Armazenamento

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Ter um HD externo é uma opção interessante para quem precisa expandir o armazenamento em seu computador ou notebook. Dessa forma, usuários que precisam transportar seus arquivos também têm uma solução mais acessível, que permite o acesso por meio de qualquer computador. Apesar disso, é importante considerar que os SSDs configuram uma forte concorrência aos discos rígidos e tendem a substituí-los no mercado.

Com menos riscos a longo prazo e maiores velocidades de leitura e gravação, os SSDs ainda são mais caros que os HDs, e, por conta disso, podem não ser a melhor opção para quem busca mais espaço para guardar documentos, fotos, entre outros arquivos. Confira, a seguir, pontos positivos e negativos de se comprar um HD externo e saiba se ainda vale a pena investir em um modelo do tipo.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

HD externo portátil Seagate Expansion conta com opções de até 4 TB — Foto: Divulgação/Seagate HD externo portátil Seagate Expansion conta com opções de até 4 TB — Foto: Divulgação/Seagate

HD externo portátil Seagate Expansion conta com opções de até 4 TB — Foto: Divulgação/Seagate

Prós:

Mais baratos que SSDs

Os HDs externos convencionais utilizam uma tecnologia de disco rígido que é usada há muitos anos, o que faz com que os dispositivos já possuam uma maior acessibilidade em relação aos SSDs. Além disso, por conta de seu custo menor, eles ainda são os armazenamentos mais utilizados em computadores e notebooks.

O preço médio de um HD externo de 500 GB fica em torno de R$ 200, enquanto um SSD de 480 GB de espaço custa algo em torno de R$ 280. Se considerarmos os modelos de 1 TB, a diferença é ainda maior: um modelo de 1 TB pode ser encontrado por pouco mais de R$ 230, enquanto um SSD de mesmo volume tem preço estimado de R$ 600.

Lembrando que, para utilizar um SSD como armazenamento externo, será necessário adquirir uma case para conexão do dispositivo via USB, que pode ter um preço médio de R$ 50. Já existem modelos portáteis no mercado, mas os valores são ainda maiores.

Têm bastante espaço

Os HDs externos costumam ser encontrados no mercado em opções com a partir de 500 GB. Versões com menos espaço de armazenamento também são comercializadas, mas a pequena diferença de preço faz com que os HDs maiores se tornem opções mais atraentes.

Além do preço acessível dos HDs, é fácil encontrar modelos com até 4 TB de espaço. Dessa forma, o usuário pode optar ou por um dispositivo com bastante armazenamento, ou por diferentes modelos mais simples.

HD externo da LaCie é resistente e tem dupla compatibilidade — Foto: Divulgação/LaCie HD externo da LaCie é resistente e tem dupla compatibilidade — Foto: Divulgação/LaCie

HD externo da LaCie é resistente e tem dupla compatibilidade — Foto: Divulgação/LaCie

Boa quantidade de opções no Brasil

Encontrar um armazenamento portátil com capacidade e velocidade adequadas para seu caso específico não é algo muito difícil. No Brasil, tanto no varejo online quanto em lojas especializadas, existem diversas opções disponíveis para comprar, com grande variedade de marcas e preços.

Procurando com um pouco mais de cuidado, é possível encontrar diversas ofertas e promoções de HDs externos – principalmente os de 500 GB, que têm ficado para trás com ofertas melhores com mais capacidade.

Contras:

Mais lentos que SSDs

Os SSDs levam muita vantagem no que diz respeito a desempenho, já que suas velocidades de leitura e gravação são muito superiores às dos HDs. Enquanto um disco rígido portátil apresenta velocidades de leitura e gravação na casa dos 200 MB/s, um SSD de entrada trabalha próximo aos 500 MB/s.

Isso faz com que o usuário tenha muito mais velocidade para iniciar o sistema ou mesmo abrir programas quando instalados em um SSD, permitindo até que máquinas mais antigas tenham alguma sobrevida com um SSD instalado. Outro limitador é o tipo de conexão do HD externo, que acaba limitando ainda mais a velocidade de acesso ao disco.

Case para HD externo de 2,5 Multilaser GA057  — Foto:  (Foto: Divulgação) Case para HD externo de 2,5 Multilaser GA057  — Foto:  (Foto: Divulgação)

Case para HD externo de 2,5 Multilaser GA057 — Foto: (Foto: Divulgação)

SSDs devem ficar mais baratos em breve

Conforme os SSDs se popularizam, a tecnologia fica mais acessível. Hoje, por exemplo, já é possível encontrar diversos modelos de SSD de 120 GB por valores próximos aos R$ 100. Vale ressaltar que unidades com volumes de armazenamento maiores também têm apresentado uma queda de preço significativa nos últimos anos.

Os SSDs vão, sem dúvidas, substituir os HDs, ao menos quando se trata de local de instalação do sistema operacional Com isso, à medida que mais usuários migram para o novo tipo de disco, as fabricantes oferecem mais opções no mercado, fazendo com que o preço do dispositivo caia ainda mais e possibilite que sejam mais utilizados em drives externos.

Maior risco de problemas a longo prazo

Os HDs externos utilizam os discos rígidos, tecnologia que utiliza peças mecânicas para gravar os dados. Desse modo, quando submetidos a impactos ou mesmo quando utilizados fora de condições adequadas, os dispositivos podem apresentar falhas. Em se tratando de dispositivos pensados para mobilidade, isso se torna um problema.

Se utilizado como o armazenamento externo, o SSD também pode ser mais seguro, já que não usa partes mecânicas para gravação e leitura. Dessa forma, é possível utilizar o produto de maneira mais confortável, "sem restrições" a quedas ou movimentos mais bruscos. Outro ponto relevante é o peso dos dispositivos, que fica muito abaixo dos HDs tradicionais.

My Passport Go SSD está disponível em duas cores — Foto: Divulgação/WD My Passport Go SSD está disponível em duas cores — Foto: Divulgação/WD

My Passport Go SSD está disponível em duas cores — Foto: Divulgação/WD

Qual é o melhor serviço de armazenamento em nuvem? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo