Por Felipe Vinha, para o TechTudo


Quase como uma “Netflix dos games”, a Microsoft anunciou que deve levar jogos do Xbox One e PC aos celulares por meio do Project Xcloud, via streaming, uma tecnologia que está cada vez mais comum nos games. Ainda que quase nenhuma das opções que existem no mercado funcionem no Brasil, elas já são muitas no exterior – e algumas muito bem utilizadas. Confira as opções já existentes e como funcionam:

PS Now

O PS Now é um serviço de jogos por streaming da Sony, para o PS4. Por meio de uma assinatura anual ou mensal, o jogador tem a oportunidade de jogar games de PS2, PS3 e também PS4 no console atual da empresa, por meio de transmissão via Internet ou com a possibilidade de baixar alguns títulos, de maneira limitada. Tecnicamente a função de download não tem qualquer bloqueio para o Brasil, mas os jogadores daqui são impedidos de assinar, pois é necessário cadastrar um cartão de crédito norte-americano para ativar o plano. Custa US$ 20 ao mês ou US$ 100 anuais.

PS Now no PS4 — Foto: Reprodução/Felipe Vinha PS Now no PS4 — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

PS Now no PS4 — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

GeForce Now

O GeForce Now é uma tecnologia da Nvidia, que conecta o computador do usuário com computadores em nuvem da empresa, equipados com as placas de vídeo e configurações mais modernas, capazes de rodar qualquer jogo de PC sem nenhum impedimento – precisando apenas de uma boa conexão com a Internet.

O serviço será disponibilizado no mundo todo, mas ainda está em testes beta fechados, por meio de convite. A ideia é que o GeForce Now funcione também com o aparelhos Shield, da própria Nvidia, e qualquer modelo de computador, incluindo Windows e Mac.

GeForce Now — Foto: Reprodução/Felipe Vinha GeForce Now — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

GeForce Now — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Jump

Jump é um serviço de streaming de jogos exclusivamente voltado para games independentes, ou seja, produzido por empresas menores, com recursos limitados e sem um grande publicadora por trás. O serviço está disponível apenas para computador e permite teste de 14 dias sem compromisso. Após este período, uma mensalidade de US$ 5 é cobrada. Está disponível para qualquer lugar do mundo.

Jump com jogos indie — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Jump com jogos indie — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Jump com jogos indie — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Nintendo Switch

Por enquanto apenas no Japão, o Switch, atual console da Nintendo, recebeu dois games que não saíram no ocidente para a plataforma: Resident Evil 7 e Assassin’s Creed Odyssey. Os dois títulos funcionam por streaming. Não rodam direto no aparelho e usam Internet, conectada nos servidores das empresas – Capcom e Ubisoft, no caso – para que o game funcione no console. O pagamento é feito por horas de jogo, com preços variados. É possível baixar os jogos do Brasil e tentar aproveitar, mas é quase impossível de jogar, pois o lag é constante, devido a distância de servidores.

Resident Evil 7 é um dos jogos por streaming do Switch — Foto: Divulgação/Capcom Resident Evil 7 é um dos jogos por streaming do Switch — Foto: Divulgação/Capcom

Resident Evil 7 é um dos jogos por streaming do Switch — Foto: Divulgação/Capcom

Vale avisar que existe ainda o serviço Xbox Game Pass, da Microsoft, para jogos Xbox e PC, mas este não funciona por meio de streaming, mas sim com download direto dos jogos.

Mais do TechTudo