Por Wallace Nascimento, para o TechTudo


O Moto G7 é um dos novos integrantes da atual família Moto G, da Motorola. Com ficha técnica intermediária, que inclui processador Snapdragon 632 e memória RAM de 4 GB, o celular chama a atenção pelo notch em forma de gota, que aloca a câmera de selfies. Um de seus concorrentes é o chinês Xiaomi Mi A2, com especificações parecidas e preço mais em conta no comércio exterior – cerca de 249 euros (R$ 1.076 sem impostos). No Brasil, o Moto G7 foi anunciado com preço sugerido de R$ 1.599. Confira, nas linhas a seguir, as principais diferenças e semelhanças entre os telefones.

Nova linha Moto G7 chega ao Brasil; veja preço e ficha técnica

Nova linha Moto G7 chega ao Brasil; veja preço e ficha técnica

Tela e design

Ambos apostam em um visual contemporâneo, com corpo mais alongado e tela com bordas reduzidas. O Moto G7, porém, adota o notch em forma de gota d'água, similar ao OnePlus 6T. A nova geração do celular da Motorola teve ganhos significativos no tamanho da tela, com 6,24 polegadas. O display é levemente maior que o do Xiaomi Mi A2, que tem 5,99 polegadas. Os dois aparelhos têm resolução Full HD+ e painéis mais estreitos.

Quanto à espessura, o Xiaomi Mi A2 é consideravelmente mais fino, com apenas 7,3 mm – contra 7,92 mm do celular da Motorola. Nas cores, o Moto G7 tem duas opções: ônix (preto) ou polar (branco). O smartphone da Xiaomi pode ser encontrado em dourado, azul e preto.

Moto G7 inaugura notch na linha de celulares intermediários da Motorola — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Moto G7 inaugura notch na linha de celulares intermediários da Motorola — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Moto G7 inaugura notch na linha de celulares intermediários da Motorola — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Desempenho e armazenamento

Tanto o Moto G7 quanto o Xiaomi Mi A2 devem entregar bom desempenho em tarefas do dia a dia, como acesso à redes sociais e apps de produtividade. No Moto G7, a ficha técnica é composta pelo processador Snapdragon 632 (8 núcleos + 1,8 GHz) e memória RAM de 4 GB. O armazenamento é de 64 GB.

O Xiaomi Mi A2 traz, entre as especificações, o Snapdragon 660 (8 núcleos + 2,2 GHz), que tende a render desempenho superior, se comparado com o celular da Motorola. O smartphone está disponível em diferentes versões de memória RAM e armazenamento: 4 GB + 32 GB, 4 GB + 64 ou 6 GB + 128 GB.

Xiaomi Mi A2: celular chinês conta com ficha técnica intermediária — Foto: Divulgação/Xiaomi Xiaomi Mi A2: celular chinês conta com ficha técnica intermediária — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi A2: celular chinês conta com ficha técnica intermediária — Foto: Divulgação/Xiaomi

Câmeras

O Moto G7 conta com sistema de câmera dupla de 12 megapixels e 5 megapixels (aberturas f/1.8 e f/2.2), com suporte ao popular Modo Retrato. Para selfies, são 8 megapixels (f/2,2). No modelo da Xiaomi, no entanto, as especificações chamam mais atenção. São dois sensores de 12 e 20 megapixels na traseira, ambos com abertura de f/1.75. Para selfies, são 20 megapixels (f/2.2).

Câmera dupla marca presença no Moto G7 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Câmera dupla marca presença no Moto G7 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Câmera dupla marca presença no Moto G7 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Versão do Android e recursos extras

O Xiaomi Mi A2 sai de fábrica com uma versão mais pura do Android. Isto porque o smartphone faz parte do programa Android One, que promete visual mais próximo do original e atualizações mais rápidas – o que já garantiu a chegada do Android 9 (Pie) ao telefone, por exemplo.

O Moto G7, por outro lado, já é comercializado com o Android 9 (Pie) instalado de fábrica. Mesmo sem fazer parte do programa do Google, o software também traz pouquíssimas modificações da Motorola.

Ambos contam com leitor de impressões digitais, Bluetooh (4.2 no Moto G7 e 5.0 no Xiaomi Mi A2), e contam com a possibilidade de usar dois chips de operadora (Dual SIM).

Xiaomi Mi A2 participa do programa Android One, que promete atualizações mais rápidas — Foto: Divulgação/Xiaomi Xiaomi Mi A2 participa do programa Android One, que promete atualizações mais rápidas — Foto: Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi A2 participa do programa Android One, que promete atualizações mais rápidas — Foto: Divulgação/Xiaomi

Bateria

Tanto o Moto G7 quanto o Xiaomi Mi A2 trazem baterias com capacidades parecidas: 3.000 mAh e 3.010 mAh, respectivamente. Nos dois casos, o componente deve ser suficiente para manter o aparelho por um dia inteiro longe das tomadas. No Moto G7, há ainda o carregador rápido TurboPower, que promete 8 horas de carga com apenas 15 minutos na tomada.

Moto G7: bateria tem 3.000 mAh — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Moto G7: bateria tem 3.000 mAh — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Moto G7: bateria tem 3.000 mAh — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Preço e disponibilidade

Desde de 2015, quando deixou o Brasil, a Xiaomi não comercializa oficialmente os produtos no país. Para os que desejam adquirir o Mi A2 no exterior, o aparelho é vendido internacionalmente em torno de 249 euros (cerca de R$ 1.076 em conversão direta). Já o Moto G7 foi lançado por R$ 1.599 nas lojas brasileiras.

Ficha técnica do Moto G7 e Xiaomi Mi A2

Especificações Moto G7 Xiaomi Mi A2
Lançamento fevereiro 2019 julho de 2018
Preço R$ 1.599 cerca de 249 euros (R$ 1.076)
Tela 6,24 polegadas 5,99 polegadas
Resolução de tela Full HD+ (2270 x 1080 pixels) Full HD+ (2160 x 1080 pixels)
Câmera traseira dupla, 12 e 5 megapixels dupla, 12 e 20 megapixels
Câmera frontal 8 megapixels 20 megapixels
Processador Snapdragon 632 Snapdragon 660
Memória RAM 4 GB 4 GB ou 6 GB
Armazenamento 64 GB 32 GB, 64 GB ou 128 GB
Sistema operacional Android 9 (Pie) Android 9 (Pie)
Bateria 3.000 mAh 3.010 mAh
Dimensões e peso 157 x 75,3 x 7,92 mm; 172 gramas 158,7 x 75,4 x 7,3 mm; 168 gramas
Cores ônix (preto) e polar (branco) dourado, azul e preto
Mais do TechTudo