Por Rodrigo Roddick, para o TechTudo

Sensor RYB: entenda a tecnologia fotográfica do Huawei P30 Sensor RYB: entenda a tecnologia fotográfica do Huawei P30
Nicolly Vimercate/TechTudo

O Huawei P30 é um celular avançado da Huawei muito elogiado devido ao conjunto de câmeras e sensores, principalmente o RYB. O aparelho foi apresentado pela fabricante em março deste ano junto do Huawei P30 Pro, com previsão para chegar ao Brasil em maio. Até lá, consumidores se interessam por entender melhor como funciona a tecnologia fotográfica do smartphone – conforme você confere nas linhas a seguir.

Como as imagens são tradicionalmente compostas

O sistema tradicional utilizado nas câmeras dos smartphones atuais é o RGB – Red, Green e Blue (vermelho, verde e azul), bastante comum em aparelhos digitais. Um conjunto de quatro pixels é formados por dois verdes, um vermelho e um azul – e a combinação dos pontinhos brilhantes reproduz as cores que o olho humano consegue captar. Eles são combinados de modo a compor a imagem final que nós vemos.

Composição da imagem com pixels RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek Composição da imagem com pixels RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

Composição da imagem com pixels RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

A captura da cor verde gera uma distorção no contraste das cores porque sobrepõe parte do vermelho e do azul, tornando-se excessivo, o que resulta em uma perda de definição na imagem geral.

RGB para RYB

A Huawei fechou parceria com a icônica Leica para criar um novo sistema de cores que corrige o problema. Eles perceberam que troca do pixel verde para o amarelo geraria menos superexposição e menos perda das outras cores.

Devido a isso, o sistema RGB migrou para RYB – Red, Yellow e Blue (vermelho, amarelo e azul). Pode parecer apenas uma mudança de cores, mas isso muda tudo para o processamento da câmera.

Huawei P30: smartphone utiliza sistema RYB no lugar do RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek Huawei P30: smartphone utiliza sistema RYB no lugar do RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

Huawei P30: smartphone utiliza sistema RYB no lugar do RGB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

Captura de cores

O RYB funciona de modo muito diferente do RGB. Neste, os quatro pixels captam verde, verde, azul e vermelho, provocando a distorção das cores. É o mesmo que dizer, a grosso modo, que o vermelho e o azul são contaminados por verde.

Já no RYB, o sistema capta separadamente o vermelho e o azul, enquanto o amarelo advém da leitura da iluminação do ambiente. Depois, os algoritmos adicionam o amarelo às cores de forma separada. Desse modo, o vermelho e o azul são menos impregnados de amarelo. O resultado final é melhor, de acordo com os envolvidos no projeto.

Huawei P30 traz sensor SuperSpectro com sistema RYB — Foto: Reprodução/Mobile Geek Huawei P30 traz sensor SuperSpectro com sistema RYB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

Huawei P30 traz sensor SuperSpectro com sistema RYB — Foto: Reprodução/Mobile Geek

Iluminação

No processo do RGB, as cores somadas resultam em branco, o que significa dizer que o sistema produz imagens mais iluminadas, o que também gera perda de definição. Com a mudança para o RYB, o amarelo substitui o verde. A soma das cores produz o preto, o que resulta em imagens com iluminação balanceada e contraste mais bem definido.

A mudança também beneficia fotografias noturnas, já que possui um recurso para lidar com a cor preta.

Processamento das cores

Como o mercado vem trabalhando com o sistema RGB, todas os componentes do celular são fabricados para processar estas cores. A mudança no Huawei P30 necessitou de uma massiva elaboração de novos algoritmos para reconhecer o pixel amarelo. Novos cálculos tiveram que ser criados para o processamento do RYB.

Huawei P30 e P30 Pro trazem câmera quádrupla – veja preço e ficha técnica

Huawei P30 e P30 Pro trazem câmera quádrupla – veja preço e ficha técnica

Diferença de sensores

O sensor RYB – também chamado de SuperSpectro – é diferente dos demais componentes já fabricados pela Sony e Samsung, por exemplo. Ele foi construído do zero para identificar, capturar e processar as cores e gerar máxima definição na imagem final.

Mais do TechTudo