Celulares

Por Thássius Veloso, da redação

Lançamento de Xiaomi Redmi 7 e Redmi Note 7 no Brasil será em maio Lançamento de Xiaomi Redmi 7 e Redmi Note 7 no Brasil será em maio
Divulgação / Xiaomi

Redmi 7 e Redmi Note 7 têm prazo para desembarcar ao Brasil: os celulares da Xiaomi chegarão às lojas do varejo ao longo de maio. A informação exclusiva parte da brasileira DL Eletrônicos, parceira dos chineses na recente investida em território nacional, inicialmente com as vendas do Redmi Note 6 Pro e do Pocophone F1. Por ora não se sabe o preço dos produtos ou dia de lançamento.

Ambos os smartphones foram apresentados pela gigante chinesa nos primeiros meses de 2019. Rodam Android 9 (Pie) e interface MIUI. Também contam com processador Snapdragon, fornecido pela Qualcomm. Desde então, foram homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações, o que atesta o funcionamento correto na rede brasileira de telefonia.

Vale lembrar que algumas lojas – em especial menores, mas presentes em market places – oferecem os equipamentos. Não é possível dizer se os aparelhos ofertados por estes estabelecimentos estão situação regular no país, tendo em vista as regras da própria agência.

Redmi 7

Redmi 7: notch em formato de gota — Foto: Divulgação / Xiaomi Redmi 7: notch em formato de gota — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi 7: notch em formato de gota — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi 7 é o modelo mais básico, com direito a notch em formato de gota e tela de 6,26 polegadas. A resolução é mais baixa (HD+) e o formato do display segue o padrão 19:9. A Xiaomi destaca o poder de fogo do chip Snapdragon 632 (8 núcleos e até 1,8 GHz) combinado com memória RAM de 3 GB e armazenamento de 32 GB. No exterior são oferecidas também as seguintes variantes: 2 GB + 16 GB; e 3 GB + 64 GB.

Redmi 7: processador Snapdragon 632 — Foto: Divulgação / Xiaomi Redmi 7: processador Snapdragon 632 — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi 7: processador Snapdragon 632 — Foto: Divulgação / Xiaomi

O conjunto fotográfico inclui câmera principal de 12 megapixels que funciona em conjunto com câmera auxiliar de 2 megapixels, com o objetivo de produzir retratos com fundo embaçado. A câmera frontal tira selfies de 8 megapixels.

O Redmi 7 do Brasil terá duas opções de cor: azul ou preto. No restante do mundo há ainda acabamento em vermelho. O preço sugerido na China é de 699 yuans, cerca de R$ 405 em conversão direta e sem impostos.

Redmi Note 7

Redmi Note 7: memória RAM a partir de 3 GB — Foto: Divulgação / Xiaomi Redmi Note 7: memória RAM a partir de 3 GB — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi Note 7: memória RAM a partir de 3 GB — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi Note 7 é o nome do celular intermediário da empresa chinesa, com tela de 6,3 polegadas e resolução Full HD+. Chama a atenção a câmera principal de 48 megapixels. Segundo o portal Verge, o sensor de imagem é maior do que a média vista em telefones, o que possibilita ao aparelho reconhecer melhor a luz do ambiente. A câmera auxiliar, de 5 megapixels, possibilita o desejado efeito bokeh. Já a frontal fotografa em 13 megapixels.

A ficha técnica da edição brasileira inclui processador Snapdragon 660 (8 núcleos e 2,2 GHz), memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB. No exterior, o produto é oferecido também nas seguintes variantes: 3 GB + 32 GB; e 4 GB + 128 GB.

Redmi Note 7 tem câmera de 48 megapixels — Foto: Divulgação / Xiaomi Redmi Note 7 tem câmera de 48 megapixels — Foto: Divulgação / Xiaomi

Redmi Note 7 tem câmera de 48 megapixels — Foto: Divulgação / Xiaomi

O preço sugerido parte de 999 yuans na China, cerca de R$ 580 pelo câmbio do dia, sem considerar taxas e impostos. Assim como o Redmi 7, também será vendido em azul ou preto, sem opção de vermelho. O acabamento tem efeito de gradiente.

Mais Xiaomi: saiba o verdadeiro significado da logo e mais 4 curiosidades

Mais Xiaomi: saiba o verdadeiro significado da logo e mais 4 curiosidades

Mais do TechTudo