Jogos de ação

Por André Magalhães, para o TechTudo


Free Fire Battlegrounds é, atualmente, um dos jogos mobile mais populares no Brasil. O Battle Royale da Garena é o mais baixado do país e sucesso na Google Play Store e da App Store. Porém, para o jogador que quer testar novas experiências no gênero de tiro, existem outras opções gratuitas e interessantes para celulares. Uma delas é Cyber Hunter, da NetEase Games, disponível para download no PC, Android e iPhone (iOS).

Cyber Hunter foi lançado em abril de 2019 para smartphones, enquanto Free Fire está disponível para baixar desde 2017. Por se serem opções de jogos Battle Royale, existem semelhanças, mas cada um dos títulos tem particularidades e diferenciais que podem atrair os mais diversos tipos de players. Confira, a seguir, o comparativo entre os dois games e veja qual é o melhor para você.

Cyber Hunter e Free Fire: duas opções de Battle Royales para celulares — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães Cyber Hunter e Free Fire: duas opções de Battle Royales para celulares — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Cyber Hunter e Free Fire: duas opções de Battle Royales para celulares — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Jogabilidade

Cyber Hunter, à esquerda, traz o parkour como uma das novidades na jogabilidade — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães Cyber Hunter, à esquerda, traz o parkour como uma das novidades na jogabilidade — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Cyber Hunter, à esquerda, traz o parkour como uma das novidades na jogabilidade — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Os dois jogos são muito parecidos quando se trata da jogabilidade. A rotina das partidas é praticamente a mesma: um avião passa pelo mapa e os jogadores descem no lugar que preferirem. A partir disso, começam a procurar por itens nos territórios, como medicamentos, munição, proteção, armas e até veículos. Vence a equipe ou jogador que sobreviver até o final.

Tanto Free Fire como Cyber Hunter são jogados na visão em terceira pessoa e têm a possibilidade de assistência na mira para acertar os inimigos. Cyber Hunter, por sua vez, investe na verticalidade e na capacidade de fazer parkour. Além de ser possível construir durante o jogo, como em Fortnite, os jogadores podem escalar muros, paredes e árvores para conseguir vantagem territorial.

Cyber Hunter comporta até 100 jogadores por partidas, divididas em equipes de duas ou quatro pessoas. Já Free Fire tem partidas com limite de 50 jogadores, mas pode ser jogado tanto em equipe como no modo solo.

Free Fire já foi processado pelo PUBG? Entenda no Fórum do TechTudo

Gráficos

Nos gráficos, Cyber Hunter oferece mais opções de luz e sombras — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães Nos gráficos, Cyber Hunter oferece mais opções de luz e sombras — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Nos gráficos, Cyber Hunter oferece mais opções de luz e sombras — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Free Fire Battlegrounds é um jogo com foco maior na jogabilidade do que nos gráficos. Por ter uma proposta mais simples e gráficos sem muitos detalhes e sofisticações, o game pode ser utilizado até em modelos mais básicos de smartphones. Esse aspecto, porém, não atrapalha a experiência do jogo.

Por outro lado, Cyber Hunter impressiona no visual. Os personagens e veículos são repletos de detalhes, e as armas têm efeitos bem trabalhados quando disparam. O jogo tem suporte para alto alcance dinâmico (HDR), opção que oferece mais ou menos brilho conforme a incidência de luz do cenário.

Requisitos mínimos

Free Fire consegue ser jogado na maioria dos smartphones — Foto: Reprodução/Garena Free Fire consegue ser jogado na maioria dos smartphones — Foto: Reprodução/Garena

Free Fire consegue ser jogado na maioria dos smartphones — Foto: Reprodução/Garena

Entre os requisitos para jogar, Free Fire se destaca por conseguir rodar na maioria dos smartphones. Ele ocupa 270 MB de espaço na memória do Android e 460 MB no iPhone (iOS). Além disso, o download aceita versões antigas dos sistemas operacionais para ser executado: no Android, ele funciona em celulares com o sistema a partir da versão 4.0.3; no iPhone, o requisito mínimo é a versão 9.0 do iOS.

Por ter gráficos melhores, Cyber Hunter é um jogo mais pesado e roda com mais eficiência em smartphones mais novos e potentes. Pensando nisso, a NetEase Games lançou também o Cyber Hunter Lite, uma versão mais leve do que a original, para modelos mais antigos. A versão original precisa de pelo menos 1,5 GB de espaço na memória do Android, além de pedir ao mínimo a versão 4.3 do sistema operacional. No iOS, o mínimo é a versão 9.0 e requer iPhone 5S ou modelo mais recente.

Diferenças

A customização dos personagens é uma grande particularidade entre os dois jogos — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães A customização dos personagens é uma grande particularidade entre os dois jogos — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

A customização dos personagens é uma grande particularidade entre os dois jogos — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Algumas diferenças separam os dois títulos Battle Royale. Em Free Fire, por exemplo, há uma variedade maior de personagens selecionáveis: são 17 ao todo, cada um com um tipo de habilidade especial. Em Cyber Hunter, são apenas dois, Max e Zero, que podem ser customizados pelos jogadores.

A quantidade de armas também merece ser notada. Enquanto Cyber Hunter tem, por enquanto, 20 armas disponíveis, Free Fire tem mais de 30. O jogo da Garena ainda permite o uso de armas brancas, como machetes e bastões, o que traz uma dinâmica diferente para as partidas.

Suporte para computador

Cyber Hunter teve uma versão lançada para PC — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães Cyber Hunter teve uma versão lançada para PC — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Cyber Hunter teve uma versão lançada para PC — Foto: Reprodução/Arte André Magalhães

Recentemente, em julho, Cyber Hunter lançou uma versão para computadores com sistema operacional Windows. Ela não precisa de nenhum emulador e é jogada com mouse e teclado. Ainda há um sistema de pareamento: jogadores pelo computador enfrentam apenas quem está na mesma plataforma. O mesmo acontece com quem utiliza um smartphone.

Free Fire tem apenas a versão para smartphones. Existe, no entanto, a possibilidade de jogá-lo em computadores, usando mouse e teclado, utilizando o emulador de Android BlueStacks. Saiba como jogar Free Fire no PC.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo