 chegando a 60 fps, contra 54 fps da 1660 Ti. Em Star Wars Battlefront 2, também em 1440p, a diferença foi mais pronunciada, com a placa mais robusta chegando a 81 fps diante de 68 quadros por segundo da novata.

Recursos

GTX 1080 e 1660 Ti têm o mesmo suporte do Geforce Experience — Foto: Divulgação/Nvidia

Embora seja uma placa de vídeo mais recente e use arquitetura mais evoluída, a GTX 1660 Ti não é tão diferente da GTX 1080 em termos de recursos. Os modelos não contam com as tecnologias de processamento de Ray Tracing, tampouco com o hardware específico da Nvidia capaz de melhorar a qualidade gráfica de games a partir de inteligência artificial.

Por outro lado, em virtude de ambas serem placas da linha GTX, há suporte às funcionalidades extras dos drivers da marca, como Ansel e Nvidia Highlights, disponíveis para as duas placas.

Consumo e aquecimento

GTX 1660 Ti pode ser encontrada em versão mini — Foto: Divulgação/EVGA

Em geral, mais performance vem acompanhada de maior consumo e aquecimento. A GTX 1080 tem uma TDP definida pela Nvidia em 180 Watts, enquanto a 1660 Ti chega com 120 Watts. Em termos de placas de vídeo, é uma diferença significativa, que fica ainda mais evidente com a recomendação da Nvidia de utilizar a placa mais robusta em um PC com fonte de 500 Watts, diferente dos 450 Watts sugeridos para dar conta da GTX 1660 Ti.

A TDP, vale lembrar, é uma medida de desperdício e considera a quantidade de calor que a placa produz durante o uso. Um valor maior normalmente está associado a maior consumo, mas também a uma maior produção de calor. Se o modelo aquece mais, vai precisar de um sistema de refrigeração mais robusto, o que também significa um PC mais barulhento.

Preços e versões

A GTX 1660 Ti foi lançada recentemente, mas já está disponível para comprar no Brasil. O componente pode ser encontrado por preços a partir de R$ 1.565 pela versão da Gainward. Modelos de Galax e Gigabyte, por outro lado, ficam um pouco mais caras: R$ 1.660 e R$ 1.695, respectivamente.

A GTX 1080 é um pouco mais difícil de encontrar no Brasil, sendo mais comum ver placas como a GTX 1080 Ti e a RTX 2080. O modelo da GTX 1080 da EVGA é anunciada por R$ 3.555, preço bem salgado se comparado ao valor da placa na mão de importadores independentes: R$ 2.700 pela 1080 Windforce da Gigabyte e aproximadamente R$ 2.500 por opções de Zotac e Galax.

A melhor medida para comparar a relação de custo benefício entre as duas é o seu perfil de uso. Jogos em resoluções mais altas vão rodar melhor com a performance superior da GTX 1080, mas o preço mais em conta da GTX 1660 Ti pode ser mais atraente para usuários menos exigentes.

Nvidia Geforce GTX 1660 Ti vs. Nvidia Geforce GTX 1080

Especificações Geforce GTX 1660 Ti Geforce GTX 1080
Lançamento Fevereiro de 2019 Maio de 2016
Preço a partir de R4 1.565 a partir de R$ 2.500
Clock 1.500 a 1.770 MHz 1.607 a 1733 MHz
Núcleos CUDA 1.536 MHz 2.560 MHz
Memória RAM 6 GB 8 GB
Velocidade de memória 6 Gb/s 10 Gb/s
Largura de banda 192 bits 256 bits
Interface de memória 288 GB/s 320 GB/s
TDP 120 watts 180 watts

Qual placa de vídeo escolher? Saiba no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo