Campeonatos

Por Lucas Batista, para o TechTudo


As equipes Santos e-Sports e INTZ Academy não conseguiram se classificar para o Circuito Desafiante pela Série de Promoção disputada nessa segunda-feira (29) e terça-feira (30). A Operation Kino e a Havan Liberty escaparam do relegation e continuam com suas vagas na segunda divisão do League of Legends (LoL) brasileiro. Santos e INTZ Academy venceram as classificatórias do Circuito Desafiante e enfrentaram OPK e Havan que ficaram nas últimas duas colocações da tabela do torneio.

Com o resultado, os dois times não classificados podem tentar a vaga para o primeiro split do Circuito Desafiante 2020 no fim do ano. Já OPK e Havan, se juntam à RED Canids, Falkol, Vivo Keyd e Pro Gaming para disputar uma promoção para o CBLoL no segundo split do Circuitão.

Santos e-Sports era a grande promessa para o segundo split do Circuito Desafiante — Foto: Reprodução/Santos e-Sports Santos e-Sports era a grande promessa para o segundo split do Circuito Desafiante — Foto: Reprodução/Santos e-Sports

Santos e-Sports era a grande promessa para o segundo split do Circuito Desafiante — Foto: Reprodução/Santos e-Sports

O primeiro embate aconteceu entre o primeiro colocado das classificatórias, INTZ Academy, e Operation Kino, lanterna do Circuitão. Os jogos foram equilibrados, mas a OPK saiu vencedora pelo placar de 3 a 2 na MD5. A combinação de Sona e Taric na rota inferior da Kino foi decisiva para o resultado em dois dos cinco jogos. Com isso, os Intrépidos podem buscar novamente o acesso no segundo split, enquanto o time principal foi campeão do CBLoL e irá representar o Brasil no Mid-Seasonal Invitational (MSI) 2019.

Quem também terá de buscar novamente o acesso é a equipe do Santos e-Sports, que sofreu uma dura derrota por 3 a 0 para a Havan Liberty no segundo confronto da Série de Promoção. Com ampla vantagem no early game, a Havan se mostrou mais preparada e manteve sua vaga no Circuito Desafiante. A equipe do Santos e-Sports lançou sua equipe de LoL em março de 2018, após ter desfeito a união entre o Santos FC e a Dexterity. Com isso, os Peixes construíram uma equipe independente, similar ao que fez o Flamengo eSports.

Mais do TechTudo