Por Bruna Telles, para o Techtudo


Mudanças nos servidor de testes de Overwatch indicam uma possível queda da composição GOATS no meta. Criada pelo time norte-americano GOATS, a formação utiliza três tanques e três suportes e se tornou popular nos torneios do FPS da Blizzard. Seus heróis principais são Reinhardt, D.Va e Zarya, com variações onde Wiston pode jogar no lugar do Reinhardt. Os suportes também podem variar, mas os mais usados são Zenyatta, Brigitte e Lúcio. Conheça, a seguir, a composição do Overwatch e entenda o que pode mudar no game com a chegada do novo personagem Baptiste e alguns nerfs.

A origem da composição

Brigitte é um dos heróis que originou a famosa composição GOATS de Overwatch — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

O time americano GOATS foi o primeiro a usar a configuração de três tanques e três suportes, que se baseia no trabalho de equipe, sobrevivência e no tempo exato de uso das supremas. A formação deu muito certo para o time, que teve dez vitórias sem derrotas e foi campeão do Beat Invitational.

Na GOATS, os tanques fazem a linha de frente com seus escudos e grande barra de saúde. Os suportes mantém os tanques vivos, enquanto ajudam a negar o uso de supremas dos adversários e minar a saúde deles. Apesar de dominar o meta desde 2018, a GOATS não é muito popular entre os fãs de Overwatch. O principal argumento é que a composição cria mirror matches, que são partidas entre personagens iguais, ou de mesma função, e tediosas de assistir ou jogar.

Como Baptiste pode mudar a GOATS

Baptiste: direto do Haiti, médico de combate é o novo herói de Overwatch — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

Atualmente, Overwatch passa por mudanças no servidor de testes. Uma delas é a adição do 30º herói, Baptiste. Médico de combate, Baptiste tem um kit de habilidades que se baseia em curar e amplificar a capacidade do time. Embora pareça ser um reforço para composição GOATS, Geoff Goodman, Chefe de Design de Overwatch, garantiu que não será o caso.

Em entrevista ao site Invenglobal, Goodman declarou que, após testes internos, Baptiste não se mostrou tão forte dentro da GOATS. Segundo ele, o herói servirá na verdade como um counter da composição GOATS, levando a sua potencial queda de uso.

Outras mudanças que podem influenciar a GOATS

Lúcio: herói brasileiro é peça chave na composição GOATS de Overwatch — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

Além de Baptiste ser uma potencial resposta ao GOATS, o servidor de teste está realizando outras mudanças em personagens da composição. O tiro alternativo do Canhão de Partículas da Zarya, conhecido como seu tiro secundário, teve o raio reduzido para dois metros, independente do nível de energia.

Lúcio teve o efeito da Barreira de Sol reduzido de 30% para 20%, e o efeito do Solta o Som reduzido de 70% para 50%. Sua corrida na parede (Wall Ride) dará mais movimento de velocidade, passando de 20% para 40%. Já Zenyatta teve o efeito do Orbe da Discórdia reduzido de 30% para 25%, enquanto o dano do Orbe da Destruição aumentou de 46 para 48.

De forma geral, as mudanças trazem alguns nerfs para Zarya, Lúcio e Zenyatta, que também recebeu um pequeno buff. As alterações vão mudar o funcionamento dos personagens, podendo levar os jogadores a não considerarem mais a GOATS como opção principal de composição.

Mais do TechTudo