Por Bruno Magalhães, para o TechTudo

Stay in the Light: game de terror traz gráficos ultra-realistas Stay in the Light: game de terror traz gráficos ultra-realistas
Divulgação/NVIDIA

Stay in the Light é um jogo de terror inédito que busca promover gráficos ultra realistas com apoio na tecnologia de Ray Tracing da NVIDIA, suportada pelas placas da linha RTX e placas GTX da série 10 e 16. Desenvolvido por uma única pessoa, o game está em acesso antecipado na plataforma Steam e custa R$ 26,00.

As masmorras de Stay in the Light são geradas aleatoriamente pelo sistema, causando surpresas — Foto: Divulgação/Sunside Games As masmorras de Stay in the Light são geradas aleatoriamente pelo sistema, causando surpresas — Foto: Divulgação/Sunside Games

As masmorras de Stay in the Light são geradas aleatoriamente pelo sistema, causando surpresas — Foto: Divulgação/Sunside Games

A tecnologia de Ray Tracing foi utilizada não apenas como um componente visual, mas também como uma mecânica de gameplay: o jogador tem à disposição uma tocha, um giz e um espelho — que é a ferramenta capaz de denunciar “Ele”, uma criatura que persegue o protagonista sorrateiramente.

O espelho de Stay in the Light é a ferramenta capaz de denunciar o perigo que se esconde nas sombras — Foto: Divulgação/Sunside Games O espelho de Stay in the Light é a ferramenta capaz de denunciar o perigo que se esconde nas sombras — Foto: Divulgação/Sunside Games

O espelho de Stay in the Light é a ferramenta capaz de denunciar o perigo que se esconde nas sombras — Foto: Divulgação/Sunside Games

Graças à tecnologia, as sombras são capazes de proporcionar um ambiente realmente assustador e o espelho representa com fidelidade o que está atrás do jogador, podendo ser checado enquanto o cenário é desbravado.

As masmorras, que servem de palco para a resolução de quebra-cabeças e coleta de tesouros, são geradas de maneira automática e aleatória a cada jogatina. Isso significa que cada pessoa terá uma experiência única em Stay in the Light.

Segundo a previsão da NVIDIA, a tendência é que haja cada vez mais jogos que utilizem o Ray Tracing como um requisito mínimo. Títulos notórios como Battlefield 5, Shadow of the Tomb Raider e o vindouro Call of Duty: Modern Warfare já têm suporte à função.

Um vídeo com a proposta do jogo foi divulgado pela NVIDIA e pode ser conferido a seguir:

Mais do TechTudo