Celulares

Por Paulo Alves, para o TechTudo


A fabricante chinesa Realme poderá ser a primeira do mundo a ter um celular com câmera de 64 megapixels. Em uma postagem no Twitter, o CEO da empresa anunciou que o próximo lançamento da marca virá com o sensor ISOCELL Bright GW1, componente da Samsung que quebrou o recorde de megapixels captados em fotos de smartphone.

O anúncio acompanha a expectativa de início da produção em massa do componente no segundo semestre de 2019 – o lançamento chinês, portanto, deve chegar até o final do ano. Como a Realme não opera no Brasil, não há previsão de lançamento do smartphone no país.

Chinesa Realme poderá lançar primeiro celular com câmera de 64 megapixels — Foto: Divulgação/Realme Chinesa Realme poderá lançar primeiro celular com câmera de 64 megapixels — Foto: Divulgação/Realme

Chinesa Realme poderá lançar primeiro celular com câmera de 64 megapixels — Foto: Divulgação/Realme

A tecnologia da Samsung aproveita a quantidade grande de pixels capturados pelo sensor para melhorar o nível de detalhamento e absorção de luz na imagem. Na prática, o celular pode reduzir a resolução máxima e deixar fotos com 16 megapixels para compensar situações de baixa luminosidade.

O mecanismo é similar ao adotado pelo sensor Sony de 48 megapixels presente em vários lançamentos de 2019, como Redmi Note 7 – nesse caso, as fotos geradas são de 12 megapixels. A expectativa é que a câmera da Samsung tenha desempenho parecido em ambientes escuros, mas com maior nível de detalhamento em relação ao sensor rival.

A Realme não divulgou detalhes adicionais do celular com câmera de 64 megapixels da Samsung. Por enquanto, a empresa se limita a dizer que o aparelho será lançado primeiro na Índia e será um “matador de celular premium”.

Mais do TechTudo