Por Thomas Schulze, para o TechTudo


FIFA Soccer Manager foi uma série de simuladores de futebol da EA Sports lançada entre 1997 e 2014. Diferente da franquia FIFA principal, seu foco estava apenas em gerenciar as finanças e elenco de seu clube favorito, entre as centenas de times e ligas oficialmente licenciados. O maior rival de Elifoot e Football Manager deixou saudades, então preparamos um especial relembrando toda sua história e legado. Confira tudo sobre FIFA Manager a seguir:

Origem e evolução da série

FIFA Manager assumiu diversas formas ao longo de sua tumultuada história. Tudo começou em 1997, quando FIFA Soccer Manager foi lançado para Windows. Entre 1999 e 2002, a franquia mudou de nome para F.A. Premier League Football Manager e, além do PC, o jogo também recebeu versões para PlayStation 1. Entre 2003 e 2005, a série mudou novamente de nome, agora para Total Club Manager, nomenclatura mantida em alguns países da Europa. Nessa época, o jogo foi além do PC e saiu para Xbox e PlayStation 2.

FIFA Soccer Manager: jogo nasceu como um spinoff mais tático do FIFA principal — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager: jogo nasceu como um spinoff mais tático do FIFA principal — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager: jogo nasceu como um spinoff mais tático do FIFA principal — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Foi apenas em outubro de 2005 que a franquia assumiu de vez a identidade Fifa Manager, com o lançamento de Fifa Manager 06 para PC, abraçando o mesmo padrão de arte e capas vistos nos demais títulos esportivos da EA, como NBA Live e Madden. A EA Sports lançou edições anuais até FIFA Manager 14, o último jogo da série. Exclusivo do PC, apenas a edição final por portada para Nintendo Wii, 3DS, PlayStation 2, PSP e Vita, batizada como Legacy Edition.

Como era o gameplay?

FIfa Manager chegou ao fim de sua história contando com mais de 1000 times oficialmente licenciados, superando a marca de 35.000 jogadores e 70 campeonatos oficiais, um recorde para a época de seu lançamento. Entre os times, a série A do Campeonato Brasileiro era destaque para os fãs nacionais da franquia. O número subia ainda mais com a gigantesca cena de mods não oficiais produzidos pelos jogadores, que inflavam esses números.

Como de praxe no gênero, a ideia é assumir o controle de um time de futebol e gerenciar não apenas seu elenco e formações táticas, mas também atuar como um verdadeiro manager, preocupado-se com as finanças e bem estar do clube nos mínimos detalhes, com cada vez mais complexidade a cada ano, inclusive com representações gráficas dos jogadores em campo durante as partidas. Usar bem seu raciocínio e bolar planos mirabolantes era a chave, diferente do FIFA normal, onde os reflexos do jogador ditam o resultado.

FIFA Soccer Manager: na primeira edição, os gráficos eram bem simples e em 2d, cheios de textos — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager: na primeira edição, os gráficos eram bem simples e em 2d, cheios de textos — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager: na primeira edição, os gráficos eram bem simples e em 2d, cheios de textos — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Diferenças entre FIFA e FIFA Manager

Apesar de as duas séries levarem o nome e licença da FIFA, o gameplay não poderia ser mais diferente entre a série principal e seu derivado Manager. No FIFA normal, o jogador controla toda a ação e jogadores no gramado, enquanto em FIFA Manager ele é obrigado a apenas testemunhar o desenrolar das partidas, fazendo apenas intervenções pontuais em substituições e formações táticas.

As duas franquias compartilhavam as licenças entre times e imagens de atletas enquanto coexistiram, sempre se destacando da concorrência pela fartura de material oficial. Com o fim da série Manager, o FIFA normal incorporou suas mecânicas no modo Carreira, permitindo que as pessoas atuassem tanto como jogador como na forma de Manager, o que ajudou a atenuar o baque pelo cancelamento da série.

