Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A Apple estaria se preparando para lançar ao menos um iPhone compatível com 5G já em 2020. A aposta é do analista Ming-Chi Kuo, especializado em antecipar as novidades da empresa da maçã. Ele acredita que os smartphones da marca usarão tecnologia da Qualcomm para acessar a internet móvel de alta velocidade. Ficaria de fora o sucessor do iPhone XR, que deverá ganhar acesso ao 5G somente em 2021.

Em abril, o consultor Timothy Arcuri foi mais pessimista ao dizer que o iPhone receberia a nova forma de conectividade daqui a dois anos.

Para analista, iPhone com 5G só deve chegar em 2020 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo Para analista, iPhone com 5G só deve chegar em 2020 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Para analista, iPhone com 5G só deve chegar em 2020 — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

Caso se confirme, a aposta colocaria a Apple em compasso de espera na adoção do novo padrão de redes, uma vez que vários concorrentes já têm aparelhos ou ao menos planos de lançar no mercado versões com 5G de seus produtos premium.

O relativo atraso da Apple na adoção do 5G pode ser entendido pela dificuldade que a maçã encontrou em se acertar com fornecedores. Originalmente, o plano da Apple envolvia usar tecnologia da Intel para acessar redes de quinta geração, mas a ideia acabou se tornando inviável pelas dificuldades da Intel em desenvolver o modem, componente responsável pela comunicação com esses tipos de redes.

Por conta disso, a Apple firmou um acordo com a Qualcomm que permitiria usar modems Snapdragon X55 nos futuros iPhones.

Apple usaria modem da Qualcomm — Foto: Divulgação/Qualcomm Apple usaria modem da Qualcomm — Foto: Divulgação/Qualcomm

Apple usaria modem da Qualcomm — Foto: Divulgação/Qualcomm

Kuo também observa que a Apple deverá ser capaz de superar a dependência da Qualcomm no futuro. Comenta-se nos bastidores que a companhia liderada por Tim Cook já desenvolve internamente modems de telefonia que, nas contas do analista, podem se tornar maduros o suficiente para lançamentos de iPhones em 2022.

Além do 5G, espera-se também para 2020 que a Apple seja a primeira a usar tecnologia de 5 nanômetros em processos de manufatura de processadores. O avanço daria margem para ganhos de performance da ordem de 15% para os futuros chips que a marca desenvolve para iPhones e iPads.

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: lançamento nos EUA

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: lançamento nos EUA

Mais do TechTudo