Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A FURIA Esports venceu a Astralis nesta sexta-feira (7) e está nos playoffs da ECS Season 7 Finals, torneio de Counter-Strike:Global Offensive (CS:GO). A série poderia ser uma revanche para os dinamarqueses, que foram derrotados pela equipe brasileira em sua estreia na competição. No entanto, o resultado voltou a ser favorável para a FURIA, que venceu de virada por 2-1 na série melhor de três partidas (MD3), parciais de 12-16, na Inferno, 16-10, na Mirage e 16-13, na Nuke, e avança na competição.

Com a vitória, a FURIA está classificada para as semifinais do campeonato e enfrentará a North em busca de uma vaga na grande final. A série acontece neste sábado (8) às 12h, horário de Brasília.

FURIA Esports elimina Astralis e segue viva na ECS — Foto: Divulgação/ECS FURIA Esports elimina Astralis e segue viva na ECS — Foto: Divulgação/ECS

FURIA Esports elimina Astralis e segue viva na ECS — Foto: Divulgação/ECS

Primeiro mapa (Inferno)

O primeiro jogo da série foi em um dos melhores mapas da Astralis: Inferno. No começo, os dinamarqueses aproveitaram bem a escolha de mapa e abriram uma boa vantagem para cima dos brasileiros. A reação da FURIA chegou no final da primeira metade, contando com boas jogadas de Yuri "yuurih" Santos para conseguir diminuir o prejuízo para 10-5.

Na virada de lados, a FURIA conseguiu manter o bom momento, apesar de alguns rounds perdidos e se aproximou do placar. Infelizmente, a Astralis acordou e contou com três abates de Andreas "Xyp9x" Højsleth no último round para fechar o mapa em 16-12.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Segundo mapa (Mirage)

A FURIA iniciou a Mirage vencendo o pistol e saindo em frente, com destaque para o clutch de Rinaldo "ableJ" Moda Junior, que ajudou a equipe a dominar o início do jogo. Apesar da recuperação da Astralis, a FURIA terminou a primeira metade com vantagem de 8-7.

Na segunda metade, a FURIA venceu o pistol round, mas a Astralis arriscou bem em um round forçado e conseguiu evitar que os brasileiros de distanciassem no placar. Parecia que esse era o momento dos dinamarqueses, mas a FURIA conseguiu o empate novamente e contou com um round com três abates de Vinícius "VINI" Figueiredo para manter a vantagem e fechar o mapa em 16-10.

Terceiro mapa (Nuke)

O começo do confronto final na Nuke foi bastante equilibrado. Após a Astralis, como CT, levar o primeiro pistol e o round seguinte, a FURIA achou seu espaço e alcançou o empate em 4-4. Após isso, os dinamarqueses conseguiram se reencontrar e buscar uma vantagem maior no mapa, terminando a primeira metade em 9-6.

No segundo round pistol, Emil "Magisk" Reif brilhou com três abates e garantiu a rodada para sua equipe. No entanto, a FURIA não se abalou, mostrou superioridade como CT e conseguiu virar o placar. Apesar de alguns sustos, os brasileiros mantiveram o bom momento e fecharam a conta em 16-13 para vencer a série e garantir a classificação.

Astralis volta a ser derrotada pela FURIA e dá adeus para a competição — Foto: Divulgação/ECS Astralis volta a ser derrotada pela FURIA e dá adeus para a competição — Foto: Divulgação/ECS

Astralis volta a ser derrotada pela FURIA e dá adeus para a competição — Foto: Divulgação/ECS

A Esports Championship Series (ECS) está em sua sétima temporada, contou inicialmente com a participação de oito equipes, sendo quatro da região norte-americana e quatro da região europeia, e acontece presencialmente na cidade de Londres, Inglaterra. A competição começou no dia 6 de junho e tem a grande final marcada para acontecer no próximo domingo (9). A premiação total da ECS Season 7 é de US$ 500 mil (cerca de R$ 1,9 milhão).

Mais do TechTudo