Por Rebeca Letieri, para o TechTudo


O Google lançou nesta quarta-feira (8) as carinhas do mais recente pacote de Emoji 12.0 para Android. São 230 novos emojis para 2019, focados em diversidade e acessibilidade, que trazem também figurinhas para ilustrar pessoas com deficiência, casais inter-raciais e desenhos sem gênero específico.

Os emojis fazem parte da versão beta do Android Q. A atualização está disponível para todos os celulares Google Pixel e outros 15 aparelhos de fabricantes como Sony, OnePlus, Nokia e LG. Como todos os softwares beta, os designs lançados pelo Google podem sofrer alterações antes do lançamento da versão final. Confira a seguir as carinhas inéditas do pacote de emojis para Android.

Google lança emojis sem gênero e aposta na inclusão — Foto: Divulgação/Google Google lança emojis sem gênero e aposta na inclusão — Foto: Divulgação/Google

Google lança emojis sem gênero e aposta na inclusão — Foto: Divulgação/Google

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Além do lançamento dos emojis aprovados pela Unicode para 2019, o Google também desenvolveu uma figura não-binária e adaptou 53 ilustrações humanas de homem e mulher para oferecer uma terceira opção de gênero. Figuras como vampiro, zumbi, fada e outros ganharam uma nova versão para quem deseja não definir seu sexo.

Em entrevista ao site Fast Company, a designer do Google Jennifer Daniel não esclareceu como se referir ao novo emoji: "Não chamamos esse personagem de não-binário, terceiro gênero ou assexual — e nem de unissex". A proposta da nova carinha é trazer inclusão, e reconhecer o gênero como um espectro, de forma que a figura pode ser masculina, feminina ou outra identidade de gênero.

Novos emojis inclusivos de gênero lançados pela Google — Foto: Divulgação/Google Novos emojis inclusivos de gênero lançados pela Google — Foto: Divulgação/Google

Novos emojis inclusivos de gênero lançados pela Google — Foto: Divulgação/Google

Nas novas imagens do Google, alguns emojis sofreram alterações ao incluírem a versão própria para o terceiro gênero, como mudança de penteado e outros em vestimentas. Por exemplo, o vampiro não-binário (ilustrado na segunda coluna da figura abaixo) usa uma corrente no pescoço, em vez de uma gravata borboleta ou colar. Já a figura de sereia aparece de braços cruzados, diferente da edição feminina de top, e da masculina com o tridente.

Os desenhos não-binários (ao meio) rodeados pelas suas variações de gênero — Foto: Divulgação/Google Os desenhos não-binários (ao meio) rodeados pelas suas variações de gênero — Foto: Divulgação/Google

Os desenhos não-binários (ao meio) rodeados pelas suas variações de gênero — Foto: Divulgação/Google

Mais acessibilidade e inclusão

O pacote Emoji 12.0 defende a representatividade a partir da estreia de diversas figurinhas que visam à inclusão de casais inter-raciais, pais do mesmo sexo, e pessoas de todas as etnias. Além da maior oferta de imagens de tons de pele diferentes e casais variados, os novos emojis seguem a campanha defendida pela Apple no ano passado de representação para pessoas com capacidades diferentes e dispositivos orientados para acessibilidade. Algumas das ilustrações novas incluem aparelho auditivo, cão-guia e cadeira de rodas motorizada.

O Google também vai lançar novos emojis para pessoas com deficiência — Foto: Reprodução/Google O Google também vai lançar novos emojis para pessoas com deficiência — Foto: Reprodução/Google

O Google também vai lançar novos emojis para pessoas com deficiência — Foto: Reprodução/Google

Qual emoji falta no seu teclado do WhatsApp ou Facebook? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo