Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A GeForce GTX 1650 é a nova placa de vídeo da Nvidia com lançamento na última terça-feira (23). A GPU chega como uma opção de entrada da marca e vai substituir as GTX 1050 e GTX 1050 Ti. O modelo, que deve disputar espaço com as Radeon RX 560 e 570, da AMD, é voltado para gamers com orçamento mais restrito e que jogam em Full HD.

A nova placa é fruto da mesma arquitetura Turing das mais poderosas GTX 1660 e GTX 1660 Ti e também não oferece o ray tracing e DLSS via hardware. Já disponível no mercado internacional, a GTX 1650 tem preço inicial de US$ 149 (aproximadamente R$ 585, em conversão direta). Por enquanto, não há informações sobre início das vendas no Brasil.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

EVGA é uma das primeiras fabricantes a apresentar a sua edição da GTX 1650 — Foto: Divulgação/EVGA EVGA é uma das primeiras fabricantes a apresentar a sua edição da GTX 1650 — Foto: Divulgação/EVGA

EVGA é uma das primeiras fabricantes a apresentar a sua edição da GTX 1650 — Foto: Divulgação/EVGA

Segundo a Nvidia, a nova GTX 1650 é 70% mais rápida do que a GTX 1050 e até duas vezes mais veloz do que a mais antiga GTX 950 ao rodar jogos em Full HD. Uma característica interessante é que todos esses ganhos são obtidos por conta da arquitetura mais eficiente, e não pela performance bruta.

Apesar disso, a GTX 1650 mostra nas especificações técnicas que é um produto de entrada. Seu processador gráfico é equipado com 896 núcleos CUDA, que são capazes de chegar a velocidades de 1.485 MHz no chamado clock base e aceleram a 1.665 MHz com o turbo acionado. Com relação à memória RAM, a placa traz um total disponível de 4 GB e a interface que faz a conexão com o processador gráfico é de 128 bits, algo que restringe a capacidade de troca de informações entre os componentes.

Placas GTX 1650 não precisam de energia da fonte do computador e esquentam pouco — Foto: Divulgação/Gigabyte Placas GTX 1650 não precisam de energia da fonte do computador e esquentam pouco — Foto: Divulgação/Gigabyte

Placas GTX 1650 não precisam de energia da fonte do computador e esquentam pouco — Foto: Divulgação/Gigabyte

Além do preço, a GTX 1650 pode despertar o interesse de quem tem computadores mais simples por conta de outro fator. Com TDP baixa de apenas 75 watts, a placa pode ser ligada ao PC sem necessidade de suprimento extra de energia, utilizando apenas a quantidade disponível via PCIe. Isso significa que até mesmo máquinas com fontes mais modestas podem dar conta da GPU. Esse baixo regime de dissipação de calor pode também tornar a GTX 1650 presença constante em notebooks, em que a relação de consumo e geração de calor é ainda mais sensível.

Qual é a melhor placa de vídeo barata? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo