Monitores

Por Igor Nishikiori, para o TechTudo


O Pro Display XDR é o novo monitor da Apple, anunciado durante a WWDC 2019, evento para desenvolvedores que acontece em San José, na Califórnia. Com 32 polegadas e resolução de 6K, além da tela Retina, o modelo é o primeiro lançado pela empresa após o fim da produção do Thunderbolt Display, em 2016. Junto com o monitor também foi anunciado o novo Mac Pro, computador mais poderoso já lançado pela maçã.

Com lançamento previsto para o final do ano, o Pro Display XDR será vendido por preços a partir de US$ 5 mil (cerca de R$ 19,2 mil em conversão direta). Um detalhe que chamou atenção é que o suporte do monitor será vendido à parte. São duas opções: o Pro Stand, mais profissional, que chega por US$ 999 (cerca de R$ 3,8 mil na cotação atual), e o adaptador Vesa, que custará US$ 199 (cerca de R$ 767). Confira a seguir os principais detalhes do novo monitor 6K da marca da Apple.

Quer comprar um monitor barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Monitor Apple Pro Display XDR ao lado do Mac Pro 2019 — Foto: Divulgação/Apple Monitor Apple Pro Display XDR ao lado do Mac Pro 2019 — Foto: Divulgação/Apple

Monitor Apple Pro Display XDR ao lado do Mac Pro 2019 — Foto: Divulgação/Apple

Ficha técnica

  • Tela: IPS LCD 32 polegadas, formato 16:9
  • Resolução: 6K Retina (6.016 pixels x 3.384 pixels)
  • Densidade: 218 pixels por polegada
  • Modos de referência: HDR (P3-ST 2084), HDTV (BT.709-BT.1886), NTSC (BT.601 SMPTE-C), PAL e SECAM (BT.601 EBU), Cinema Digital (P3-DCI), Cinema Digital (P3-D65), Design e Impressão (P3-D50), Fotografia (P3-D65), Internet e Web (sRGB)
  • Taxa de atualização máxima: 60 Hz
  • Conexões: 1 entrada Thunderbolt 3, 3 entradas USB-C
  • Dimensões: 71,8 cm x 41,2 cm x 2,7 cm
  • Peso: 7,48 kg

Design

O Pro Display XDR e o Mac Pro são produtos complementares, como se fizessem parte de um mesmo pacote. Tanto que o visual repaginado do computador de 2019, que já foi comparado a um "ralador de queijo", foi repetido no monitor. Há buracos na parte traseira do display, por onde o calor se dissipa com mais facilidade.

Já na parte da frente, a Apple retirou o ícone da maçã que costuma adornar seus iMacs e aproveitou praticamente todo o espaço disponível para a tela LCD IPS de 32 polegadas, a maior já lançada pela empresa. A mudança não é apenas estética, mas também funcional, já que o Pro Display XDR pode ser usado na vertical ou em modo multi-telas, enfileirando até seis monitores de uma vez.

Visual caprichado chama atenção do Apple Pro Display XDR — Foto: Divulgação/Apple Visual caprichado chama atenção do Apple Pro Display XDR — Foto: Divulgação/Apple

Visual caprichado chama atenção do Apple Pro Display XDR — Foto: Divulgação/Apple

Resolução

O Pro Display XDR não é apenas o maior já lançado pela Apple, como também é o que traz mais resolução, com 6K – antes, o máximo era do 5K Retina do iMac de 27 polegadas. Mesmo que hoje não exista conteúdo que chegue nessa resolução, é importante lembrar que o monitor é voltado para o uso profissional, e muitas câmeras já fazem filmagens em 6K. Em relação à densidade, o valor divulgado é de 218 pixels por polegada, mesmo número encontrado nos iMacs 5K Retina.

XDR

Uma sigla que causou confusão durante o anúncio do display foi o XDR, que significa Extreme Dynamic Range. Ainda não se sabe se é um novo padrão da tecnologia HDR ou apenas uma nomenclatura diferente adotada pela Apple. Independente disso, as especificações divulgadas pela fabricante são realmente impressionantes, trazendo brilho é de 1.000 nits e pico de 1.600 nits. Além disso, o monitor oferece espaço de cor P3 com profundidade de 10-bit (chegando a 1,073 bilhões de cores) e contraste de 1.000.000:1.

