Telefonia

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A consultoria Canalys publicou um relatório em que prevê que as redes 5G de telefonia móvel serão mais populares que o 4G em 2023. A análise, que considera mercados de diversos país, traça um cenário em que até 2023 serão 1,9 bilhão de aparelhos capazes de acessar redes 5G em uso no mundo, algo que representaria 51,4% do total de dispositivos conectados a algum tipo de rede de dados. A Canalys credita a rápida adoção das novas redes a investimentos e incentivos de governos, observando que já se espera 17,5% de participação de aparelhos 5G nas redes da China já em 2020.

Para consultoria, 5G ultrapassará o 4G em participação no mercado já em 2023 — Foto: Divulgação/Samsung Para consultoria, 5G ultrapassará o 4G em participação no mercado já em 2023 — Foto: Divulgação/Samsung

Para consultoria, 5G ultrapassará o 4G em participação no mercado já em 2023 — Foto: Divulgação/Samsung

A firma não destaca países individualmente, mas prevê que na América Latina serão 54 milhões de smartphones 5G até 2023.

De acordo com a Anatel, o processo de implementação das redes 5G deve esquentar no Brasil a partir de 2020. A agência, responsável por regulamentar o setor de telecomunicações, deve iniciar os leilões das faixas de frequência do 5G, que basicamente consistem em direitos de uso das bandas pelas operadoras, apenas no ano que vem.

Para a Canalys, a China deve puxar grande parte do processo em virtude de oferecer acesso mais rápido a infraestrutura – vale lembrar que a Huawei, maior fornecedora de equipamentos de telefonia do mundo é de lá – a um ponto em que, em 2023, 34% dos 800 milhões de celulares 5G previstos para chegar ao mercado o façam na China.

Para dar uma ideia do contraste, a consultoria estima que o mercado da América do Norte vai corresponder a apenas 18,8% desse total.

Redes 5G, também chamadas como de quinta geração, prometem conectividade de alta rapidez, com velocidades que podem oscilar entre 20 a cem vezes mais rápido que o 4G atual. De perfil tecnológico mais complexo, essas redes dependem de investimentos em infraestrutura para sair do papel.

LG K12 Max e LG K12 Prime chegam ao Brasil: saiba os preços e ficha técnica

LG K12 Max e LG K12 Prime chegam ao Brasil: saiba os preços e ficha técnica

Mais do TechTudo