FIFA Soccer Manager: o visual das partidas era mais simples que os dos FIFA tradicional — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager: o visual das partidas era mais simples que os dos FIFA tradicional — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager: o visual das partidas era mais simples que os dos FIFA tradicional — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Rivalidade com Elifoot

FIFA Manager alcançou uma certa popularidade no Brasil, mas não conseguia ser tão popular quanto os jogos de futebol tradicionais, como Winning Eleven e a própria linha principal de FIFA. Entre os simuladores, a pirataria ajudou muito a popularizar um concorrente direto bem mais humilde, o simulador Elifoot. Criado pelo português André Elias em 1987 para ZX Spectrum, o jogo foi onipresente nos computadores brasileiros durante os anos 2000.

Como o jogo sempre foi muito leve e rodava em quase qualquer computador, bastava ter um disquete para copiar o game. Simples e sem burocracia, o jogo permitia múltiplos jogadores e, mesmo sem as licenças oficias de FIFA Manager, trazia os nomes reais dos atletas e times graças às suas ferramentas de customização com download grátis. Foi uma verdadeira febre e ainda hoje o jogo é lembrado como sinônimo de managers no Brasil.

FIFA Soccer Manager nunca foi mais popular que Elifoot no Brasil — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager nunca foi mais popular que Elifoot no Brasil — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager nunca foi mais popular que Elifoot no Brasil — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Motivos do fim

Em novembro de 2013 a EA anunciou oficialmente o fim da série FIFA Manager. Segundo Gerald Kohler, o criador da franquia, apesar de o game fazer muito sucesso na Europa, com grande mercado na Alemanha e Inglaterra, ele perdia em vendas para o concorrente direto Football Manager, e suas vendas foram ainda mais prejudicadas pelo maior interesse dos jogadores no mercado mobile e online em smartphones e tablets.

Além disso, FIFA Manager enfrentava certa concorrência da franquia principal também, cujo modo Carreira se tornava cada vez mais completo, em muitos sentidos reproduzindo recursos vistos na franquia Manager, com a vantagem de ser um jogo de futebol muito mais completo. Assim, as baixas vendas e falta de perspectiva de crescimento colocaram um triste fim à jornada de FIFA Manager em 2013.

FIFA Soccer Manager: as fracas vendas levaram ao cancelamento da franquia — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager: as fracas vendas levaram ao cancelamento da franquia — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager: as fracas vendas levaram ao cancelamento da franquia — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Seu legado vive em Football Manager

Com o encerramento de Fifa Manager, o mercado ficou mais tranquilo para que a franquia Football Manager reinasse soberana. Publicado atualmente pela SEGA, Football Manager nasceu em 2004 e desde então recebe jogos anuais, com o jogo mais recente, Football Manager 2019, disponível para PC e Nintendo Switch. É uma ótima alternativa para quem gostava de FIFA Manager e sente saudades da série, e é hoje a franquia de manager com o maior número de licenças oficiais.

Apesar de ter surgido depois de FIFA Manager, Football Manager conseguiu mais sucesso e popularidade pelo mundo. Pegando as bases deixadas pela série da EA, Football Manager conseguiu ampliar, lapidar e expandir os conceitos de gameplay, criando uma experiência mais realista e profunda que a vista nos jogos da EA.

FIFA Soccer Manager deixou para Football Manager um belo legado de gráficos em 3D — Foto: Reprodução / Thomas Schulze FIFA Soccer Manager deixou para Football Manager um belo legado de gráficos em 3D — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

FIFA Soccer Manager deixou para Football Manager um belo legado de gráficos em 3D — Foto: Reprodução / Thomas Schulze

Por exemplo, FIFA Manager apresentou gráficos em 3D detalhado quando Football Manager ainda apresentava apenas simples modelos em 2D e menus cheios de texto. Por outro lado, Football Manager se destacou por algo que é sua maior virtude, mas também problema: trata-se de um jogo é bem mais profundo que FIFA Manager, e exige alto investimento de tempo para dominar cada um dos sistemas, o que aliena os jogadores mais casuais, mas premia os hardcore.

Qual é o seu jogo de esporte favorito? Comente no fórum do TechTudo!

Mais do TechTudo