Bancos digitais

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O C6 Bank é uma fintech brasileira que oferece conta digital sem taxas com abertura via aplicativo. Semelhante ao Nubank, Neon e Banco Inter, a instituição financeira não tem agências físicas e oferece atendimento inteiramente online: o usuário baixa o app para Android ou iPhone (iOS), se registra pelo chat virtual e solicita o cartão de débito ou múltiplo com débito e crédito para receber em casa.

Além de isentar o cliente da tarifa de manutenção, o banco digital oferece pagamento de pedágio grátis e não cobra por operações, incluindo transferências e saques na rede Banco24Horas. Confira, nas linhas abaixo, as principais informações que você precisa saber sobre a nova solução de conta sem taxas que funciona via aplicativo.

C6 Bank oferece conta gratuita e cartão sem anuidade — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. O que é e como funciona?

Fundado em 2018 por ex-funcionários do banco BTG Pactual, o C6 Bank obteve licença do Banco Central no começo de 2019. Em maio, a fintech abriu acesso para testadores por meio do sistema de convites, mas, atualmente, já permite que qualquer pessoa maior de 18 anos baixe o aplicativo e abra uma conta.

Depois do cadastro, a conta é criada e o usuário recebe em casa um dos cartões escolhidos: de débito, débito e crédito, ou o C6 Carbon, único com anuidade e que oferece vantagens extras. Qualquer um pode abrir uma conta e pedir o cartão de débito gratuitamente. Para solicitar os outros dois objetos, porém, o banco condiciona a liberação a uma análise de crédito do CPF.

A conta básica (cartão de débito) é do tipo "pagamento", que tem funções mais restritas e limite máximo de movimentação de R$ 5 mil mensais. Já a conta corrente (cartão múltiplo ou Carbon) libera investimentos e oferece mais funções no aplicativo, como consultas e extratos mais detalhados.

Conta grátis sem análise de crédito permite movimentar até R$ 5 mil — Foto: Reprodução/C6 Bank

2. Como abrir a conta digital?

O C6 Bank não oferece formulário de cadastro. Ao baixar o aplicativo, o usuário acessa um chat com um bot de atendimento responsável pelo processo. É preciso apenas acompanhar as instruções e fornecer os dados que são pedidos.

É necessário informar nome, e-mail, telefone, endereço e renda mensal, além de dados pessoais como profissão e números de documentos como CPF, RG e Carteira de Habilitação. O processo de cadastro também envolve a captura de uma selfie e de uma prova de vida com dados biométricos. Quando o cartão chega no endereço indicado no registro, o usuário deve efetuar o desbloqueio no aplicativo digitando o código de segurança (CVC).

Abertura de conta no C6 Bank se dá pelo celular — Foto: Reprodução/Paulo Alves

3. Quais são os principais recursos disponíveis?

Clientes da conta digital podem fazer depósitos de graça, efetuar saques gratuitos ilimitados no Banco24Horas e realizar transferências TED e DOC sem custos para outros bancos. Existe também a função C6 Kick, que permite fazer transferências sem saber o número da conta do destinatário: basta informar nome e o celular da pessoa e compartilhar um link via SMS ou WhatsApp que o banco se encarrega de finalizar a transação. Se o valor for maior que R$ 1 mil, é preciso informar também o CPF do favorecido.

O C6 Bank também oferece, de graça, a C6 Taggy, uma tag de pedágio para carro que faz pagamento automático em cancelas com débito em conta sem custo adicional. Em geral, esse tipo de serviço exige pagamento de mensalidade.

O banco digital, apesar de recém-lançado, também já tem programa de recompensas: o Átomo. Disponível por enquanto apenas para clientes do C6 Carbon, ele oferece 2,5 pontos por cada dólar gasto. Em breve, o banco promete lançar uma loja para transferir a pontuação do cartão para outros programas, como Smiles e Multiplus.

C6 tem três tipos de cartão, apenas um com anuidade — Foto: Reprodução/C6 Bank

4. Qual a diferença entre C6 Bank, Nubank e outros bancos digitais?

O C6 Bank, assim como o Banco Inter, não cobra por saques. O Nubank, por exemplo, debita R$ 6,50 por retirada no Banco24Horas. Além disso, o banco oferece CDB de 118% do CDI, contra o máximo de 100% do "roxinho". Em termos de investimento, porém, o Banco Inter sai na frente com plataforma completa com renda fixa, poupança, fundos e home broker.

Outra diferença está no crédito pessoal, que é oferecido por Nubank e Inter, mas não está presente no C6. O banco conta com cheque especial pré-aprovado para clientes do cartão C6 e Carbon. A promessa é a de liberar a vantagem, em breve, também para quem tem o cartão de crédito sem anuidade.

Existem ainda diferenças nos juros do rotativo, aplicados quando há atraso no pagamento da fatura do cartão de crédito.

  • C6 Bank: multa de 2% sobre o saldo devedor + rotativo (10,7% ao mês) + IOF;
  • Banco Inter: multa de 2% sobre o saldo devedor + rotativo (7,7% ao mês) + IOF;
  • Neon: multa de 2% sobre o saldo devedor + rotativo (9,9% ao mês) + IOF;
  • Nubank: multa de 2% sobre o saldo devedor + rotativo (2,75% a 14% ao mês) + IOF.

5. Se a conta digital não cobra tarifas, como o C6 Bank ganha dinheiro?

Assim como outros bancos que não cobram tarifas de manutenção ou anuidade no cartão, o C6 Bank busca lucrar com serviços extras, como o cartão Carbon com anuidade de R$ 1,2 mil, e com a cobrança de juros em caso de não pagamento da fatura.

O C6 Bank também oferece conta de Pessoa Jurídica que cobra R$ 4 por TED após 100 transações por mês e oferece maquininha de cartão C6 Pay mediante mensalidade.

Via C6 Bank

Como colocar crédito no celular com app grátis

Como colocar crédito no celular com app grátis

Mais do TechTudo