Apple Pro Display XDR reproduz imagens em HDR sem dificuldades — Foto: Divulgação/Apple Apple Pro Display XDR reproduz imagens em HDR sem dificuldades — Foto: Divulgação/Apple

Apple Pro Display XDR reproduz imagens em HDR sem dificuldades — Foto: Divulgação/Apple

Esses números são superiores às especificações técnicas do HDR10, o padrão mais usado pela indústria, que conta com 1.000 nits de pico e os mesmos 10 bits de profundidade de cores. Porém, o XDR fica para trás em relação ao Dolby Vision, que tem 4.000 nits de pico e 12 bits de profundidade de cor. Como poucos monitores até hoje chegaram perto desse valor máximo, a ideia da Apple é que o Pro Display XDR seja o top de linha para usuários profissionais durante alguns anos.

Outros recursos e tecnologias

Dependendo do ângulo ao olhar um monitor LCD, a imagem perde bastante brilho, cor e contraste. No caso do Pro Display XDR não existe esse problema: segundo a Apple, seu ângulo de visão é de 89° vendo de cima, de baixo, da direita ou da esquerda. Outra tecnologia interessante é o True Tone. Sua função é idêntica à oferecida nos dispositivos iOS: sensores detectam o nível de luz do ambiente e o software ajusta automaticamente as cores e o contraste da tela para reproduzir uma imagem mais fiel.

Além disso, o Pro Display XDR também conta com diversos modos de referência para trabalhar com diferentes tipos de material, como HDR, vídeo em Full HD, cinema e fotografia. Ainda é possível customizar uma configuração própria para adotar em seus projetos.

Apple Pro Display XDR: tecnologia garante fidelidade de cores em qualquer ambiente — Foto: Divulgação/Apple Apple Pro Display XDR: tecnologia garante fidelidade de cores em qualquer ambiente — Foto: Divulgação/Apple

Apple Pro Display XDR: tecnologia garante fidelidade de cores em qualquer ambiente — Foto: Divulgação/Apple

Acessórios

Como dito antes, o suporte não está incluído na compra do Pro Display XDR. Porém, a Apple oferece duas opções para o consumidor que quiser o acessório. O adaptador Vesa funciona para encaixar o Pro Display XDR em algum suporte de parede ou de mesa, e conta com vários ímãs que se encaixam firmemente ao monitor.

Já o Pro Stand leva certa vantagem por ser totalmente articulado, permitindo ao usuário colocar o Pro Display XDR em qualquer altura e posição, inclusive na horizontal. O preço, por sua vez, é bem mais alto: US$ 999, aproximadamente R$ 3.889 em conversão direta.

Pro Stand: preço assustou a plateia no WWDC 2019 — Foto: Divulgação/Apple

Pro Stand: preço assustou a plateia no WWDC 2019 — Foto: Divulgação/Apple

Preço e concorrentes

O Pro Display XDR chega em dois modelos: a versão padrão custará US$ 5 mil, cerca de R$ 19,2 mil na cotação atual, enquanto o modelo com tela em nano-textura, que produz menos reflexos e cansa menos a visão, sairá por US$ 6 mil, algo em torno de R$ 23,1 mil.

Apesar dos altos valores, os preços são menores em relação aos seus concorrentes diretos. O monitor profissional TV Logic LUM-310R, por exemplo, custa US$ 32 mil, aproximadamente R$ 123 mil. O dispositivo conta com 31 polegadas, HDR e resolução 4K. Mas também existem opções mais baratas no mercado, como o Asus ProArt PA32U, que oferece 32 polegadas, HDR, resolução 4K e conta ainda com entrada de vídeo Thunderbolt 3, a mesma do Mac Pro. Nos Estados Unidos, é possível encontrar o aparelho por US$ 2 mil, cerca de R$ 7,7 mil em conversão direta.

ASUS ProArt PA32UC 4K é uma opção de monitor profissional mais em conta — Foto: Divulgação/Asus ASUS ProArt PA32UC 4K é uma opção de monitor profissional mais em conta — Foto: Divulgação/Asus

ASUS ProArt PA32UC 4K é uma opção de monitor profissional mais em conta — Foto: Divulgação/Asus

Qual é o melhor monitor para jogos? Saiba no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo